domingo, 30 de março de 2008

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I

Não se pode confundir dados com dedos, muito embora quando o leão do imposto de renda cruza certos dados, na malha fina, por exemplo, ou a auditoria da polícia federal compara pagamentos efetuados com as fontes de renda, aí quem está sendo controlado e tem culpa em cartório cruza os dedos das mãos e dos pés para não ser indiciado. A recíproca não é necessariamente verdadeira. Afinal, tem gente que cruza os dedos, a fim de que o pênalti que vai ser batido a favor do seu time não vá fora ou o goleiro adversário defenda. E, quando é o time da gente que tem um pênalti contra, o dito cujo não seja convertido em gol.

Constatação II
Deu na mídia no dia 10 de junho de 2007: “BRASÍLIA - Congresso e OAB reagem a grampos; PF fez reunião com CIA por cooperação. As últimas operações da Polícia Federal (Hurricane, Navalha e Xeque-Mate), com a prisão de mais de 200 pessoas flagradas em conversas telefônicas comprometedoras, entre políticos, empresários, advogados, policiais e até juízes, instalaram o pânico nos altos círculos do poder”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas, cada vez, tenta-se obstaculizar a ação de quem reage a corrupção. Isso, em nome de Deus, democracia, liberdade, etc. concomitantemente a não punição dos transgressores. Agora, sob a ótica do Big Brother, (nada a ver com o programa da Rede Globo), o Grande Irmão, de George Orwell, com seu livro 1984. E, quase íamos esquecendo: Viva “nóis”!

Constatação III (Via pseudo-haicai)
O ditador era uma bizarria
Para massacrar, roubar, matar
Na sua tradicional tirania.

Constatação IV (De outra dúvida crucial).
Foi uma sogra a autora do livro Como não fazer amigos e influenciar pessoas para que fiquem maldosas?

Constatação V
Rico desafoga as mágoas num uísque Chivas Regal, previamente envelhecido 12 anos; pobre, afoga as mágoas numa pinga e ainda se vê na, digamos, obrigação e gentileza de dividir com o santo.

Constatação VI
Antes, somente a televisão era considerada a máquina de fazer doidos; posteriormente, com o advento do computador, a televisão não ficou inteiramente só; hoje em dia, os caixas eletrônicos, afilhados dos computadores, vieram se unir aos dois primeiros.

Constatação VII (Quadrinha amigável).
Tive que rever um ou outro conceito,
Com relação a minha grande amizade,
Os que eram, então, amigos do peito
Invejaram minha conhecida notoriedade.

Constatação VIII (Ninharia, mixaria, bagatela; mixuruquice? Nem pensar...)
Os vôos estão sempre atrasados
Neste nosso território.
E lá, acolá, por outro lado,
Os afanos continuam adiantados.
E o valor evaporado
Nunca, jamais é irrisório.

Constatação IX
Rico recende agradável aroma; pobre, trabalha.

Constatação X
Não se pode confundir creditar com acreditar, muito embora ocorram certos casos, como por exemplo, a Receita Federal creditar, em curto prazo, a devolução do imposto de renda que já havia sido cobrado no pagamento do salário ou quaisquer outros pagamentos. O fato é tão auspicioso, mormente quando se tem compromissos a pagar sem que se soubesse de onde se iria arrumar numerário para tal, que o vivente não pode acreditar o que está vendo ao constatar o aviso do feliz evento. Alguns chegam a se beliscar para ter certeza que não estão sonhando. A recíproca não é necessariamente verdadeira principalmente de a pessoa prometer eternamente retribuir o jantar que se auto-convidou e filou na tua casa, alegando que vai creditar em conta-corrente e pagar num prazo imediato, pois, nos últimos tempos anda muito ocupado e que você, passado mais de dois anos, infere que não dá para acreditar que o convite algum dia virá. Como obviamente jamais veio...

Constatação XI
Rico usa dicionário; pobre, inventa vocabulário.

Constatação XII
Deu na mídia: “Brasileira Andréia Schwartz, testemunha-chave no caso do ex-governador de Nova York, é esperada em São Paulo”. Taí uma notiícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade, ainda que muito provavelmente tenha alterado o futuro do ex-governador Eliot Spitzer.

Constatação XIII
A fé remove montanhas. E, conforme a constatação anterior, certas partes do corpo humano remove governadores...


Juca

Nenhum comentário: