quarta-feira, 20 de outubro de 2010

RUMOREJANDO


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.


Constatação I

Não se pode confundir light com diet, muito embora, foneticamente, rimem entre si. No entanto, nem sempre, aquilo que eles se propõe a ser, baixas calorias, ausência de produtos químicos, etc., venha a ser a mais pura expressão da verdade.

Constatação II (Concomitantemente de aplicados e vagabundos).

Trabalhou
Com afinco
E deixou
Tudo
Um brinco
Incluso,
Também,
A sala
De estudo
Mas de uso
De ninguém.

Constatação III

A garoa,
Que caía
À-toa,
Molhou
Seu nariz
Arrebitado.
Ele espirrou
E, como não assoou,
Parecia
Um chafariz.
Coitado!

Constatação IV

Todo o dia tem gente apreendendo (e alguns aprendendo...) uma “novidade”, em nosso país: Anões do Orçamento, Precatórios, Tribunal Superior do Trabalho, Camelôs, Salários Elevados de Castas, Mensalões federais, estaduais, municipais, judiciais, eclesiásticos e, e, e viva “nóis”.

Constatação V

O farfalhudo,*
Que, com o superior,
Se agacha,
Do outro goza,
Julgando-o inferior
E sempre acha
Que ta com tudo
E não ta prosa.
* Farfalhudo = Empolado.

Constatação VI (De diálogos acerbos).

Disse ele:
“Que saco!
Esse teu balacobaco.
Vá pentear macaco!”
Disse ela:
“Que paspalhão!
Esse parlapatão.
Vá lamber sabão!”

Constatação VII (De diálogos esclarecedores).

-“Fui traído”, disse o político
-“Por teus correligionários ?”
-“Não. Pela minha mulher”.
-“Ah, bom! Quero dizer, ah, ruim!”

Constatação VIII

“A castelã,
Má anfitriã,
Serviu à cortesã,

Do Tarzan,
Apenas romã,
Marzipã,
E maçã
Com avelã,
Pela manhã.
Refeição malsã !”

Constatação IX

Não se pode confundir permissividade com proximidade, muito embora, em alguns casos da segunda, acaba resultando na primeira. A recíproca, sem dúvida alguma, é passível de ser verdadeira.

Constatação X

Rico centraliza
O Poder;
Pobre, jamais realiza
O querer.

Constatação XI

Político não dá crédito às pesquisas de opinião pública. Exceto quando as ditas cujas lhe favorecem...

Constatação XII (Ah, esse nosso vernáculo).

A liminar, da preliminar privatização, será derrubada pelo luminar.

Constatação XIII

Enfrentar
O vestibular,
Estudando, ou sem estudar,
É um mal-estar,
Geral ou particular,
Prostibular.

Constatação XIV (Via pseudo-haicai).

Perdido no espaço,
Cansado, com sede e fome,
Duma estrela comi um pedaço.

Constatação XV (Via pseudo-haicai).

Caiu tal toró
Que transformou em lodo
Meu coração cheio de pó.

Constatação XVI

Não se pode confundir protelatório, que quer dizer “próprio para protelar”, com proletário, até porque, quando se quer acabar com o proletário, tornando-o classe média, por exemplo, aí sobrevêm ato protelatório, principalmente em certos países. Aliás, com a famigerada globalização está a se acabar com o proletário, através, isso sim, da sua “lenta e gradual” eliminação, conforme citado pela escritora francesa Viviane Forrester em seu livro O horror econômico.

Constatação XVII

Aquele político, quer me parecer,
Até os dentes arreganha
Na tentativa de fazer
Mais uma barganha...

Constatação XVIII

E como bronqueava, num triplo pseudo-haicai, aquele pai cioso dos seus deveres para seu filho nem tanto:
“Se você não se emenda
Serei obrigado
A te fazer uma reprimenda.
Pior, serei forçado
A cortar tua merenda.
Agora, não fique aí parado.
Quero que você aprenda”.

Constatação XIX

Não se deve confundir engalanar com enganar, muito embora tenha muito banco comercial por aí que costuma se engalanar com mármores, granitos e outros percais que só servem para enganar os incautos quanto a sua solidez.

Constatação XX (Nostálgica, via pseudo-haicai).

Tomar alguns mates
Aspirando o aroma das glicínias
Em penates*.
*Penates = A casa paterna.

Constatação XXI

Sem dizer nenhum ai,
Ele casou com a Marieta.
Pudera, atrás dele o pai
Com uma baita escopeta.

Constatação XXII

Rico pode vir a ser rei de algum país; pobre, pode vir a ser rei de certo país. Me refiro ao Rei Momo. Isso se ele for gordo. E, claro, neste caso por razões metabólicas, jamais por excesso de alimentação...

Constatação XXIII (De um velho assunto com novo vocabulário, via pseudo-haicai).

Comenta-se na minha rua
Que ela nasceu
Com o “tchan” voltado pra lua.

Constatação XXIV (Aparentemente paradoxal, via pseudo-haicai).

Se mostra uma sábia,
A que guarda silêncio.
Também, boa lábia.

Constatação XXV (De diálogos curtos e grossos, grossos. Ou, curtos e 2xgrossos).

-“Paiê. O que é desperdício ?”
-“Definir bem eu não sei. Mas é, por exemplo, eu levar tua mãe prum motel”...

Constatação XXVI (Passível de mal entendido, via pseudo-haicai).

Ovo-de-peru*, ela tinha,
Por todo o corpo
Inclusive no fim da espinha.
*Ovo-de-peru = Sarda.

Constatação XXVII (Subsídio, para ser recitado em festa infantil).

A galinha carijó
Comeu inteiro sozinha
O meu pão-de-ló
Que me ofertou a vizinha.

Constatação XXVIII (Subsídio, para ser recitado em festa não tão infantil).

De amor famélico,
Morreu.
Com olhar mefistofélico.
Foi o que a ela pareceu.

Constatação XXIX

Representou uma comédia,
Uma farsa. Iria decorar
A enciclopédia
Para o namorado impressionar.

Constatação XXX

Não se deve confundir comprido com comprimido, muito embora se você tomar um comprimido falsificado, como os que existem em certos países, você se arrisca de ficar de comprido com uma vela acesa ao lado...

Constatação XXXI (Ah, esse nosso vernáculo).

Com decoro, decorou com couro o palco para a apresentação do coro.

Constatação XXXII (Via pseudo-haicai).

Nua, colhia um lírio
A vizinha charmosa.
De longe, que martírio!

Constatação XXXIII (Via pseudo-haicai).

Afanou a boina
Dela.
O estroina.

Constatação XXXIV

A constatação, depois,
Foi traumática:
Errei quanto é 2+2
Na prova de matemática.

Constatação XXXV

Rico, um ou outro, é comedido; pobre, não tem outra alternativa.

Constatação XXXVI

Não se deve confundir confissão com confusão, até porque, dependendo da confissão que você fizer – por exemplo, a tua mulher – você poderá ocasionar a maior confusão da paróquia.

Constatação XXXVII

E também não se deve confundir estabelecimento com restabelecimento, muito embora exista estabelecimento hospitalar, onde se verifica, tantas vezes – isso quando não ocorre infecção hospitalar –, pronto restabelecimento.

Constatação XXXVIII (De diálogo, via pseudo-haicai).

-“De conta, ela fazia
Que obedecia
A hierarquia”.
-“Não era de conta,
Então.
Era de faz-de-conta”.


Constatação XXXIX

Deu na mídia: “Vinte e nove países apresentam níveis alarmantes de fome e mais de 1 bilhão de pessoas não tinham o que comer em 2009, de acordo com um novo relatório mundial sobre a situação no mundo todo”. Ta na hora, e já passou muito da hora, dos ricos (países, pessoas físicas e jurídicas, etc.) começarem a repartir as suas riquezas.

Constatação XL

E já que temos falado no assunto, também deu na mídia: “Acompanhado de cerca de 50 crianças, o meia-atacante Lionel Messi inaugurou recentemente um salão de jogos no setor infantil do Hospital Universitário Vall d'Hebron, em Barcelona. O parque, com 324 metros quadrados, foi batizado com o nome de Fundação Leo Messi. Segundo o argentino, ele se deu conta de sua responsabilidade social como ídolo após uma visita ao hospital”. “- Entendi a dimensão especial de uma figura pública. (Com esse parque) eles conseguem ter mais gana de seguir lutando contra suas enfermidades e continuarem perseguindo seus sonhos. É uma alegria especial para eles - afirmou Messi durante a inauguração”.

DÚVIDAS CRUCIAIS

Dúvida I

É verdade ou é falso que, em certos países, nascem crianças por causa de remédios falsos ?

Dúvida II

Ele ficou caceteado por ter levado uns cacetes da mulher ?

Dúvida III (Ah, esse nosso vernáculo).

Tem pessoas que tem problemas de psolte* nos psoas** ?
*Psolte = “Patol. Inflamação do psoas”.
*Psoas = “Anat. Designação de dois músculos abdominais que se estendem pela parte anterior das vértebras”.

Dúvida IV

O devoto era ruim de voto ?

Dúvida V

Tenho que levar em conta que ela não vai se dar conta que erra nas contas ?

Dúvida VI (Via pseudo-haicai).

A carroça
Ficou na frente dos bois ?
Ou é pura troça ?

Dúvida VII

Imposto,
Imposto
Pelo candidato,
Que nada teme
Em seu desiderato
Já em campanha,
Pra pobreza,
Tem certeza
Que não será,
Que não redundará
Numa tamanha
Duma eme ?

Dúvida VIII

Será que de linho, o pão,
À semelhança de uma roupa de linho,
Só deve ser usado num escaldante verão ?

Dúvida IX

Será que a fusão entre a Brahma e a Antartica foi alguma imitação de algo que talvez já exista e ninguém sabe entre a Coca Cola e a Pepsi, cujas brigas pelo mercado são apenas para inglês e outros incautos verem ?

Dúvida X (Via pseudo-haicai).

O ladrão
É uma espécie
De artesão ?

Dúvida XI

Por que será
Que dá
Lombeira,
Soneira,
Molanqueira,
Segunda-feira ?

Dúvida XII

A intriga,
Tá sempre acabando
Em briga
Ou dá pra ir empurrando
Com a barriga ?

Dúvida XIII

Foi o bicho preguiça que se espreguiçou na espreguiçadeira ?

Dúvida XIV

Afinal, o meu Paraná, certa vez, deixou escapar o campeonato com aqueles 2X0 e depois 2X2, contra o Coritiba, das mãos ou dos pés ? E será que foi por causa de tantos dois naqueles jogos que ele caiu pra segundona, onde depois retornou e, se não cair pra terceirona, vai continuar ?

Dúvida XV

Por que será que mulher, ao volante, tem paixão, fixação, adoração por buzina ? Cartas ao blog. Obrigado.

Dúvida XVI

Será alguém já pensou em colocar uma ratoeira dentro do jarro pra ninguém pôr a mão no dito cujo ? E será que os argentinos, por causa da rivalidade com o nosso país, chamam o ladrão de “raton”, já que nós chamamos o dito cujo de gato?

Dúvida XVII

Por que será que uma erva de chimarrão, vendida no comércio, quando está excelente e a turma começa a adotá-la, imediatamente, a qualidade cai vertiginosamente e o preço sobe? Cartas ao blog. Obrigado.

Dúvida XVIII

Com os restaurantes, pelo menos em Curitiba, acontece o mesmo. Alguém já se deu conta?

Dúvida XIX

O homem feliz não tinha camisa. Homem feliz ?

Dúvida XX

Será que alguém – maldosamente, diga-se de passagem – duvida que Rumorejando, desde já, deseja a todos os seus leitores um Feliz Natal e um próspero Ano de 2011 ? E nos próximos anos também?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br














Nenhum comentário: