quinta-feira, 15 de julho de 2010

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I

Não se pode confundir banda diagonal endógena, nome tecnocratês, dado pelos áulicos economistas do Poder vigente, no Brasil, que culminou, numa certa época, com a desvalorização cambial e bunda monumental exógena *, até porque, o primeiro, teve uma repercussão altamente negativa em nosso país; já, o segundo, como é sabido, é exatamente ao revés, levando-se em conta que é considerado preferência nacional...
* Exógena, segundo o Aurelião, quer dizer “que cresce exteriormente ou para fora” e, evidentemente, endógena é para dentro. (Por favor, cuidar para não trocar de posição as palavras endógena e exógena, caso contrário o que era monumental deixará de ser. Obrigado).

Constatação II

Não só não me fio
Nos atuais
(E futuros) governantes,
Municipais,
Estaduais
E federais,
Como tantos pagantes
De impostos
E sinto um calafrio
Ao me dar conta
Que ainda restam
Meses em monta
Para terminar,
Para encerrar
Seus mandatos,
Insensatos,
Tão inconstantes
E que se prestam
A certos atos
Que, muitos, não contestam,
Puxa, nós todos! Que patos !

Constatação III (Objetivos de Rumorejando).

A gente martela
No computador
Para auferir
Mais um leitor
Que possa
Ao menos sorrir
E espairecer
Além de vista grossa
Deixar de fazer,
Diante tanta mazela...

Constatação IV (Subsídios para uma “poesia” infantil para ser recitada nas festas de fim de ano do pré, jardim de infância, 1º ano do primário, etc.).

-“Para rever o meu amor,
Irei até os cafundó”,
Disse o galo conquistador
Falando da galinha carijó.

Constatação V (Subsídios para um recitativo do torcedor, cujo time acabou de levar uma tunda, mas sem perder a esperança de dias melhores).

-“Você viu os gols de placa
Que fizeram no nosso time.
Os outros estão com a macaca
Mas não nos subestime”.

Constatação VI (Subsídios para quem quer recitar reminiscências).

Certa vez a seleção brasileira
Discutiu sobre o valor do bicho.
Sem dúvida, uma grande asneira
E o fato deu o maior “bochicho”.

Constatação VII (Subsídios para histórias de bichos, mas não tão infantis).

No bosque,
Perto do quiosque,
Languidamente a cobra
Disse pro seu galã:
“Vê se você se desdobra
Pra comer aquela maçã
E em mim se enrosque”.

Constatação VIII

Existem certas mulheres quando seus maridos ascendem a altos cargos públicos, se arvoram no direito de co-gestão, apenas, por serem as esposas do chefão. Por outro lado (qual lado ?), com a entrada das mulheres no mercado de trabalho, a figura do gigolô, que estava em baixa, por causa da liberalização feminina, voltou à cena. Também por causa da mentalidade de “tirar proveito em tudo”. O que tem de mulher sustentando marmanjo por aí, não tá escrito em nenhum gibi...

Constatação IX

Em certos países, não é mais “querer é poder”, mas sim Poder é querer...

Constatação X

A inútil televisão encurta o tempo útil da pessoa, colaborando para torná-la inútil.

Constatação XI

Quem escuta o programa de Geraldo Pioli, Domingo, às 9 horas da manhã, na Rádio Educativa de Curitiba, deve se encantar com esse universo, ainda pouco conhecido, da música latino-americana. É na música latino-americana que vamos encontrar, por exemplo, o boliviano Ernesto Cavour, “El maestro del charango”, tocando “El vuelo del colibri” (picaflor), quando se tem a perfeita sensação de estar vendo o beija-flor, no seu vôo magistral. Algo semelhante ocorre quando a gente escuta o “Vôo da abelha” do autor russo Rimsky Korsakoff. Ainda bem que a globalização não conseguiu, pelo menos por enquanto, deturpar a música de todos os povos.

Constatação XII

Depois que o meu Paraná ficou em primeiro lugar durante a Copa, eu resolvi não tirar sarro dos meus amigos que torcem por outros times. Acho que, tal atitude, seria uma grande covardia e uma grossa patinagem* ou uma tremenda sacaria**.
*Patinagem = patifaria + sacanagem.
**Sacaria = sacanagem + patifaria.

Constatação XIII (De conselhos úteis. Antecipadamente, de nada!).

Da crise
Não corra.
Não adianta.
Eu entendo
Que ela é reprise
E, qual gangorra,
Vai e vem
Que só vendo.
E, pela nossa garganta,
Vai descendo
Mais esse sapo,
Com ou sem papo,
Também.
Mas, nem por isso,
Ou, por causa disso,
Nunca diga
Pra esses governantes,
Duma figa,
Tão inconstantes,
Amem.

Constatação XIV

Quando dá corrida para um banco, por parte de seus depositantes, diante de uma notícia que um banco vai quebrar, o banqueiro não precisa sair em desabalada carreira. O seu – dele - está sempre garantido.

Constatação XV (Teoria da relatividade para principiantes em certos países).

É muito melhor, muito mais seguro você, como pedestre, atravessar a esquina mesmo com o sinal fechado, mas que não tenha nenhum carro à vista, do que você atravessar com o sinal aberto para você, mas com carros vindo.

Constatação XVI

Quem sofre de soluço não consegue passar despercebido.

Constatação XVII (Via pseudo-haicai).

Um “trombadaço”
A chuva. Estragou
A pintura do palhaço.

Constatação XVIII

E como dizia aquele sujeito que volta e meia tomava umas e outras: -“O meu fígado é o meu tendão de Aquiles”.

Constatação XIX

Não se deve confundir a atriz de cinema Jeannette Mac Donald, que formava um par romântico, na década de quarenta, com o ator e cantor Nelson Eddy, com a multinacional McDonald’s, a dos lanches rápidos, até porque cada uma delas representa épocas e fatos distintos.

Constatação XX (Ah, esse nosso vernáculo, passível de mal entendido).

Sexo em demasia deixa o cara depauperado.

Constatação XXI

A semelhança entre este assim chamado escriba e o Rubinho Barichello é que nós nunca ganhamos; ele, o 1º lugar na Fórmula I; eu, na sena. A diferença, é que o que ele ganha, anualmente, corresponde a uma sena ou mais...

Constatação XXII (De razões e proporções matemáticas).

O som alto do rock pauleira, às duas da manhã, do vizinho, está para a tua neurose, assim como o silêncio ou o cantar dos pássaros na natureza está para a neurose de quem escuta o rock pauleira.

Constatação XXIII

Rico tenta e consegue postergar as dívidas; pobre, tenta, inutilmente, postergar o Seproc.

Constatação XXIV ( De cartaz afixado, passível de mal entendido).

“É proibido jogar lixo neste terreno”.

Constatação XXV (De conselho útil específico para um sono mais tranqüilo).

Se você herdou fortuna de antepassado, senhor de escravos, não meta panca de nenhuma espécie. De aristocrata, então, nem falar. Na realidade, o que você deveria fazer é procurar os descendentes dos escravos dos teus antepassados e repartir, senão toda, pelo menos, uma parte da tua fortuna com eles. A rigor, você estará resgatando uma dívida da qual, mesmo que não tenha tido a tua interferência, você está usufruindo dos benefícios auferidos, através dessa página vergonhosa da história na formação da fortuna da tua respeitável família. Com toda a certeza, mesmo que você esteja pensando “pois sim”, “eu, hein” e coisas do gênero, garanto que você – se efetivamente não é um fdepê – passará a dormir melhor, sem sobressaltos e por aí afora. De nada!

Constatação XXVI

Não se deve confundir hesitante com excitante, muito embora exista gente que fica hesitante diante de algo excitante. A recíproca, neste caso específico, dificilmente é verdadeira.

Constatação XXVII

Disse um velhinho pro outro:
-“Você viu aquela propaganda, na qual a moça tira a parte de cima do seu biquini e mostra os seios ?”
-“Não, não vi. E acho que você andou vendo demais. Não terá sido a tua imaginação ?”
-“Se fosse a minha imaginação, não teria sido só a parte de cima”.

Constatação XXVIII

Em certos países, brinca-se de faz-de-conta: as crianças, fabulando; os adultos, eleitores, que os candidatos vão resolver os problemas do país e não os deles próprios; os candidatos eleitos, brincam de fazer-de-conta que vão resolver os problemas do país e não os deles próprios. E viva “nóis” e viva certos países...

Constatação XXIX

Rico é importante; pobre, é irrelevante.

Constatação XXX

Vejam só: O “guru” Millôr Fernandes sempre se intitulou “um escritor sem estilo” e Rumorejando sempre se inspirou no estilo dele.

DÚVIDAS CRUCIAIS

Dúvida I

Foi o Stacho,
Meio borracho,
Que deu uma de macho
E, não falando baixo,
Deu, na mulher, um esculacho
Querendo fazer dela capacho ?

Dúvida II

Quando a senhora circunspecta cruza na rua com o ator que está fazendo o papel de vilão, na novela do horário nobre, ameaçando bater no coitado com a sombrinha se ele não mudar de comportamento, pois “onde já se viu tratar Fulana e Beltrano daquela maneira”, ela está querendo fazer justiça com a própria sombrinha, digo com as próprias mãos ? E isso tudo quer dizer que ela não confia no autor da novela, na Justiça, ou em quê ?

Dúvida III

O que será que os governantes pensam – se é que pensam – quando se dão conta – se é que se dão conta – das filas de cinqüenta mil pessoas que se formaram, em apenas um dia, para disputar uma das 10 mil vagas abertas pela Força Sindical e pela Prefeitura de São Paulo que promete um salário mínimo mensal e uma cesta básica por um período de seis meses ?

Dúvida IV

Será que, com tanta CPI,
O visado não realiza,
Não se dá conta
Que, dele, ficamos aqui
Com uma baita ojeriza,
Com nojo, em grande monta ?

Dúvida V (Depois do começo do século).

Quando a gente se dá conta o quanto nós fomos espoliados pelos portugueses, eu não sei se, ao invés dos 500 anos do descobrimento do Brasil, não seria bem melhor ter comemorado os 500 anos de “La Pietá” de Michelangelo. Afinal de contas, também se tratou de 500 anos...

Dúvida VI

Você, leitor,
Também
Se sente
Perdido
No deserto
Como alguém
Com dor
De dente,
Fud, digo ardido,
Que sofre,
Diante
Do cofre
Aberto
Pros banqueiros
Tão ligeiros ?

Dúvida VII

Precisou de sais,
O noivo,
Na noite dos esponsais?

Dúvida VIII

Necessito do seu préstimo:
Será que daria para me fazer
Um razoável empréstimo
Sem que eu precise devolver ?

Dúvida IX (Via pseudo-haicai).

De ver gente famosa,
Deliciam-se os telespectadores,
Numa cena escabrosa ?

Dúvida X (tipicamente latino-americana).

Era do Palácio da Liberdade que as ordens eram emanadas para se prender, trancafiar, torturar e matar ?

Dúvida XI (Via pseudo-haicai).

Tem certeza ?
Sexo grupal
Com sutileza ?

Dúvida XII (Via pseudo-haicai).

Deu o maior escarcéu
Na sua barriga.
Dúzia e meia de pastel ?

Dúvida XIII

Qual presidente e de quê ou de onde que também está tirando proveito em tudo ?

Dúvida XIV
Sei, não:
Filé mignon
Com molho de camarão ?
Sei, não...

www.rimasprimas.com.br
E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br

Nenhum comentário: