sexta-feira, 26 de junho de 2009


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I
Do meu ex-colega e amigo ainda do tempo da Codepar, Washington Logulo, hoje vivendo nos Estados Unidos, falando da poluição: “Aqui é difícil de ver estrelas até de noite. Eu me lembro do céu de Ponta Grossa, quando era adolescente, voltando das aulas noturnas do colégio, as estrelas eram tantas e pareciam tão próximas, como se fossem olhos me espiando”.

Constatação II
Deu na mídia: “O clube de futebol alemão Energie Cottbus vai devolver o valor do ingresso de 600 fãs em um incomum pedido de desculpas pelo "desempenho patético" na partida que terminou em 4 a 0 para o Schalke”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas se o Paraná, que nunca anda bom das pernas também no sentido financeiro, fosse agir como o time alemão, já estaria na bancarrota há muito tempo. Coitado!

Constatação III
Rico vive no locupletamento; pobre, precisa de linimento*.
* “Derivação: sentido figurado. Aquilo que torna calmo, que suaviza”. (Houaiss).

Constatação IV
Rico é auto-suficiente; pobre, é dependente.

Constatação V
Rico é robusto; pobre engorda com custo.

Constatação VI (Diálogo em quadrinha sem apelação, ainda que com rima tentadora).
Quando ele fez determinado convite
Ela ficou com a face rubicunda.
“Você está com alguma dermatite?”
“Não. Não quero saber de barafunda”.

Constatação VII
Não se pode confundir açodar, que o dicionário Houaiss apresenta, dentre outros, como “Derivação: por extensão de sentido. Apressar(-se) em demasia; levar a agir ou agir de modo inadequadamente rápido; precipitar(-se)” com adoçar, até porque os pais da pátria costumam engavetar certos projetos, a fim de não se pensar que eles não estão estudando com afinco e profundidade e que a vida deles não tem nada que se possa pensar, maldosamente, que é um eterno adoçar.

Constatação VIII (E se for um pescador político como é que fica?).
A diferença entre um pescador e um político, candidato a qualquer cargo, é que este mente antes e aquele depois...

Constatação IX (Esclarecimento).
Essa minha barba branca
É fruto de muita desdita
Nada a ver com birita,
Tampouco com meter panca.

Constatação X
Disse o coronel
Pra amante:
“Montei teu apartamento
Pra não ir mais a motel
Há tempo não sou sargento
Favor cumprir o seu papel*.
*Não ficou muito claro o papel da amante. Parece que ele estava montando uma peça de teatro e ela ia ser uma das partícipes. A outra participação, evidentemente que ela já fazia parte, caso contrário não seria amante. Elementar!

Constatação XI
Deu na mídia: “
Paraná Clube lança novos uniformes para o Brasileirão”. Data vênia como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que o problema não é o uniforme. É quem tá dentro deles...

Constatação XII
Rico prepara na sua mansão pros seus convivas um churrasqueto; pobre prepara um pastel de vento pro seus vizinhos lá no gueto.

Constatação XIII
E como discursava aquela representante do partido radical: “Nós, as radicais temos muito valor: real e positivo. Como em aritmética”. Como aparteava a representante do partido liberal: “Pra mim radical é qualquer raiz. Mormente, no caso da senhora, a quadrada. Como na álgebra”.

Constatação XIV
Deu na mídia: “Embalados pelo espírito eleitoral do fim de governo, 17 dos 35 ministros devem deixar o cargo, em abril de 2010, para fazer campanha”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que, com tanto ministro, os 17 não vão fazer falta e nem precisa substitui-los. Quanto aos outros 18, que deverão permanecer nos seus – deles – respectivos cargos, também deveriam fazer campanha pelas mesmas razões já assinaladas.

Constatação XV (Dúvida crucial com consequente entupimento).
“Apesar das nossas diferenças ideológicas podemos trabalhar juntos pelo bem do povo”, disse o deputado, considerado de Direita em campanha eleitoral pela sua reeleição num reduto de trabalhadores de, digamos, Esquerda. Aí, alguém no meio do povo perguntou: “Nós vamos continuar trabalhando, como sempre fizemos, e o senhor, de agora em diante, pretende fazer o quê?”

Constatação XVI
Rico é perguntado; pobre, inquirido.

Juca

Nenhum comentário: