domingo, 7 de março de 2010

RUMOREJANDO
Constatações

De diálogos repetitivos

- Você levou o negativo?

- Negativo? Negativo.
De diálogos meio dicotômicos

- Desses hematomas do seu tombo, fatalmente, vão dizer que o seu marido lhe bateu.

- Que nada. O pessoal sabe que meu marido é bonzinho.

- É, mas a humanidade não é...


Aquele autor só escrevia canções de protesto.

Também, pudera! A sua grande fonte de inspiração era sua mulher...

Dúvidas cruciais

Foi a Senhora de Jaraguá do Sul que disse, em Guajará Mirim, que o seu marido é um jaguara total?

Uma declaração de um fabricante de guarda-chuvas afirma que um dos incrementos do mercado é que as pessoas esquecem os seus nos lugares. Mas, se alguém perde, não existe aquele que acha?

Rimas primas

Perturbou a missa, o moleque,
mas vejam só tamanho pecado:
"Nunca mais na tua vida peque",
Ordenou o padre pro coitado.

Coisa que precisa ser inventada

Garota que, ao receber de nossa parte um elogio, não diga: "O senhor é muito gentil", "E sua senhora como vai?" "Os seus netos já estão na escola?" e coisas assim...

Pobres & Ricos

Pobre é estabanado; rico é arrebatado.

Ah! esse nosso vernáculo

Em cima da bucha, a mulher, cujo marido a chamava de bucho, comeu uma buchada e pegou uma bucha para se lavar.

Enquanto isso, o filho corria atrás de balões proibidos, gritando: - Ninguém bucha.

Buxa, digo, puxa! Que família!...


Rimas primas

No tempo do onça, do beque-central;

Na frente dos beques, o centro-médio;

Do alfo, que hoje é o lateral;

Do chutão da altura dum prédio.

Juca

Nenhum comentário: