sábado, 30 de maio de 2009

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Ser idoso é contar a mesma história para a mesma pessoa muitas vezes; ser de meia-idade é a mesma coisa só que, cada vez, perguntar: “Parece que eu já te contei essa história antes, não?”

Constatação II
Ele jurou eterno amor,
Gesticulando com intenso ardor,
Mas ela não se comoveu:
“Só caso com você, ó meu,
Se você tiver um ducado
E eu serei a duquesa
A única das minhas amigas com realeza.
Elas morrerão de inveja.
Vê, então, como planeja”.
Coitado!

Constatação III
Rico faz juras de amor; pobre, é jurado de morte.

Constatação IV
Ela deixou
Meu coração
Esfarelado
E se mandou.
Aí, um anjo bom,
Na forma de um mulherão,
Uma gaúcha,
Muito da feia
Com um nariz torto
Que parecia
Uma bruxa
Quis se deitar
Ao meu lado
E bradou:
“Não tá morto
Quem peleia”.
E me perguntou”
Se eu não ia ligar,
Se eu estava a fim
Pro coração ficar
Novo em folha.
Eu, não tive escolha
Não adiantou
Alegar
Que eu estava em recesso
E que não poderia
Cometer excesso.
Enfim,
Pra não fugir da raia
Atendi-a como se deve
Fui muito de leve
Mesmo me sentindo uma cobaia
Também pra não levar uma vaia.
Afinal, era mais um rabo-de-saia...
Agora ando com um
Coração recauchutado
Que é melhor que nenhum.
Coitado
De mim!

Constatação V (De conselhos muito úteis).
Não se faça de rogado,
Seja mais abusado
Não tenha medo.
Mande um torpedo
Em direção ao umbigo
Do teu inimigo.
Você estará concorrendo
A ficar vendo
O sol nascer quadrado
Bem mais cedo.
E você terá mais folguedo.

Constatação VI
Ele tentou, mas falhou
Aí, não pode cortar a unha do pé.
A barrigona atrapalhou.

Constatação VII
O obcecado solicitou
O ISO 2000.
“Atingi tal desempenho”, alegou.

Constatação VIII (Dúvida crucial via pseudo-haicai).
É um pleonasmo
A expressão boato falso
Que te deixa pasmo?

Constatação IX
“Você é um cara sórdido
Tomara que fique mórbido”,
Ela vociferou
Quando ele chegou
Embriagado
No lar doce lar,
Às 4 horas da madrugada
Com a voz enrolada
A cantar
‘Mamãe eu quero mamar’.
E quando notou
Ela com a vassoura na mão
Perguntou:
-“Vai viajar?
“-“Seu poltrão,
Você comigo tá lascado”.
Levou um safanão
E uma vassourada.
Coitada!
Coitado!
Coitado?

Constatação X (Ah, esse nosso vernáculo ou como ensinar o a, e, i, o, u versejando, preferencialmente, para adultos).
Não por birra
Muito menos por ira
A barra pesa
E não é reza
Quando ela berra:
Você sempre erra
E, num urro:
“Seu burro”.
Ele quase se borra
Com ganas de ir à forra.
Mas como veio da farra,
Se cala. Ainda nela se amarra.

Constatação XI (Desabafo).
Os ex-jogadores de futebol que comentam as partidas de futebol na televisão são todos uns chatos. Assim, data vênia, foi o caso de Gerson, Rivelino, Casagrande, Marcelinho Carioca. Neto, na Band, chega ao desplante de jogar flores em si mesmo, ainda que frisando “modéstia a parte”. Sóbrio é o jogador Falcão que, às vezes, tem um chato transmitindo o jogo... Coitados! De nós, pobres teleespectadores e amantes do assim chamado esporte bretão.

Constatação XII
O corolário
Daquele poema
Atrabiliário*
Era um problema
Só solúvel por teorema
Que não se estuda no primário.
*Atrabiliário = “que ou aquele que vive tomado pela cólera; irascível”. (Houaiss).

Constatação XIII
O individuo,
Às aulas, assíduo,
Por causa do tríduo,
Começou a gazetear,
Os deveres relaxar,
Parou de estudar
E passou a frequentar
O bar
Do lupanar.
Mas que lugar!

Constatação XIV
É muito temeroso
Pedir a mão da namorada
Estando andrajoso?

Constatação XV
Que será que os dirigentes do Paraná têm contra nós, pobres e sofridos torcedores? Quem souber, por favor, cartas, por e-mail para este assim chamado escriba. Obrigado.

Constatação XVI
Deu na mídia que o primeiro ministro da Inglaterra Gordon Brown instou junto ao presidente Barak Obama que se pense uma alternativa de combustível verde. Para o nosso país que já consome tal tipo de combustível seria de bom alvitre que fosse adotado também nesses países e também no nosso o uso de coletes a prova de balas perdidas, ou não...

Constatação XVII (Sem proselitismo, porque todo proselitista é inaguentável).
O vegetariano
Só come vegetais
Todo o ano
Sem proferir ais
E não fica insano
Jamais.

Constatação XVII
Desenho futurista e simbolista é aquele que a gente olha, olha e olha e faz a seguinte pergunta: “Quem é esse artista?”



Juca
PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Ser idoso é contar a mesma história para a mesma pessoa muitas vezes; ser de meia-idade é a mesma coisa só que, cada vez, perguntar: “Parece que eu já te contei essa história antes, não?”

Constatação II
Ele jurou eterno amor,
Gesticulando com intenso ardor,
Mas ela não se comoveu:
“Só caso com você, ó meu,
Se você tiver um ducado
E eu serei a duquesa
A única das minhas amigas com realeza.
Elas morrerão de inveja.
Vê, então, como planeja”.
Coitado!

Constatação III
Rico faz juras de amor; pobre, é jurado de morte.

Constatação IV
Ela deixou
Meu coração
Esfarelado
E se mandou.
Aí, um anjo bom,
Na forma de um mulherão,
Uma gaúcha,
Muito da feia
Com um nariz torto
Que parecia
Uma bruxa
Quis se deitar
Ao meu lado
E bradou:
“Não tá morto
Quem peleia”.
E me perguntou”
Se eu não ia ligar,
Se eu estava a fim
Pro coração ficar
Novo em folha.
Eu, não tive escolha
Não adiantou
Alegar
Que eu estava em recesso
E que não poderia
Cometer excesso.
Enfim,
Pra não fugir da raia
Atendi-a como se deve
Fui muito de leve
Mesmo me sentindo uma cobaia
Também pra não levar uma vaia.
Afinal, era mais um rabo-de-saia...
Agora ando com um
Coração recauchutado
Que é melhor que nenhum.
Coitado
De mim!

Constatação V (De conselhos muito úteis).
Não se faça de rogado,
Seja mais abusado
Não tenha medo.
Mande um torpedo
Em direção ao umbigo
Do teu inimigo.
Você estará concorrendo
A ficar vendo
O sol nascer quadrado
Bem mais cedo.
E você terá mais folguedo.

Constatação VI
Ele tentou, mas falhou
Aí, não pode cortar a unha do pé.
A barrigona atrapalhou.

Constatação VII
O obcecado solicitou
O ISO 2000.
“Atingi tal desempenho”, alegou.

Constatação VIII (Dúvida crucial via pseudo-haicai).
É um pleonasmo
A expressão boato falso
Que te deixa pasmo?

Constatação IX
“Você é um cara sórdido
Tomara que fique mórbido”,
Ela vociferou
Quando ele chegou
Embriagado
No lar doce lar,
Às 4 horas da madrugada
Com a voz enrolada
A cantar
‘Mamãe eu quero mamar’.
E quando notou
Ela com a vassoura na mão
Perguntou:
-“Vai viajar?
“-“Seu poltrão,
Você comigo tá lascado”.
Levou um safanão
E uma vassourada.
Coitada!
Coitado!
Coitado?

Constatação X (Ah, esse nosso vernáculo ou como ensinar o a, e, i, o, u versejando, preferencialmente, para adultos).
Não por birra
Muito menos por ira
A barra pesa
E não é reza
Quando ela berra:
Você sempre erra
E, num urro:
“Seu burro”.
Ele quase se borra
Com ganas de ir à forra.
Mas como veio da farra,
Se cala. Ainda nela se amarra.

Constatação XI (Desabafo).
Os ex-jogadores de futebol que comentam as partidas de futebol na televisão são todos uns chatos. Assim, data vênia, foi o caso de Gerson, Rivelino, Casagrande, Marcelinho Carioca. Neto, na Band, chega ao desplante de jogar flores em si mesmo, ainda que frisando “modéstia a parte”. Sóbrio é o jogador Falcão que, às vezes, tem um chato transmitindo o jogo... Coitados! De nós, pobres teleespectadores e amantes do assim chamado esporte bretão.

Constatação XII
O corolário
Daquele poema
Atrabiliário*
Era um problema
Só solúvel por teorema
Que não se estuda no primário.
*Atrabiliário = “que ou aquele que vive tomado pela cólera; irascível”. (Houaiss).

Constatação XIII
O individuo,
Às aulas, assíduo,
Por causa do tríduo,
Começou a gazetear,
Os deveres relaxar,
Parou de estudar
E passou a frequentar
O bar
Do lupanar.
Mas que lugar!

Constatação XIV
É muito temeroso
Pedir a mão da namorada
Estando andrajoso?

Constatação XV
Que será que os dirigentes do Paraná têm contra nós, pobres e sofridos torcedores? Quem souber, por favor, cartas, por e-mail para este assim chamado escriba. Obrigado.

Constatação XVI
Deu na mídia que o primeiro ministro da Inglaterra Gordon Brown instou junto ao presidente Barak Obama que se pense uma alternativa de combustível verde. Para o nosso país que já consome tal tipo de combustível seria de bom alvitre que fosse adotado também nesses países e também no nosso o uso de coletes a prova de balas perdidas, ou não...

Constatação XVII (Sem proselitismo, porque todo proselitista é inaguentável).
O vegetariano
Só come vegetais
Todo o ano
Sem proferir ais
E não fica insano
Jamais.

Constatação XVII
Desenho futurista e simbolista é aquele que a gente olha, olha e olha e faz a seguinte pergunta: “Quem é esse artista?”



Juca

sexta-feira, 22 de maio de 2009

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
A palestra
Foi um soporífero
Quando o conferencista,
Nada frutífero,
Nada de aproveitável falou
Depois de uma horinha
Só dizendo abobrinha
E demonstrou
Ser bairrista
E segregacionista
Aí, expressou
O seguinte:
“E pra terminar” –
O que fez a platéia vibrar,
Já que não podia mais aguentar –
“Caras senhoras, paciente ouvinte”
E discorreu
Mais uma hora
Extra.
Uma senhora,
Que não parava de suspirar,
Interrompeu
O orador,
No meio da sua – dele - peroração
E disse: “Sou a encarregada
De fechar
O salão.
Tome a chave-mestra
Já que estamos, agora,
Só nós dois
E eu tenho que ir embora,
Caso contrário
Perco minha condução
Do último horário.
E o senhor,
Ao se retirar,
Por favor,
Chaveie a porta, depois,
Obrigado”.
Coitado!
Coitado?

Constatação II
Deu na mídia: “A ministra do Interior da Grã-Bretanha, Jacqui Smith, se desculpou por ter pedido ao Parlamento reembolso de despesas com um serviço de televisão que incluía filmes pornográficos vistos por seu marido”. Data vênia, como diram nossos juristas, mas Rumorejando acha que tal pagamento com os cofres públicos não é grave. Se o marido recarrega a bateria em usufruto da ministra, ela, assim, poderá desempenhar melhor o seu papel no governo e trabalhar melhor e mais feliz em pról dos cidadãos ingleses. Coitada!Constatação III
E como ponderava didaticamente aquele economista idoso: “Os benefícios do uso de viagra, cialis e levitra, que por sinal o preço anda pela hora da morte, não se recomenda pra ser canalizados, literalmente, em usufruto da legítima. É uma pura questão de otimizar o custo/benefício...”

Constatação IV
Deu na mídia: “MIAMI - Um ‘lugar relaxante, calmo, lindo’, opinião da atual Miss Universo, Dayana Mendoza, da Venezuela, que visitou Guantanamo, a base naval norte-americana no leste cubano”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando, que já escutou de uma pessoa que não gostou de Paris, a capital do amor, porque tinha muito cocô de cachorro na rua, acha, respeitosamente, que tem gosto pra tudo...

Constatação V
Rico tem comportamento irrepreensível; pobre, indefinível.

Constatação VI
Ela me olhou de soslaio
Quando a convidei prum motel
Que por pouco não tive um desmaio
“Só vou a tal lugar se for com um donzel”*.
*Donzel = “que é puro, sem mácula; virginal” (Houaiss).

Constatação VII
“Pra começo de conversa,
Em princípio,
Você é do passado
E do particípio
Não tergiversa”,
Disse a gata
Pro idoso
Que fazia voltas,
Todo cerimonioso,
Em torno dela
Qual uma lemniscata*,
De Bernouilli
Que tem a forma,
Segundo se informa,
Não da nota mi ou si,
Mas de um oito deitado,
Por sinal
Mais bonito
Do que o visual
De infinito,
Provocando nela
Revoltas.
Coitado!
*Lemniscata = “lugar geométrico dos pés das perpendiculares traçadas de um ponto fixo às tangentes de uma hipérbole equilátera em relação ao seu centro”. (Elementar, prezados leitores).

Constatação VIII
“Desembucha,
Desentupa”,
Disse a assim chamada,
Por ele, de megera, de bruxa.
“Teu mutismo
Me preocupa”,
Quando ele chegou
De madrugada,
Todo desleixado,
Com bafo de onça
Trazendo, como se fosse um trabalho,
Uma geringonça
Que guardava um baralho
Com marcador de truco.
E ele pensou:
“Que totalitarismo,
Que fundamentalismo!
Daqui a pouco ela amansa,
Depois da tempestade
Vem a bonança”.
Na verdade
Ele ganhou uma vassourada
Na moleira
“Vou fazer de você suco,
É pra não fazer mais besteira.
Seu desclassificado,
Mal-ajambrado,
Mal-agourado”.
Coitada!
Coitado!

Constatação IX (Reminiscência)
No meu tempo – expressão que denota que estamos ficando velho ou envelhecendo (rico é idoso; pobre, é velho) o futebol era jogado num 4 2 4, onde o alfo esquerdo e o meia-direita faziam o meio de campo e, é bom que se diga, davam conta do recado. A marcação era homem a homem: o centro-avante era marcado pelo beque (hoje zagueiro) central, os alfos direito e esquerdo marcavam os pontas esquerdo e direito e assim por diante. Os pontas corriam pela linha de fundo e centravam. O centro-avante e o meia-esquerda eram os artilheiros (hoje matador). Dificilmente, um jogo terminava zero a zero. Ninguém jogava na retranca. Bons tempos!

Constatação X
Rico é benigno; pobre, é indigno.

Juca

sábado, 16 de maio de 2009

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Rico, pro imposto de renda, junta documento; pobre, é isento.

Constatação II
Não se pode confundir confundido com contundido, muito embora tenha muito jogador que, para ganhar tempo, faz cera, se fingindo de contundido, deixando o juiz confundido. Enquanto isso, o time que está perdendo fica fud, digo aborrecido.

Constatação III
Rico tem boa performance; pobre, mau desempenho.

Constatação IV
Foi o seno que perguntou com ar de superioridade pro co-seno “tem variado muito pra menos um, ultimamente? Comigo, isso não tem acontecido. Modéstia a parte, só tenho variado para mais um”.

Constatação V
País rico faz intercâmbio; país pobre, escambo.

Constatação VI
Não se pode confundir barra com berra, muito embora tenha muita esposa que quando berra, com razão ou não, é porque a barra pra cima do marido tá pesada e, em alguns casos, pesadíssima. Coitado!

Constatação VII (Ah, esse nosso vernáculo).
A Paula, paladina do estudo, atina, que levou pau no exame da língua latina, enquanto lava, paulatina, a tina.

Constatação VIII
Rico é defensor; pobre, adversário.

Constatação IX
A polenta
Tava suculenta;
O feijão
Muito bom;
A salada
Bem condimentada
O repolho,
Refogado,
Com molho,
Tava bem temperado;
A sobremesa
Uma beleza.
Aí ela falou:
“Se você terminou
De comer
Pode desaparecer.
Já comeu até demais.
Outrossim,
Nunca mais
Apareça
E me esqueça”.
Coitado!
De mim.

Constatação X
Me deu uma amnésia:
Onde mesmo fica a Rodésia
E a Polinésia?

Constatação XI (De um comentário um tanto quanto arbitrário de um(a) aluno(a) medíocre).
O estágio
De docência
Não admitia
Indolência.
Por tal,
Nele havia
Inserido
Um sentido
De indecência,
Um presságio
De uma imoral
Excrescência
Tanto sob a ótica,
Antipatriótica,
Nacional,
Como a psicótica
Estadual
E a esclerótica
Municipal.

Constatação XII
Foi o parafuso que perguntou para a chave de parafusos: “Querida, você não vai me atarraxar, hoje?”

Constatação XIII (De elucubrações sensoriais trigonométricas meio confusas).
As emoções são
Como um senoidal
Carimbo:
Algumas te enlevam,
Sem conexão
Ou baldeação,
Ao limbo;
Outras, infinitamente,
Ao inferno tangencial,
Ou co-tangencial,
Elas te levam;
Aos insensíveis
Elas, fatalmente,
São impossíveis
De existir.
A eles nem dissuadir
Ou persuadir
Daria para interferir,
Interagir,
Tão-somente.

Constatação XIV
E como filosofava o obcecado: “Paris induz ao amor. Tá impregnado no ar que lá se respira. Minha querida Balsa Nova, também. Vá alguém entender a intrincada alma urbana...”

Constatação XV (De conselhos úteis via pseudo-soneto. De nada!).
O que te deixa eufórico
Frequentemente é a ingestão
De um produto calórico
Sem mensuração.

Depois vem o arrependimento
Ao verificar teu peso na balança
Aonde eu tava com a cabeça naquele momento?
Foi pras cucuias emagrecer a tua esperança.

Por isso, caro leitor e cara leitora
Trate de se controlar pra manter a linha
Feche a boca e a caixa de Pandora*

Procure sempre ficar com estômago meio vazio.
Não abra a geladeira nem passe pela porta da cozinha
Coma muita sopa de vento e pastel de assobio.
*A caixa de Pandora é uma expressão muito utilizada quando se quer fazer referência a algo que gera curiosidade, mas que é melhor não ser revelado. (Google).

Constatação XVI
O tenor bigodudo
Soltou um agudo
O que foi considerado
Grave e destoante
Naquele instante.
Coitado!

Constatação XVII (Via duplo pseudo-haicai).
Solicitude,
Nos dias de hoje,
Virou excesso de atitude.
No trânsito caótico
Tá difícil gentileza
Tá todo mundo neurótico.

Constatação XVIII
O político caradura,
Que se apropria do dinheiro público, preso ele não vai.
É que ele adquire pra sempre um alvará de soltura,
Já que ele balança, balança, mas não cai.

Constatação XIX (Pseudo-haicai).
“Somente com a verdade,
Nós temos compromisso”,
Disse o político com serenidade.

Constatação XX
Juras de amor
Eles trocaram
Com muito ardor
“Até a eternidade”.
Vinte anos depois
Surgiram as mazelas,
Com elas,
As querelas.
Brigaram.
De dia e de noite
As desavenças,
Entre os dois,
Só eram ofensas,
Agressões verbais,
Em surras,
Com o açoite,
Viraram
“Feijão com arroz”,
Tal a periodicidade,
Que redundaram,
Como jamais.
Bem maiores que as juras
E carinhos trocados.
Coitados!

Juca

domingo, 10 de maio de 2009

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Rico é inflexível; pobre, cabeça dura.

Constatação II
A bula
Pelo seu linguajar
Deixou-a fula
Pois não deu para decifrar.

Constatação III Três dúvidas cruciais via pseudo-haicais).
Será que o meu Paraná
Não acha um Ronaldo mesmo gordo
Para vir jogar por cá?

E o Pelé mesmo sexagenário
Será que não poderia vir jogar
Naquele que foi o antigo Ferroviário?

E não daria pra ressuscitar
O falecido centro-avante Izaldo
Pra no Paraná vir cabecear?

Constatação IV (Mais uma dúvida crucial via pseudo-haicai).
Foi o paquiderme que deu uma trombada
Quando a formiga deu uma freada
Quando estava próxima da lombada?

Constatação V
Não se pode confundir submisso com sumiço até porque em uma profusão de países quem não é submisso ao poder vigente arrisca tomar um chá de sumiço pra sempre.

Constatação VI
Nem sempre alguns produtos farmacêuticos, determinadas fitoterapias, algumas sessões de psicanálise fazem a curva de desempenho mudar a sua assíntota, seu ponto de inflexão descendente?

Constatação VII (De um pseudo-soneto).

Na maior potência do Planeta
Também tem sonegador,
Trambiqueiro e picareta
E de carteiras, batedor.

Qualquer solução
Pra não pagar o leão
É uma mera ilusão
De um ingênuo cidadão.

Mas os caras lá temem a lei
Que, como o Rambo, não perdoa
Pelo que se fala e pelo que sei.

Parece que há, lá, por todo lado
Não só leão brabo como também leoa
Lá, quem não paga vê o sol nascer quadrado.

Constatação VIII (E já que falamos no assunto...)
Das dívidas,
A cobrança,
Deixa as pessoas lívidas?

Constatação IX (Dúvida não necessariamente crucial).
Excesso de pudor
É andar sempre vestida
Com uma calça comprida
Na frente do seu grande amor
Sem tirá-la jamais
Pros dois
Ficarem depois
Bem naturais?

Constatação X
Além do vazio no coração
A saída da mulher deixou seqüela
Ficaram espalhadas pelo chão
As calcinhas dela.

Constatação XI
Pessoa que afana
É mau-caráter
Ou doidivana?

Constatação XII
Quando Arquimedes, entusiasmado
Saiu correndo pela rua pelado
Gritando “Eureka! Eureka!”
A solteira falou pra vizinha:
“Ele esqueceu de vestir a cueca.
E veja, ele não tem como a tua ou a minha.
O dele, não é perereca”.

Constatação XIII
Não se pode confundir ciclista com cientista, muito embora, em certos países, os dois precisam se equilibrar para não cair, ter razoável apoio e coisas desse jaez.

Constatação XIV (Eufemismo).
E como comentava a comadre super-educada para a sua afilhada: “Ela ganhou o prêmio novamente. O sorteio mostrou mais uma vez que ela nasceu com certa parte do corpo voltada para o nosso satélite natural”.

Constatação XV
Como quem sai aos seus não degenera, o celular, fruto do casamento da televisão com o computador, também leva as pessoas ao hospital de doentes nervosos (Rico vai para o hospital de doentes nervosos; pobre, para o hospício).

Constatação XVI
Será que os dirigentes do meu Paraná são uns clarividentes que não têm o mínimo de discernimento?

Constatação XVII
E já que falamos no assunto, Rumorejando, após uma investigação minuciosa, chegou a conclusão que não existe caveira de burro enterrada no Estádio Dorival de Brito e Silva, o campo do meu Paraná, que mesmo lá jogando vive perdendo. O que existe por lá é burro mesmo.

Constatação XVIII
Gol legal é aquele que o jogador do nosso time marca em qualquer circunstância, mesmo estando em flagrante impedimento?

Constatação XIX
E como poetava o septuagenário:
Além, muito além
De uma cantada
Há sempre um porém,
Necessitando de uma gemada.

Constatação XX
O pulha
Sempre os outros
Embrulha?

Constatação XXI
O carteiro,
Bem ligeiro,
Trouxe um telegrama
Pra sua – dele – mulher
“Você ainda me ama?
Você ainda me quer?”
Ela contestou
Da mesma maneira:
“Não diga asneira.
Sua metade eu sou.
Hoje, na cama,
Vou te oferecer pro teu deleite
Algo que você nunca provou:
Vou te fazer um arroz-de-leite”.

Constatação XXII
Era um amor varonil:
Havia casado
Sob a mira de um fuzil.

Constatação XXIII
Rico vive na maciota; pobre, sobrevive dando cambalhota.

Constatação XXIV
Rico é expansivo; pobre, fugitivo.

Constatação XXV
Rico vive na comodidade; pobre, na possibilidade.


Juca

domingo, 3 de maio de 2009

(PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES E NÃO POUCAS DÚVIDAS)

Constatação I
Em declarações ao jornal britânico "Financial Times", Lula diz que Brasil superará crise antes que outros países. Data vênia, como dizem nossos juristas, mas Rumorejando acha que apenas quem sobreviver verá...

Constatação II

Quando o septuagenário, depois de tomar sua dose diária de Levitra, leu na mídia que a ministra Dilma havia dito: “sou uma mulher dura cercada de homens meigos” pensou imediatamente na teoria da relatividade de principiantes: É muito melhor ser uma mulher meiga cercada por homens duros do que uma mulher dura cercada de homens meigos...

Constatação III

Quem é polígamo sempre estará aumentando a família?

Constatação IV

A corrente pra frente é ligada na dianteira ou na traseira dos elos?

Constatação V

A expressão ou conclusão “Explica, mas não justifica” foi cunhada pelas cunhadas dos políticos?

Constatação VI

As verbas nunca chegam aos seus destinos por que elas passam por caminhos tortuosos ou por descaminhos dissimulados?

Constatação VII

A leitura dinâmica foi inventada por um leitor compulsivo devorador de livros?

Constatação VIII

Rico tem cognome altivo; pobre, apelido depreciativo.

Constatação IX
Rico faz turismo na Cote d’Azur; pobre, no seu próprio bairro.

Constatação X
(Passível de mal-entendido).
A magrela,
Apodada,
Magrém
Não dava
Pra ninguém.
Ela,
Apenas, emprestava.

Constatação XI
Gosto na boca de chá de corrimão de repartição pública é melhor ou pior do que chá de cadeira em consultório?

Constatação XII

Seu trabalho constituia no fabrico de dormente o que o deixava, no fim do dia dormente.

Constatação XIII

Incongruência é ir prum motel e se por a cantar uma canção de ninar pra gata. E, pior, a canção de ninar sempre faz dormir também quem a canta.

Constatação XIV
Quem nasce em Cabeçudas é cabeçudo? E quem nasce em Palmas é palmeirense? E se for torcedor do corinthians como é que fica?

Constatação XV
Foi a raiz amarga, o giló e a erva-mate que discutiram para ver quem era menos amargo?

Constatação XVI

Não se deve confundir cantárida com cantar a Ida, de Giuseppe Verdi, até porque o primeiro é estimulante afrodisíaco e o segundo, para quem não gosta, é o revés.

Constatação XVII
(Ah, esse nosso vernáculo).
Caminhou por Caminito e se perdeu no caminho. Pediu orientação para um caminhoneiro que transportava cominho vindo da região do Minho.

Constatação XVIII
Não era uma questiúncula. Era um fato tristonho: O hermano portenho tinha um furúnculo bem no furun, digo no... Deixa pra lá. Coitado!

Constatação XIX
O covarde era um polivalente?

Constatação XX
Existem três tipos de predestinados: o bom, o ruim e o mais ou menos. Rico é predestinado bom; pobre é predestinado ruim; a classe média é predestinada mais ou menos.

Constatação XXI
Duvidou
Da sinceridade
Da proposta
Dele.
Depois, pensou:
“Na minha idade
Cara igual àquele
Não vou encontrar
Para casar
Por que fui recusar?
Que josta!”

Constatação XXII
“Rosas não falam.
Elas apenas exalam”,
Disse o compositor.
“As ovelhas não falam.
Elas não têm o hábito
Porque exalam mau hálito”,
Disse o pastor.

Constatação XXIII

Juro composto
É aquele que deixa exposto
O teu parco dinheiro
Nas mãos do banqueiro?

Constatação XXIV

Quando os estatísticos dizem que determinado time tem a média de 2,6 gols por partida, o 0,6 que dizer que a bola não entrou totalmente no gol?

Constatação XXV
E como dizia o malandro pra coitada da mulher ao chegar tarde em casa, num ato muito mais do que falho: “Lupanar doce lupanar”.

Constatação XXVI

“Não antes do casamento”,
Disse a jumenta
Pro jumento.

Constatação XXVII

Pare com essa cantilena.Você me pede tanto pra jantar
E eu fico com muita pena
De não poder te levar.

Constatação XXVIII

Foi o solstício
Que achou o equinócio
Um desperdício
Chamando-o de beócio?

Constatação XXIX
(Recomendações da super-mãe para o filho canguru* de 46 anos de idade).
Calibre o pneu estepe.
Vá devagar e não se estrepe.
Não seja serelepe.
Coma antes um crepe
Susepe
*Que ainda mora com os pais ricos (Com os agradecimentos ao Amigo, o advogado Djalma Filho).

Constatação XXX

Foi a pintassilga
Que disse pro pintassilgo
Agora não. Você esteve numa pocilga?


Juca