terça-feira, 28 de outubro de 2008

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Deu na mídia: “A fazenda Neverland, na Califórnia, que pertence a Michael Jackson, poderá ser embargada e levada a leilão em 19 de março caso o pop star não pague uma dívida de 25 milhões de dólares”. Taí uma notícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade, exceto para quem tem interesse em comprá-la, o que, absolutamente, não é o caso deste assim chamado escriba que vive em Curitiba. Só por isso...

Constatação II
Especula
O obcecado,
Pra que não a perca
Se ela
Ficaria fula,
Se desconfiasse
Quando a cerca,
Ele pulasse
Naquela
De apaixonado
De quem só pensasse
Naquilo,
Na base do “fi-lo
Porque qui-lo”.
Que destemperado!

Constatação III (De uma dúvida crucial).
Foram os candidatos a cargos eletivos que, depois de eleitos, deram ensejo à expressão “fica o dito pelo não dito”? Quem souber, por favor, cartas, etc.

Constatação IV
Conseguiu
Um financiamento
Pra fazer um investimento
Num motel,
Em uma cidade
Onde só se via
Mais de um convento
E muita moradia
De piedosa irmandade,
Além de claustro, abadia,
Cenóbio, clausura, freiria
Onde se aprendia
Obter o paraíso no céu*.
Faliu...
*Não ficou claro se o prometido paraíso no céu era através do que normalmente acontece num motel ou do que era apregoado na região. Quem souber, por favor, etc.

Constatação V (De dramas conjugais).
Ela tinha que admoestar o maridão
Mais de mil vezes até a exaustão*.
*Também não ficou claro se a exaustão era dele, ou dela, ou dos dois. Quem souber, por favor, etc.

Constatação VI
Ela muito educada,
Assaz refinada,
Quando, por um lapso,
Numa festa chique de salão
Proferiu um palavrão,
Envergonhada,
Ruborizada, falou:
-“Não foi um relapso.
Foi um acesso obsoleto
Da minha impiedosa tosse
Que sempre me acosse
E que a gente expectora
Pondo pra fora
Um baita quatrocentão”.
A emenda soou,
Naquele ambiente
De fina gente,
Pior do que o soneto.
Coitada!

Constatação VII (Teoria da Relatividade para principiantes).
Pra quem não é boêmio e sofre de insônia, a noite é eterna; pra quem é noctívago, a noite é uma criança que cresce e se esvai rapidamente.

Constatação VIII
Dissimula
O fantasma,
Contratado
Por um órgão
Governamental.
Aí, resolve aparecer
Na sessão
E pasma
Sem saber
O que fazer
Parece uma mula,
Um marsupial,
Um atoleimado,
O safado.
Coitado!
Coitado?

Constatação IX
O Museu de Cera é um clone sem o sopro da vida?

Constatação X
Não sei o que deu nela.
Se foi teimosia,
Birra,
Aleivosia
Casmurrice,
Renitência.
Caturrice
Obstinação
Ou implicância.
O fato
Que ela
Disse um peremptório não.
“Nem hoje, nem nunca,
Me trazer nessa espelunca”.
Fez-me sentir um gaiato
Quando gentilmente
A convidei
Pra irmos a um motel
Tão-somente.
Aliás, conforme alusão
Insistente dela.
Será que o estopim
Foi porque eu não comandei
Um veuve clicquot
Da safra trinta-e-dois
No jantar
A vela
Aí, depois,
Ela armou um complô
Contra o coitado de mim?

Constatação XI
Os engenheiros civis, além de se dedicarem às obras, quando escrevem prosa e/ou poesia passam a recorrer, também, a outra engenharia. À das palavras...

Constatação XII (“Poeminha”para ser declamado pelo cara – não necessariamente de pau – que pretenda pedir a sua amada em casamento, preferencialmente não na frente dos pais dela).
Meu coração
É como titânio,
Como tório
E urânio
Altamente
Radioativo
Tão-somente.
Vamos evitar
Uma explosão
Acalmar
Esse vulcão
E preparar
Nosso casório
Que eu, muito ativo,
Já adquiri o colchão.

Constatação XIII
O sósia, quando as partes não são vizinhas, é um clone por instâncias ou caprichos da mãe natureza?

Constatação XIV
Os cães ladram e as caravanas de ladrões nunca terminam de passar...

Constatação XV (De uma conversa meditabunda e gemebunda).
- “No Karaokê, quando ele esqueceu a letra, ele ficou com cara de quê?”
-“Ficou com cara de bun, digo, do sentador”.
-“Ah bom, quer dizer, ah ruim, quer dizer...”

Juca

Nenhum comentário: