quinta-feira, 15 de abril de 2010

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I

Deu na mídia: “Adriano confirma o fim do seu noivado”. Taí uma notícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade.

Constatação II

Teve uma comichão
No narigão.
Aí, deu um baita espirro
Parecia chuva de um cúmulo-cirro.

Constatação III (Cronologia).

A primeira vez que ela me olhou
Seus olhos pareciam uma lucerna;
Quando a gente namorou
Seus olhos pareciam uma luzerna;
Quando a gente se casou
Seus olhos pareciam uma lanterna;
Quando um quarto de século passou
Sua mirada tinha ficado menos fraterna;
Quando a gente se separou
Seus olhos pareciam uma escura caverna.

Constatação IV (Via um pseudo-soneto).

“Vamos erguer e levantar a cabeça”,
Disse o jogador do time derrotado
Para que a nossa torcida esqueça
Esse péssimo e triste resultado.

Suas perorações nada originais
Parece um carimbo viciado
Será que no vocabulário não há mais
Alguém que mostre um melhor palavreado?

“Futebol é uma caixinha de surpresa”
É outro mote muito usado
Seja do jogador do ataque ou da defesa

O juiz todos vivem a xingar
Dá a impressão de algo predestinado
E da mãe do coitado, nem falar...

Constatação V (Destes tempos, via outro pseudo-soneto).

Caiu uma chuva civilizada,
Aliás, muito bem educada
Ao contrário da torcida organizada
Que, às vezes, briga até por nada.

Ela não promoveu estragos
Nem aqui, nem em outros pagos
Apenas contribuiu com alguns lagos
E nas colheitas somente afagos.

Relâmpagos e trovões não faltaram
E até pode-se dizer que sobraram
Pessoas e vários cães se assustaram

Mas no fim – que sorte – ficou nisso
Essa chuvarada toda parecia feitiço
Apenas o trafego virou um reboliço.

Constatação VI

Rico é ficcionista; pobre, é mentiroso.

Constatação VII

Rico é opiniático; pobre, chuta.

Constatação VIII

Não se pode confundir compartilhado com comprar telhado, muito embora se um casal está construindo a sua – deles – casa e precisa cobrir a dita cuja e ambos trabalham e têm conta conjunta no banco e o saldo é compartilhado pelos depósitos dos dois sem que normalmente ele faça retiradas para fins espúrios, como amiúde acontece, dará para comprar telhado, mobiliar o imóvel, colocar cortinas, televisão ou televisões, para assistir novelas e jogos de futebol, geladeira, para não tomar cerveja quente como os ingleses costumam, e outros apetrechos imprescindíveis ao bom relacionamento do casal.

Constatação IX

O deputado
Com a sua iniqüidade
Ficou encafuado
Na sua imunidade
Na sua imundice
Na sua filha da pu...ce.

Constatação X

Passou a desempenhar um cargo
De provador de amargo*
Aí comentaram: “Que cara largo”.
*Amargo = Mate chimarrão.

Constatação XI

E como dizia o controlador do botão para deflagrar uma guerra atômica: “Não preciso de 20 minutos para tudo mudar, como apregoa uma rádio em FM, num país chamado Brasil. Bastam alguns segundos ou fração. É só apertar determinado botão. Mudança não apenas total como extremamente radical...”

Constatação XII

Estupefaciente
É constatar
Que o meu Paraná
Que de derrotas é um chuá
Às vezes, se põe a ganhar
E se encontra ainda vivente.

Constatação XIII

Quando o obcecado ficou sabendo que em Chicago, uma pesquisa mostrou que um grande número de pessoas prefere ter um celular a fazer sexo, cuspiu pro lado, fez um muxoxo e, com desprezo, falou: “Essa gente deve ter orgasmo no ouvido”.

Constatação XIV (Dia das Mães).

Foi uma reação de afogadilho
Ao chamar a atenção do filho
Que lhe havia dado um presente
Uma dentadura, mas faltando um dente.

Constatação XV

Exibicionista,
Andava pelada
Na janela escancarada
Até demais.
E nunca mais,
Em tempo algum, jamais
Precisou de avalista.

Constatação XVI

Não se deve confundir brochura com broxura, ainda que foneticamente soem iguais, tendo em vista que a primeira pode estar ligada a uma leitura agradável e a outra a fatos assaz desagradáveis.

Constatação XVII

A linda matemática dançava,
Talentosa,
Habilidosa,
Rítmica,
Volteando uma espiral logarítmica
Que parecia até que voava,
Flutuava,
Levitava,
Que no ar pairava.

Constatação XVIII (Quadrinha para ser recitada no Dia das Mães “dedicada” a genitora da sua mulher).

Dizer que o relacionamento
Com a sogra é biunívoco
E não é um tormento
É um baita de um equívoco.

Constatação XIX

Não se deve confundir esvai com se vai, muito embora quando se trata do salário mínimo, do valor da aposentadoria dos trabalhadores, etc., o significado do destino daquelas assim chamadas rendas passa a ser absolutamente as mesmas...

Constatação XX

E não se deve confundir opresso com o preso, muito embora, o preso, aquele da prisão, fatalmente se sentirá opresso; já, o preso, o que está enredado nas malhas do doce amor, absolutamente, em momento algum se supõe que se sentirá opresso.

Constatação XXI (Preocupante, mas com final feliz).

O pelotão de fuzilamento
Não hesitou
Por nenhum momento.
Mirou
Uma estrela, lá, no firmamento
E atirou
Balas de festim em direção ao vento.

Constatação XXII

As coisas mais comuns que existem na face da terra são as pessoas implicarem umas com as outras, em geral e as mulheres implicarem com outras mulheres, em particular. Vá um querer entender a intricada alma humana...

Constatação XXIII (De diálogos esclarecedores).

-“Num instante, a mulher tirou a roupa”.
-“Tão ansiosa que ela estava ?”
-Não. Não é nada disso. “Ela tirou a roupa do varal porque estava prenunciando uma baita de uma tempestade”.
-“Ah, bom”.

Constatação XXIV (“Poesia”, intitulada ‘Excesso de higiene, concomitantemente com falta de consideração’).

Estava ela
No parapeito
Da janela
Limpando uma panela.
E eu, no leito
Meio sem jeito,
Mastigando uma mortadela
E sem falar a respeito,
Esperando a decisão dela.
Pensei: “Pelo seu trejeito
Ela, agora vai me dar trela.
Ou, será que o trato tá desfeito?”
Entrou para buscar uma flanela
– Que despeito! –
Para limpar outra panela...

Constatação XXV

O dia parecerá mais longo
Se você viver
Ou tiver que conviver
Com um mocorongo.

Constatação XXVI

Normalmente,
Todo cara altivo,
De nariz empinado,
Além de, comumente,
Ser esquivo
É só por si mesmo amado,
É de si mesmo cativo...

Constatação XXVII

Só por um momento
Desanuviou
O birrento.
Depois,
Tudo voltou
Ao desentendimento
Entre os dois.

Constatação XXVIII (Meio surrealista).

Ela ficou atarantada
Quando o bisbilhoteiro
Quis saber
Se ela era amada
Pelo companheiro
Que ainda ia ter.

Constatação XXIX

Não se deve confundir almejado com algemado, até porque, para tentar obter um determinado bem almejado, muito cara, por aí, acabou algemado.

Constatação XXX

Rico é circunspecto; pobre, antipático.







2 comentários:

Marina da Silva disse...

Oi Juca,
adorei as constatações III,IV,V e XXIV. Que bela "cronologia". Abrç. Marina da Silva

Juca disse...

Obrigado, Marina. Eu sempre leio o seu texto