sábado, 17 de maio de 2008

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.


Constatação I (Ah, esse nosso vernáculo. Com a participação, imprescindível, do Dicionário Houaiss).
Depois de pechar [“dar ou receber um encontrão; abalroar(-se), chocar(-se)”] com o meu carro a loiraça teve a coragem de pechar (“pedir dinheiro a”) minha pobre, inculpável e inocente pessoa para que eu pagasse os prejuízos dos dois carros. Que pechado, digo, que pecado!...


Constatação II
Um dos mais famosos advogados de Curitiba, que este assim chamado escriba considera como irmão, ainda que ignorando se a recíproca é verdadeira, mandou confeccionar no pé de papel de carta da sua pessoa física mais ou menos os seguintes dizeres: “Fulano de Tal desde o ano tal sem interrupção”. Há muitos anos atrás um médico também famoso de Curitiba, ao dar entrada no hospital para atender os seus doentes fez uma parada cardíaca. Os médicos que lá se encontravam, aplicaram massagem cardíaca com intensidade tal que chegou a quebrar uma de suas costelas e ele, digamos, voltou. Evidentemente, com a costela quebrada, se deu conta do que havia acontecido e, inclusive, achou graça no fato de que havia morrido e ressuscitado. Este médico, como muitos casos semelhantes, não poderia escrever o que o advogado escreveu...


Constatação III
Não se pode confundir cara falso com cadafalso, muito embora nossos políticos, com suas promessas compridas e não cumpridas se enquadram no primeiro caso, deixando os eleitores no segundo, isto é, com a corda no pescoço. Informaremos, e não é apenas uma vã promessa igual à retro mencionada, sobre a recíproca em época oportuna. Aguardem, pois.


Constatação IV
Na calada
Da noite
Mesmo com medo
Do açoite
Da mulher,
Uma fera,
Uma megera,
Ele foi até a geladeira
E sem um ruído qualquer
Comeu toda a salada,
De pepino azedo.
Foi a maior asneira.
Deu-lhe uma baita azia
Que há muito não sentia.
Que o deixou estuporado
Até noutro dia.
Coitado!


Constatação V
O septuagenário, ex-sexagenário, ex-qüinquagenário, etc, mesmo com essa idade, nunca se considerou um velho (rico é idoso; pobre, é “veio”), até a hora que seu médico prescreveu um remédio, chamado gerioton que é essencialmente constituído de ginseng. Caiu do cavalo, digo, em si. Coitado!


Constatação VI
Deu na mídia: “Ônibus do Corinthians é pintado de roxo”. Como já disse o ex-presidente Fernando Color de Mello, de triste memória: “Tem que ter certos negócios roxo”. Será que ele também é corintiano como o atual presidente da República? Quem souber a resposta, por favor, não se comunicar que este assim chamado escriba, também corintiano sofredor, não tem interesse algum em saber pra quem o ex-presidente torce. Obrigado!


Constatação VII (COISAS QUE PRECISAM SER INVENTADAS).
-Método de ensino de matemática de modo que todos, sem exceção, aprendam e, consequentemente, ninguém, jamais em tempo algum, seja reprovado.
-Leis de Mercado que não descambem para a selvageria.
-Leis econômicas que eliminem, de vez, a pobreza, através de programas que reduzam substancialmente a diferença entre ricos e pobres.
-Método democrático que dispense os inócuos Congressos. Se não for possível, deputados e senadores com vergonha na cara.
-Cavalheiros distintos; damas, que se comportem como tal.
-Reputação ilibada.
-Ufanismo e vaidade que não seja imbecil.
-Jovens que não se orgulhem de não ter lido um livro sequer em todas suas vidas.
-Governantes não demagogos e operantes.
-Ministros que não falem incongruências do tipo “relaxe e goze”, “Não existe caos aéreo. É que houve aumento de passageiros” e coisas desse jaez.
-Mídia, de qualquer espécie, que não bisbilhote a vida alheia e se atenha, a ajudar na resolução dos problemas sociais.
-Relógios, todos de casa, que marquem horas mais cedo, quando a gente chega mais tarde para que não se leve bronca da cara-metade, quando ela der uma espiada pra ver a que horas a gente tá chegando.
-Abolição definitiva da demagogia.
-Demandas judiciais que recebam um parecer de quem de direito, julgados no Direito, em prazo compatível, isto é, a curto prazo.
-Contador de causos que não fuja dos fatos verdadeiros.
-Jogador de truco que ganhe deste assim chamado escriba, várias vezes campeão do referido jogo.


Juca

Nenhum comentário: