sábado, 8 de novembro de 2008

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I (Conto mobiliário, curto, pseudo-infantil).
Ela comeu com sofreguidão uva de mesa no colo do namorado, este sentado numa cadeira. Aí ela terminou de comer na cama e eles, depois da comilança, viveram felizes para sempre...

Constatação II
Não se pode confundir pulha com pilha, muito embora quem é pulha sempre pilha os cofres públicos, privados e outros menos cotados. A recíproca não é necessariamente verdadeira, até porque os eleitores brasileiros ficam uma pilha de nervos em ver o número de pulhas que vicejam por aí...

Constatação III
E como poetava o convencido, nosso velho conhecido:
“Ser cobiçado
Ser desejado
Pelas mulheres,
Aqui em Curitiba
Ou seja, lá onde for,
Não precisou ser
Meu desiderato.
Portanto,
Por favor,
De pitibiriba,
Neres.
Pelo menos,
Por enquanto...
Sempre foi de somenos
Importância tal.
Eu nunca fiquei
Estupefato
Com esse ato
Cortejador,
Também
Não prestei
Muita atenção
E deixei,
Simplesmente,
A elas, mais de cem,
A decisão,
A postura opcional
E tudo acontecer
De modo natural,
Essencialmente
Como sempre normal
Tão-somente”.

Constatação IV
Rico tem impressora a laser; pobre, papel carbono; quando muda o salário mínimo, mimeógrafo a álcool.

Constatação V
Uma das obviedades e vade-mécum de quem quer tirar proveito em tudo: “O negócio é sempre ser amigo do rei que esteja, naquele momento, reinando”.

Constatação VI
Pra quem está pensando em investir pra tocar seu próprio negócio Rumorejando, face os tempos novos, sugere os seguintes ramos com o mercado em franca expansão: coletes a prova de bala, alarmes para carros e casas, grades de proteção, cerca elétrica, firmas de segurança de outras firmas de segurança e assim por diante. De nada!

Constatação VII
Não se pode confundir carreata com careta, até porque, dependendo quais eleitores estiverem participando da carreata e a gente for do outro candidato a gente não vai deixar de fazer uma careta, caramunha, carantonha, esgar, momice, trejeito. Tudo de desprezo. A recíproca não é verdadeira, porque pode ser uma carreata que mereça da nossa parte um simples muxoxo.

Constatação VIII
Rico é empírico; pobre, nunca leu um livro na vida.

Constatação IX
Deu na mídia: “Homem preso no Egito por propor troca de esposas na internet
A polícia ordenou a detenção durante quatro dias do funcionário, acusado de apologia da libertinagem”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas pelo jeito a polícia egipcia ainda não ouviu falar em swing...

Constatação X (Teoria da Relatividada para principiantes corinthianos).
É muito melhor estar entre os quatro primeiros na segundona do que entre os quatrro últimos na primeirona.

Constatação XI (Teoria da relatividade para principiantes paranistas).
É muito melhor estar entre os quatro primeiros da terceirona (Valha-me, meu time), do que entre os quatro últimos da segundona.

Constatação XII (De uma dúvida crucial).
Será que a linha do Equador, com esse aquecimento global, ficou desalinhada? Quem souber a resposta, por favor, enviar correspondência para o e-mail desse assim chamado escriba ou através do blog
http://rimasprimas.blogspot.com

Constatação XIII
O que se vê,
Hoje em dia,
Na TV
Homem chorando
Não tá escrito por aí
Tampouco no gibi.
Antes não se via.
Estão desmistificando,
O dito do Martinho
Que homem não chora
Quando a mulher
Vai embora.
Ninguém quer ficar sozinho
Nem um minuto sequer.

Constatação XIV (De conselhos úteis).
Se você é vegetariano, ou adepto da comida macrobiótica, não faça proselitismo disso, pois todo proselitista é um chato. Quando não, um cricri. De nada!

Constatação XV
Tá na hora de eliminar a reversão à esquerda, em Curitiba. E para não haver excesso de velocidade nas ruas de sentido único, lombada e lambada de multa aos mais apressados. E já que estamos falando de assuntos de nossa cidade, quem deveria controlar os decibéis, já que parece que ninguém controla.? Quem souber a resposta, etc., etc.


Juca

Nenhum comentário: