quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

RUMOREJANDO


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES

Constatação I

O otário que acha que está passando para trás o vigarista, como por exemplo no conto do pacote ou do bilhete premiado, é PhD em duas matérias na sua – dele – mal freqüentada escola da vida: em burrice e em mau caratismo.

Constatação II (Penalizada).

Ela
Não me deu
Trela
E se escafedeu.

Constatação III

O obcecado cantava sempre a própria mulher. Não que fosse romântico para com ela. Era para sempre estar em forma.

Constatação IV

E como “poetava” o vigarista:
“Com ou sem roteiro
É um sacerdócio
Ganhar dinheiro
Em qualquer negócio”.

Constatação V

Em certos países, não partícipes de uma guerra declarada, matar passou a ser uma coisa corriqueira.

Constatação VI (Passível de mal entendido, via pseudo haicai).

Como é assaz sabido,
Ele é magricela
Por ser malcomido *.
*Malcomido = “Que se alimenta mal”.

Constatação VII (De diálogos tipicamente femininos).

-“Maria! Você tem visto a Claudia ?”
-“Não e nem quero. A Claudia não serve pra nada. Nem ao menos para fazer fofoca”.

Constatação VIII

E como poetava o conquistador para a super gatona:
“Não é estorvo
Nem produz dor
Do teu amor*
Obter um sorvo”.
Respondia a super gatona para o conquistador:
“Parto da seguinte premissa:
“Você, sim, que é um estorvo
E é semelhante ao corvo,
Voando sobre a carniça”.
* Perdão, leitores, em nome do conquistador, rimar, mais uma vez, dor com amor. Afinal, nenhum conquistador é de ferro.

Constatação IX

Tem certo porta-voz de presidente da República que, pela sua pinta, deveria usar o pronome vós. Vós sois da mesma opinião ? Qual é vossa opinião a respeito, prezados leitores ?

Constatação X

Rico derrapa, por excesso de velocidade, com seu carro; pobre, derrapa na rua do seu bairro, a pé, no barro.

Constatação XI (Via triplo pseudo haicai).

O debochado
Faz inimigos
Por atacado;
O comportado,
Faz amigos
No gaguejado.
E o cordato,
É um despersonalizado
De fato.

Constatação XII

Ser professor
É um sacerdócio
Tem que supor
Que não há beócio.
Agora, ser doutor
Já é bom negócio.

Constatação XIII

Não se pode confundir galgo com galo, até porque você nunca viu ou ouviu um galgo fazer cocoricocó, nem algum galo fazer au-au. (Perdão, leitores).

Constatação XIV

E não se pode confundir marcha com Marcia, até porque, dependendo da idade que você tenha, você não presenciou, em 1964, a Marcia da Família com Deus pela Liberdade e sim a Marcha da Família, etc.

Constatação XV

E também não se pode confundir Eros que em psicanálise é o “princípio de ação, símbolo do desejo, cuja energia é a libido” com erros, até porque por causa do primeiro o sujeito comete o segundo, cantando mulher do amigo, a gatona, nossa vizinha que nem deu bola e assim por diante.

Constatação XVI

E ainda não se pode confundir previdência com presidência, muito embora quando o nosso presidente afirmou, dia desses, que “o Brasil precisa de uma nova Previdência”, muita gente já tinha opinião diversa, achando que “o Brasil precisaria de uma nova Presidência”.

Constatação XVII (Via pseudo haicai).

Apenas um retalho
De teu amor
E pior: um rebotalho*.
* substantivo masculino
1.o que sobra depois de escolhido e retirado o melhor e o mais aproveitável; refugo
2.Derivação: por extensão de sentido; qualquer coisa inútil e sem valor
3.Derivação: por analogia; fragmento diminuto de alimento; pedacinho, migalha
4.Derivação: por metáfora; pessoa sem categoria social; escória da sociedade; ralé, rebute (Houaiss).

Constatação XVIII

Rico é robusto; pobre, balofo.

Constatação XIX
Pelo andar
Da carruagem,
Vem por aí
Uma nova CPI
Pra detectar
Velha sacanagem.

Constatação XX

Deu na mídia: "O prédio no qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem apartamento, na Avenida Prestes Maia, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, foi alvo de quatro assaltantes". Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha tal fato como uma falta de respeito para com o nosso presidente... Aonde que já se viu?! Ainda mais com tanto outros lugares para assaltar...

Constatação XXI

Não se pode confundir ralou com ralhou, muito embora o cara se ralou quando a mulher ralhou com ele, ameaçando fazer a trouxa e se arrancar para a casa da mãe por ele ter voltado de madrugada para casa, com desculpas rotas e esfarrapadas, emanando vapores etílicos, misturado com perfume barato. Coitado! Coitada! Coitado?

Constatação XXII (De uma dúvida crucial).

Se confeiteiro faz tortas então quem faz confete não deveria se chamado de torteiro? Comentários no blog. Obrigado.

Constatação XXIII

Não se pode confundir nímia* com múmia até porque, em alguns casos chamar certas pessoas de múmia é um exagero e, em outros, é um epíteto assaz moderado.
*nímia = "adjetivo
que superabunda, demasiado, sobejo" (Houaiss),

Constatação XXIV

Quando o obcecado convencido leu no livro, que se reportou à “Teoria da Relatividade para principiantes”, de que era muito melhor ter um ato falho do que uma falha no ato comentou estufando o peito: “Modéstia a parte, mas” não tem nada a ver comigo”.

Constatação XXV

Tá na hora de haver mais segurança, de modo geral – Brasil, incluso ou principalmente – e para quem trabalha em minas de qualquer natureza, em particular.

Constatação XXVI

Deu na mídia: “Pelo menos 11,2 milhões de brasileiros passavam fome ou estavam sob risco iminente de não poder comer por falta de dinheiro, aponta o IBGE no estudo Segurança Alimentar, com dados de 2009”. A mídia deve ter esquecido de acrescentar: “Viva ‘nóis’ todos”.

Constatação XXVII

Deu na mídia, mais precisamente no jornal ‘Daily Mail’, que “a atriz Jennifer Aniston foi fotografada de biquíni no México” e que, segundo o periódico, “ela já tinha usado o mesmo biquíni ano passado”. Cáspite! Taí uma notícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade!

Constatação XXVIII (De diálogos esclarecedores).

-“Estou me separando de minha mulher”.
-“Depois de viverem juntos durante tanto tempo. Por quê?”
-“Por causa da cachorra. Ela parou de sacudir o rabo quando eu entro em casa meio tarde. E eu acho que ela tomou o partido da minha mulher que fica me dando bronca”.
-“Só por isso? Não é por causa da bronca?"
-“Não. Com a bronca eu já estou acostumado. Mas a falta de demonstração de alegria da cachorra eu acho insuportável. Isso nunca me aconteceu antes”.
-“Ah bom! Quer dizer, ah ruim, quer dizer...

Constatação XXIX

Deu na mídia: “O ministro Guido Mantega propôs mudar o cálculo do índice de inflação, retirando alimentos e combustíveis”. Data vênia, como diria nossos juristas, mas Rumorejando fica numa dúvida crucial: Se S. Excia., eventualmente, estivesse com febre alta ou com hipertensão fora do almejado será que ele mudaria os instrumentos de medição? Se alguém souber, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Constatação XXX

Deu na mídia: “Air France culpa Airbus pela queda ocorrida no vôo 447 entre o Rio de Janeiro e Paris, provocando a morte de 228 pessoas”. Esse acidente faz lembrar o ocorrido com o de Congonhas em que o avião não conseguiu parar. Falha mecânica. Na época culparam o piloto. Este tinha muitas horas de vôo. Dificilmente poderia haver falha humana. E assim caminha a Humanidade. Filhadapu...mente.

DÚVIDAS CRUCIAIS (VIA PSEUDO-HAICAI).

Dúvida I

É muita devassidão
Cantar a colega da mini minissaia
Lá da repartição ?

Dúvida II

É muita cortesia
Oferecer pra gatona carona
Quando a temperatura esfria ?

Dúvida III

É muita similitude,
Em cada nova legislatura,
Ver sempre a mesma atitude ?

Dúvida IV

É muita subserviência
Dizer que o parco aumento
Não foi uma indecência ?

Dúvida V

É muita piedade
Perdoar os inimigos,
Crendo na imortalidade ?

Dúvida VI

É muito “progresso”
Conseguir a “ordem”
Na base do excesso ?

Dúvida VII

É muita garganteada
O político dizer: “Eu farei. Pois,
Até hoje, ninguém fez nada” ?

Dúvida VIII

É muito natural
O aumento do imposto de renda
Sem o respectivo salarial ?

Dúvida IX

É muito perdoável
Ser atendido na repartição
De modo pouco afável ?

Dúvida X

É muita sabedoria
O político achar que nos engana
Todo o santo dia ?

Dúvida XI

É muita permissividade
Deixar os filhos menores
Ver, na TV, tanta maldade ?

Dúvida XII

É muita ingenuidade
Crer que o banco te empresta
Por uma questão de generosidade ?

Dúvida XIII

É muita irrealidade
Crer que o ar puro do campo
É igual ao da cidade ?

Dúvida XIV

É muita inconsciência
Achar que o cônjuge corneou
Por uma questão de carência ?

Dúvida XV

É muita enganação
Usar a palavra “povo”
Em época de eleição ?

Dúvida XVI

É muita caduquice,
Volta e meia, se perguntar:
O que foi mesmo que ela disse ?”

Dúvida XVII

Por que será que somente os números um e dois têm feminino (uma e duas) e não se pode dizer, como por exemplo, “quatra” ou “cinca” para os números quatro e cinco? Quem souber a razão, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Dúvida XVIII

Será que o jogador Christiano Ronaldo ainda vai meter panca depois dos 5 X 0 que o Real Madrid tomou do Barcelona?


Dúvida XIX (Do obcecado que pediu a Rumorejando que o seu nome não fosse divulgado).

Você, prezado leitor, gostaria de morar na cidade de Balbinos, no interior de São Paulo, onde o IBGE constatou que mais de 82% da população é constituída por homens?

Dúvida XX

Foi o político, que estava envolvido com esquemas de podridão no seu governo, que disse que o nosso país está amadurecendo muito depressa?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br

3 comentários:

João Victor Araripe disse...

MUITO BOM ! Adorei o seu blog ! Visite o meu blog sobre tênis e retribua o comentário ! : breakpointbrasil.blogspot.com/ - SIGA MEU BLOG E MEU TWITTER, que eu sigo o seu de volta ! Também tenho twitter @breakpointbr, caso queria seguir.

Obrigado !

Juca disse...

Prezado João Victor.
Obrigado pelo seu comentário. O único tênis que eu joguei na minha vida foi o de mesa. Quanto ao tênis de campo, torço pelas irmãs americanas. A Sharapova e demais russas aprecio quando se apresentam - não na quadra, é claro - totalmente nuas. Aliás, não sigo as partidas.

DJALMA FILHO (twitter @djalmafilho68) disse...

Amigo Juca. Gostaria de vê-lo na sexta lá no Lucca Café da Rua Pres. Taunay, das 16h às 19h30min.
Vc sabe que contamos mesmo com os amigos. Abraço