quinta-feira, 30 de setembro de 2010

RUMOREJANDO


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I

Não sei
Pra que ficar
Carente
Se eu jamais
Deixei
De te amar
Desde o nascente,
Até o poente
E ainda mais...

Constatação II (Via pseudo-haicai).

Solitário, rememoro:
Você já não é mais
O porto onde ancoro.

Constatação III (Teoria da relatividade para principiantes).

O falecido ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, afirmou que a corrupção na sua administração foi inferior às das administrações passadas...
Quanto ao fato de ter havido no seu governo corrupção, em termos absolutos, S. Excia. nada comentou.

Constatação IV

“O meu time de futebol adentrou ao gramado, jogando de salto alto”, comentou o torcedor, chateado com a tunda que o seu time havia levado. “Parecia um time de ninfas: nereidas, driadas, oréadas , napéias e oceânides. Só faltou, ao invés do uniforme do time, véus diáfanos de tule cor-de-rosa, pô!”

Constatação V

Não se deve confundir gancho com gaúcho, muito embora tenha gente que escreva o ene e o u, manuscrito, da mesma maneira. Só que, como é por demais sabido, ao contrário do idioma polonês e salvo erro ou omissão, não se coloca acento em consoante, na língua portuguesa. E, depois, também existe o sentido do texto, da frase, da oração, etc. Daí, faz favor de caprichar, viu !

Constatação VI (Via pseudo-haicai).

Sorumbático, aguardo
Passar os dias
Do resguardo.

Constatação VII (Via pseudo-haicai).

Obnubilado, permaneço
Enquanto penso
Que nunca mais te esqueço.

Constatação VIII

Obumbrado,
No trono
Fiquei sentado.
Saí de lá com sono
E extenuado.

Constatação IX (Via pseudo-haicai).

Obsedante,
Aguardo ao menos
Um olhar, por um instante.

Constatação X
Obliterado,
Me sinto
“Desamado”.

Constatação XI

Absorto
No noticiário,
Fico meio torto
Com tanto
Obituário,
Mas já sem espanto...

Constatação XII

Amanhece.
Após essa noite,
Vê se me esquece...

Constatação XIII

Não durma,
Amor.
A turma
Vai rir
De mim
Se você
Dormir
Assim
Pelada
Sem cobertor,
Sem eu ter feito nada.

Constatação XIV

Rico sofre de cefaléia; pobre, de dor de cabeça. (A cefaléia dos ricos, evidentemente, não é por causa dos pobres...).

Constatação XV

Não se deve confundir abjeto com objeto, até porque fazer de um homem ou de um mulher um objeto é um ato abjeto.

Constatação XVI (Subsídios par ser declamado em festa de fim de ano no pré, jardim de infância, dia dos namorados, etc.).

Pleno de alegria,
Uma canção
Pra leoa
O leão,
Como se fosse
Um tico-tico,
Assobia,
E não
Destoa.
E ela,
Toda doce,
Na janela,
Que nem rico,
Ri à-toa.

Constatação XVII (Subsídio para a canção do apostador do jogo do bicho).

Perdido por um, perdido por mil;
Se ganho algum, ganho um centil.

Constatação XVIII (Da rival, se reportando a sua arquiinimiga rival da televisão).

Pintou no pedaço
Aquela ofídia
Que, na mídia,
Ocupa todo o espaço.

Constatação XIX (Idem, idem a constatação anterior, mas com personagens masculinos, ou nem tanto).

Risonho
Se deu conta
Que o desempenho
De quem o afronta,
O rival,
Foi sem empenho,
Foi bisonho,
Foi banal.

Constatação XX

Hoje, eu quero homenagear
Coritiba e Atlético
Tradicionais
Rivais
Do meu Paraná.
O que é que há ?
Eles merecem.
Leitor amigo,
Não fique apoplético,
E raciocine comigo:
Certas atitudes,
Plena de virtudes,
Também
Acontecem.
Os adversários,
Por mais refratários,
Alguém
Tem que ajudar
A ganhar,
A triunfar,
Quando é o Estado
Que está sendo representado.
Porém,
Quando a porfia,
Seja de noite
Ou de dia,
É contra eles,
Nada de açoite,
Nem de trabuco.
Assim,
Como no truco,
Apenas, sarro deles
Tem que se tirar.
Para que a vida,
Tão chinfrim,
Tão sofrida,
Tão cheia de melancolia
Tenha um pouco de alegria,
Enfim.

Constatação XXI (E já que falamos no assunto).

Veja querida
Pra eu não morrer
Do coração
Para poder
Levar a vida
Sem sofrer
Seria bom
Que, duma vez,
Você aprendesse
A jogar
Um truco.
E, jamais esquecesse,
Pois, este mês
Quase fiquei
Maluco
Já que te carreguei,
Mais duma vez,
Nas costas.
Afora,
Que, com o casal maior,
Você pôs fora
Um três.
E, pior
Também o gato.
E os adversários,
Aqueles salafrários,
Me chamaram de pato.
Sobre tudo isso,
Tenho outras propostas
A te oferecer,
Pois não posso ficar
Assim omisso.

Se, você,
Assume comigo
Um compromisso
De não
Mais fazer,
Sinal com o umbigo,
Nem com a bun, digo,
Com o teu olhar
Pro mesmo lado.
Muito obrigado!

Constatação XXII

Pelo andar
Da carruagem,
Em Fulano*, votar
Será pura bobagem.
*Fica a critério do prezado leitor substituir Fulano por um nome não fictício. Como se pode depreender Rumorejando é uma coluna inteiramente democrática, pois dá oportunidade de livre escolha pelos seus leitores. Apenas acha que nomes reais existem tantos que não será fácil escolher somente um dentre tantos...

Constatação XXIII (Via pseudo-haicai, com linguajar dos jovens).

Pirraça
Da sogra
É “massa”.*
*Massa = Coisa legal, batuta.

Constatação XXIV (Via pseudo-haicai, com linguajar dos jovens).

Canalha ?
Agüentar
É “palha”.*
*Palha = Antônimo de “massa”.

Constatação XXV

Que embaraço!
Ela se evaporou
Sem deixar um traço
E me deixou
Com cara de palhaço.

DÚVIDAS CRUCIAIS.

Dúvida I (Via pseudo-haicai).

Insone, saudoso, revolvo:
Cadê tuas mãos, pernas
E coxas de polvo?

Dúvida II (Via pseudo-haicai).

Não decido e não resolvo:
Me ajunto, coabito, caso
Ou invisto num Volvo ?

Dúvida III

Será que algum dia vai acabar, em nosso país, os “feudos” “nepotísmicos”, não só nos três poderes, mas também nas universidades, escolas, hospitais e outros tantos ? O prezado leitor já se deu conta de quantos pais seguram, garantem, asseguram, etc. as vagas para os filhos médicos, advogados e por aí afora, nos diversos órgãos públicos ?

Dúvida IV

Será que, nos dias de hoje, ainda existe respeito mútuo ?

Dúvida V

Que será que cavalo pensa quando o prêmio do hipismo ou da carreira só vai para o seu feliz e risonho dono ?

Dúvida VI

Depois daquele convívio,
A tão almejada separação
Foi um baita de um alívio.
Pois, pois; pois não ?

Dúvida VII

Cheio de anseio,
Circunvoleia
O “baleio”
Em torno da baleia ?

Dúvida VIII (Sonhar é preciso ?)

Será
Que o meu Paraná
Vai continuar
A surrar
Impiedosamente
Os times maiorais
Pra me deixar
Ainda mais
Contente ?

Dúvida IX (Via pseudo-haicai).

É muita consideração
Falar no celular
No meio da apresentação ?

Dúvida X

O Alaor*
Ripostou
Que seu amor
Degringolou ?
*Assim como você, caro leitor, eu não sei quem é o Alaor. Ele apareceu só para não precisar rimar amor com flor ou dor, como se costuma deparar por aí. Muito obrigado pela sua inestimável compreensão.

Dúvida XI (Via pseudo-haicai).

É muito estranho
Alguém pescar peixe
De pouco tamanho ?

Dúvida XII (Via pseudo-haicai).

É muita ousadia
Namorar casada
De dia ?

Dúvida XIII (Via pseudo-haicai).

É muita cara de pau
Certo político
Falar em moral ?

Dúvida XIV (Via pseudo-haicai).

É muito desplante
Pôr a cabeça*
Só um instante ?
*A pensar, é claro.

Dúvida XV (Via pseudo-haicai).

É muito pertinente
Comer torrada
Sem dente ?

Dúvida XVI (Via pseudo-haicai).

É muito provável
Que o Super-Homem
Seja vulnerável ?

Dúvida XVII (Via pseudo-haicai).

É muito arrojo
Hoje em dia, jóias
Fora do estojo ?

Dúvida XVIII (Via pseudo-haicai).

Há veracidade
Que o goleiro só come frango
Em Santa Felicidade ?

Dúvida XIX (Via pseudo-haicai).

É muita desfaçatez
Contar, em Portugal,
Piada de português ?

Dúvida XX (Via pseudo-haicai).

É muita sujeira
Tomar água
Na torneira ?

Dúvida XXI (Via pseudo-haicai).

É muito ousadia
Tomar banho, no frio,
Em água fria ?

Dúvida XXII (Via pseudo-haicai).

É falta de parcimônia
Ir passando a mão
Sem cerimônia ?

Dúvida XXIII (Via pseudo-haicai).

É muita indiscrição
Perguntar pela saúde
Da mulher do patrão ?

Dúvida XXIV (Via pseudo-haicai)

É muito recomendável
Agüentar um papo
Totalmente desagradável ?

Dúvida XXV (Via pseudo-haicai).

É muito importante
Numa conversa
Ser inconstante ?

Dúvida XXVI (Via pseudo-haicai).

É muito lisonjeiro
O BNDES financiar
Grupo estrangeiro ?

Dúvida XXVII (Via pseudo-haicai).

Só ganha
Na megasena
Quem faz manha ?

Dúvida XXVIII (Via pseudo-haicai).

É muita robustez
Levantar 200 quilos
Só numa vez ?

Dúvida XXIX (Via pseudo-haicai).

É muita burrice
Acreditar piamente
No disse-que-disse ?

Dúvida XXX (Via pseudo-haicai).

É muita crendice
Rezar o dia inteiro
Quando chega a velhice ?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br

Um comentário:

Marina da Silva disse...

Juca,
Passei a semana inteira, mascando, ops, ruminando, oops, meditando sobre a Constatação I do dia 23-09.
Eu adoro chicletes, mascar, fazer bolas, esticar o chiclete com os dedos e toda a porcariada que se pode fazer com um chiclete! Depois desta confissão, tenho 4.7 anos, será que ainda dá pra "nóis" trocar umas gominhas, ops, bolinhas, oops, idéias? kkkkAbç. Marina.
PS: a publicação de 03-10 tá show de "bola"!rsrsrs