sexta-feira, 24 de abril de 2009

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
O abandono dela me deixou sentido.
Meu coração, que era maciço,
Ficou, por tal razão, carcomido.
E parecido com um queijo suíço.

Constatação II
O candidato eleito é a antítese, o antípoda, a dicotomia, a discrepância do candidato em campanha.

Constatação III
Foi a tenista americana Serena Wiliams que um admirador tranqüilo, calmo, sereno fez uma serenata pra ela no meio de um forte sereno, cantando “serenô eu caio, eu caio, serenô deixa cair”...

Constatação IV
Corja é o coletivo
De um pessoal
Muito vivo?

Constatação V (Para os meus amigos Beto Guiz e Marcos Recchia e para Inezita Barroso).
Quando o interiorano foi pela primeira vez assistir um balé que apresentou o Lago dos Cisnes do compositor russo Pyotr Ilyich Tchaikovsky e, mais tarde, contou para os amigos: “Só me alembro de algumas partes que eu assisti. As otras eu drumi. Abriu uma cortina de uma baita janela. Adespois vejam só:
Ela parecia mermo uma garça
Quando na ponta do pé
Tava a dançá
Uma linda varsa.
Será que ela tava
Com dor no carcanhá?
Que deve ter incomodado ela
Bastante?
Um cristão
Ficava
Arrodeando
Ela todo instante
E se agarrava nela.
Devia tá matutando
Arguma má intenção
Arguma má fé.
Tinha jeito de tê
Arguma tara.
Num gostei do infeliz.
Eu até quis
Dá nele um safanão
O fiô duma égua,
Que vá dança
Com aquela
Ropa de cetim,
Cateretê
Com as muié,
Que quisé
Muinta légua
Pra morde longe de mim.

Constatação VI (Dúvida crucial via pseudo-haicai).
É no peritônio
Que se manifesta
O cara ser idôneo?

Constatação VII
E como fabulava o obcecado: “Meus carinhos são sempre sem segundas intenções, mas que elas existem isso lá existem”.

Constatação VIII
Assim como o parvo diz parvoiçada e o besta diz besteirada quem diz disparate é um sujeito resultante da soma do parvo e do besta na tabuada?

Constatação IX (Para o meu Amigo Luiz Ivan de Vasconcellos se recuperando de um acidente).
Foi o lírio
Que disse para a ágata:
“Você é uma gata
Que, como ouro, reluz.
Pros meus olhos uma luz,
Um colírio.
O teu desdém
Me obriga, no jantar,
A tomar
Um chá de mentruz
Pra me acalmar
Você é alguém
Que me induz,
Num vaivém,
A frequentar
O Sus.

Constatação X (Dúvida crucial).
Foi o marisco
Que, para não se molhar,
Por causa de um chuvisco,
Adentrou ao mar?

Constatação XI
Não se pode confundir purista com jurista, até porque nem todo jurista é purista e nem todo purista é jurista. Evidência, evidentemente, evidente, prezados leitores.

Constatação XII
Muita gente reclama porque Noé levou para a sua – dele – arca certos insetos inconvenientes, como, por exemplo, um casal de pulgas. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas este assim chamado escriba acha que, por estar muito atarefado em conciliar os lugares para todas as espécies, Noé não tomou tal iniciativa. Elas, as pulgas, devem ter tomado carona no casal de cães. Pelo sim e pelo não Rumorejando se propõe a esclarecer o que realmente ocorreu. Tão logo tenha uma resposta dará a conhecer aos seus estimados leitores. Obrigado pela compreensão.

Constatação XIII
O horroroso
Não se considerava
Pavoroso,
Nem, ao menos, feioso
E não se achava
Mirífico*
Ou magnífico.
Ele se julgava
Meio-termo,
Pois vivia ermo
Só e abandonado.
Coitado!
*Mirífico = “2 extraordinariamente belo; perfeito, maravilhoso, admirável” (Houaiss).

Constatação XIV
O corporativismo é uma reunião de interesses comuns, defendendo causas incomuns.

Constatação XV
E foi a ametista
Que levou a boca-de-leão
Ao dentista
Por causa de uma inflamação?

Constatação XVI
O banguela
Desceu com o carro
Na banguela
Na estradinha de barro
Um pouco lisa.
O dentista tinha arrancado
Mais de um dente
Que o doutor tinha achado
Excludente.
Coitado!
De repente ele divisa
Um buraco.
Freou,
Meio devagar, fraco.
Mesmo assim,
O carro derrapou
E a companheira
Que ia ao lado
Bateu no pára-brisa
A moleira.
Quebrou um dente,
Também ela.
Ficou danada.
“Você não cuida de mim!”
Coitada!

Constatação XVII
Rico sofre de amnésia; pobre, nunca presta atenção.

Constatação XVIII
E como explicava, poetando, aquele velho professor de matemática contrário à máquina de calcular:
“Qualquer resolução
De uma equação
Passa, antes de mais nada,
Pela velha tabuada.

Constatação XIX (De uma dúvida crucial).
Por que será que a diretoria do meu Paraná não se demite ao invés de demitir técnicos?

Constatação XX
Rico leva donativo; pobre, corretivo.




Juca

Nenhum comentário: