quarta-feira, 30 de março de 2011

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I (Passível de mal-entendido).

-“É da casa de aves ?”

-“É”.

-“Como é que o Sr. está de pinto aí ?”

Constatação II (Ah, esse nosso vernáculo).

Ele foi naquele baile ímpar e não conseguiu ninguém para formar par.

Constatação III

Ela falou:

“Mais,

Não posso.

Espero

Não te encontrar,

Nem cruzar,

Jamais.

Não quero”.

É. A nau

Do nosso

Preclaro

Amor

Que não atava

Nem desatava.

Encalhou

Num vau.

Aí, não andava

Nem a pau.

Claro

Não durou

Nem chegou

Ao meio ardor.

Foi a pique,

Não adiantou

Dizer:

“Fique!”

Gorou,

Afundou,

Soçobrou.

Que fazer ?

Constatação IV

Ávido

De paixão,

Me declarei

Àquela

Senhora.

Dela,

Levei

Um fora,

Um sabão:

“Seu grosso,

Seu cabotino”.

Fiquei

Impávido.

Não

O colosso,

Do hino.

Constatação V (Teste para sua empatia).

Se quem te conhece, não te esquece jamais e, diante disso, se, eventualmente, você se candidatasse a um cargo eletivo, você acha que seria eleito, não teria votos suficientes ou não receberia voto algum ? Agora veja, se você não obtiver voto algum – nem mesmo da tua mulher – tá na hora de você deixar de ser um grandessíssimo filho daquilo.

Constatação VI

Curriculum vitae é tudo aquilo que se coloca que a gente é, acrescido do que foi e mais do que quis ser.

Constatação VII (Ah, esse nosso vernáculo).

Sem a pílula dourar,

Doravante –

E, também, depois –

A Dora vai me adorar.

Avante,

Pois!

Constatação VIII

Não se pode confundir crebro, que quer dizer freqüente, amiudado, repetido, com cérebro, muito embora o nosso cérebro muitas vezes – crebro, portanto – dá umas constrangedoras pifadas. A recíproca, nesse primordial caso e salvo melhor juízo, já o meu cérebro não lembra se é ou não verdadeira.

Constatação IX

E, vejam, não se pode confundir trunfo com triunfo, até porque, muitas vezes, a gente pensa que tem um trunfo para conquistar um triunfo e acaba dando com os burros na água.

Constatação X

Cachorro, quando a moral está elevada, não levanta a cabeça. Levanta o rabo.

Constatação XI (De diálogos familiares).

-“Pai. A mãe quer saber qual fruta você vai querer ?”

-“Diga pra ela que eu vou querer ela”.

-“Ela disse que já está muito madura”.

-“Diga pra ela que o abacaxi, por exemplo, quanto mais maduro mais fácil de descascar”.

-“Ah, bom, quer dizer, ah, ruim, quer dizer ah, bom, mesmo...”

Constatação XII (De uma trovinha).

Se você é um sujeito

Extremamente cordato

Até os amigos do peito

Vão te achar um cara chato.

Constatação XIII (De diálogos familiares).

-“Pai, o que você quer ganhar de mim no Dia dos Pais ?

-“Mudança de comportamento. Apenas isso”.

Constatação XIV

Para melhorar a sua imagem,

O governo tem que se voltar

Para o esquecido social.

Isso é um sinal

Que até agora estava a olhar

Para a nefasta malandragem.

Que coragem!

Que cabeça de serragem!

Aliás, se a política social,

Que só favorece a elite dirigente,

Efetivamente,

Não mudar

É lógico que pode redundar

Em muita confusão,

Em muita altercação.

Aí arrisca não sobrar

– Não se trata de alarde –

Ninguém para semente.

Que Deus nos livre e guarde.

Constatação XV

Se cerca de 5% dos cursos de medicina, no nosso país, receberam do Ministério de Educação conceito “muito bom” – de 79 cursos, apenas 4 receberam aquele conceito –, quer dizer que 95% dos cursos estão formando médicos “meia boca”. Portanto, um viva a “nóis”, os pobres e enfermos pacientes desse pretenso país de se intitular do 1º Mundo...

Constatação XVI

O cara cheio de si é vazio.

Constatação XVII

E não se pode confundir imprestável com emprestável, muito embora haja muito segundo que pode ser considerado o primeiro e, como a recíproca é verdadeira, muito primeiro que pode ser considerado o segundo. Elementar, minha gente.

Constatação XVIII

E como dizia o obcecado: “Do pescoço para baixo, não existe mulher feia”.

Constatação XIX

Certa vez, o então General Alberto Cardoso, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República falou que “a forma de a sociedade participar do combate à violência é pressionando”. Rumorejando, humildemente, confessa que não sabe a quem ou o que se deve pressionar. Quem souber, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Constatação XX

Rico sofre dos nervos; pobre, é lelé da cuca, moleira, etc.

Constatação XXI

Numa outra vez, em um jogo-treino de preparação para a Serie A do Campeonato Italiano, o Torino aplicou uma goleada histórica de 32 a 0 sobre a equipe amadora da região italiana Valle d'Aosta. Se levarmos em conta que a bola rolou efetivamente 64 minutos, supondo que 26 minutos a bola ficou parada por cobrança de lateral, bola na linha de fundo, faltas, buscar a bola no fundo da rede, etc. ter-se-a (opa! Influência do “fi-lo porque qui-lo”) a média de um gol a cada 2 minutos. Supõe-se que, com esse desempenho, digno de figurar no Livro Guiness de Recordes, os jogadores do Valle d’Aosta efetuaram a partida com os pés amarrados, salvo o goleiro que também deve ter jogado com as mãos amarradas...
Constatação XXII

E como poetava o obcecado:

-“Ela fez beicinho

Porque eu me limitei

A só fazer carinho

E com ela não me deitei.

Constatação XXIII

Não se pode confundir possesso com processo, muito embora, dependendo do grau em que você ficou possesso, você poderá vir a responder um processo. A recíproca, nesses casos é verdadeira já que dificilmente alguém não vá ficar p. da vida, digo possesso ao vir a ter um processo.

Constatação XXIV (De conselhos úteis. Antecipadamente, “De nada!”).

Para que você nutra

Melhor o maridão,

Que não tem imaginação

E sempre usa a mesma posição,

Ofereça a ele um manual

Que não consta em jornal,

Nem no Diário Oficial.

Ofereça a ele o “Kama Sutra”.

Constatação XXV

À medida que o cara envelhece ele, sem se dar conta, vai ficando cada vez mais intolerável.

O que ele se dá conta, normalmente sem razão, é que os outros são intoleráveis.

Constatação XXVI

Deu na mídia, mais precisamente no site da Globo: “Fazíamos sexo 20 vezes por semana, diz Russell Brand sobre Katy Perry”. Este assim chamado escriba de Rumorejando não sabe quem são tais felizes e invejáveis personagens, mas acha a notícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade.

Constatação XXVII

Rumorejando recebeu do Amigo, escritor e ex-colega do Colégio Estadual do Paraná João Manoel Simões, cá de Curitiba, o seu último livro (Já são bem mais de cinqüenta) PENSAMENTOS – Extraídos do meu Diário Intemporal, onde constam Aforismos, Epigramas, Máximas, Sentenças & Afins. A título de informação, lá o leitor poderá encontrar algo como o que segue: “Houve homens grandes que parecem maiores, por causa do tamanho de suas estátuas ou da altura dos seus pedestais, nas praças públicas”. Obrigado, Simões e parabéns!

Constatação XXVIII

E como lucubrava o futebolista, obcecado e convencido, que nada tem a ver com os outros obcecados já retro-citados nos Rumorejando’s por aí afora: “A glória, que subiu a minha cabeça e se deve aos meus pés, indubitavelmente, foi também obra e graças de ter passado por outras partes do meu corpo”.

Constatação XXVIII

Quando o Seu Bode chegou tarde em casa levou da sua – dele – esposa, Da. Cabra, uma pu, digo, baita bronca que o deixou acabrunhado. Coitado!

Constatação XXIX

A vaidade humana é uma das matérias-prima dos colunistas sociais.

Constatação XXX

E já que falamos no assunto, todo vaidoso é um tolo, mas a recíproca não é necessariamente verdadeira.

Constatação XXXI

Quando porventura um navio estiver afundando, os ratos serão os primeiros a abandoná-lo. Quando uma ditadura estiver afundando, os travestidos de democratas – leia-se, dentre outros, os políticos, principalmente, que ascenderem a cargos públicos – serão os primeiros a abandonar a ética e a moral.

Constatação XXXII

Quando o obcecado leu na mídia que os japoneses criaram espermatozóide em laboratório, comentou tristonho: “Nós homens estamos cada vez mais sendo descartados para procriar. Ainda bem que há pessoas como eu, com o meu desempenho, que nunca serão descartadas”.

DÚVIDAS CRUCIAIS

Dúvida I

Por que será que um dia o jogador Athirson, na época do Flamengo, foi absolvido por ter tomado determinado medicamento, num exame anti-dopping, e o jogador do meu Paraná foi suspenso, na mesma época, por seis meses, tendo tomado o mesmo medicamento ? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Dúvida II

Tu também retomaste a condenável prática de atirar tomastes, digo tomates, nas autoridades ?

Dúvida III

Como será que seria a natureza e o mundo se ao invés da Lei do Mais Forte fosse à base da Lei do Mais Fraco ? E o capitalismo selvagem como será que ficaria?

Dúvida IV (Antecipadamente, perdão, leitores).

Será que é só a nossa urina,

Nos exames de laboratório,

Que tem o tom merencório*

De amarelo citrina ?

*Merencório = melancólico (Houaiss).

Dúvida V (Sonhar é preciso ?)

Seria supimpa

Em toda eleição

Votação limpa,

Sem corrupção.

Dúvida VI

Um raio relampejou;

Um trovão ribombou;

O céu negrejou:

Por que você me abandonou ?

Dúvida VII (Ficha Limpa?)

“Mão no jarro” em profusão,

Réu recebendo absolvição,

Réu recebendo indulto,

Réu ganhando eleição.

Quanta decepção!

Quanto insulto!

Pobre nação!

Até quando, meu irmão ?

Dúvida X

Desrespeitar,

Desdenhar,

Desconsiderar,

Xingar,

Mofar,

Injuriar,

Assobiar,

Insultar,

Aviltar,

Desprezar,

Ovos podres, atirar.

Heterônimos,

Homônimos

Sinônimos ?

Dúvida XI

A mercosulense uruguaia só escrevia artigos sobre Artigas ?

Dúvida XII

Tereza

Chorava

Sua tristeza.

Chorava

Ou gorgolejava* ?

Gorgolejar = “Produzir ruído semelhante ao gargarejo”.

Dúvida XIII

Na Argentina, os nossos “hermanos” chamam de “raton” quem rouba, surrupia, afana, põe a mão no jarro e coisas afins. Em nosso país, nas mesmas condições de pressão e temperatura, de gato. Dúvida crucial: Será que é por isso que existe certa animosidade entre nós e eles ou é por causa da rivalidade no futebol? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Em tempo: A fim de dirimir qualquer dúvida, crucial ou não, comunico, a quem interessar possa, que este assim chamado escriba não tem nada contra os hermanos. Em alguns aspectos, inclusive, muito antes pelo contrário.

DÚVIDAS CRUCIAIS VIA PSEUDO-HAICAIS.

Dúvida I

É muita frescura

Comer com garfo e faca

Uma baita rapadura ?

Dúvida II

É muita solidez

O banco pagar um juro

Altíssimo pro freguês ?

Dúvida III

Dentro do corpete

Ela escondeu o rímel

E um trompete ?

Dúvida IV

Eliminar a pletora

Dos ministérios e secretarias

Não chegaria em boa hora ?

Dúvida V

É ser muito renitente

Reagir ao labor repetitivo

Lá no batente ?

Dúvida VI

É ser muito fundamentalista

Trabalhar como pistoleiro e dizer:

“A gente tem que ser fatalista” ?

Dúvida VII

É muita pretensão

Achar que faz melhor

Que o teu patrão ?

Dúvida VIII

É muito discurso

Prometer um emprego

Sem necessidade de concurso ?

Dúvida IX

Em Roma como os romanos

Salvo erro, omissão

Ou enganos ?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br

www.rimasprimas.com.br

Nenhum comentário: