quarta-feira, 5 de outubro de 2011

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I (Lei da aceitação)
O grau de simpatia, de algumas pessoas, é diretamente proporcional a sua necessidade de ser aceita no meio em que vive e/ou ao seu ganho pecuniário e inversamente proporcional a sua escala hierárquica e/ou às ameaças da diminuição ou perda de seu patrimônio.

Constatação II (De conselhos úteis, rimados. Antecipadamente, de nada!)
Calma, minha criança.
Não perca a esperança.
Quem espera sempre alcança.
Algum dia virá a bonança.
Por ora, aplique na poupança.
Sabendo que sem tutu, você dança.
Talvez você fique com a semelhança
De algum ricaço, daqueles com pança,
Que cada vez que sobe na balança
Recebe dela uma lambança *.
Mas, se você está sem pujança,
Sem força, sem vigor, sem possança,
Arranje alguém para te dar uma fiança
E abra um banco aqui, ali ou na França.
Você já viu banqueiro sem vida mansa ?
* Lambança = “Bras. Censura, repreensão, recriminação” (Aurelião).

Constatação III (Ah, esse nosso vernáculo).
-“Você provou a torta que eu providenciei ?”
-“Eu a provei e não aprovei”.

Constatação IV
A noite morria
Lentamente
E o dia
Parecia
Que, imediatamente,
Nascia.
Sendo, assim,
Coitado de mim!
Tive que ir
À faina de rotina,
Sem dormir.
Triste sina!
E que trabalheira,
Que malho
O meu trabalho.
Até pareço,
E não mereço,
Ser a Gata Borralheira.
Do meu chefe,
Daquele toupeira,
O Dr. Junqueira,
Dr. Pereira,
Ou Dr. Silveira,
Já nem sei mais
E não vou aprender,
Nem vou saber
Seu nome, jamais.
Dele, tenho que escutar
Só besteira
E que, sem jogar
Pôquer ou truco,
Aquele caduco
Vive, eternamente,
Dando blefe.

Constatação V (De diálogos esclarecedores).
-“Eu passei cinco dias com ela”.
-“Com uma gata num hotel ?”
-“Não. Com uma tornozeleira que o meu ortopedista me recomendou”.
-“Ah, bom. Quer dizer, ah, ruim, quer dizer”...

Constatação VI
Ela era um prodígio,
Gozando de alto prestígio,
Pelo seu bumbum calipígio *
Que já provocou muito litígio.
* Calipígio = “Que tem belas nádegas”.

Constatação VII (De conselhos úteis. Mais uma vez, de nada!).
Não seja muito estabanado
Ao se agarrar no sofá da sala
Sem tomar o devido cuidado,
Para iniciar um prelúdio.
Alguém pode te flagrar
E querer te demonstrar
Agressivo e violento repúdio
Te obrigando a abrir o pala. *
* Abrir o pala = “Correr”.

Constatação VIII
Não se pode confundir poleiro com goleiro, muito embora tenha muito goleiro que, pelo elevado número de frangos que já tomou se viu obrigado a construir, em sua – dele – casa um poleiro para abrigar todas as mencionadas aves galináceas.

Constatação IX
E não se pode confundir rico com risco, muito embora, nos dias de hoje, em certos países, ser rico passou a ser uma condição de alto risco. A recíproca para esses distorcidos casos absolutamente não é verdadeira. No entanto, a condição de pobre, isto é, não rico, também representa, por si só, incomensurável risco...

Constatação X
Não quero que soldes
A nossa relação
Nos mesmos moldes
De empregado e patrão.

Constatação XI
E como dizia aquele incorrigível machista: “Eu nunca achei que os homens têm o cérebro mais desenvolvido que as mulheres. Data vênia, como diriam nossos juristas, eu só acho que é uma simples questão de grau de utilização. Só isso”.

Constatação XII
Ninguém é a perfeição que quer ser.
Muito menos àquela que quer parecer.

Constatação XIII
O pio agourento
Do murucututu*
Deixou o valente,
Por um momento,
Todo arrepiado,
Todo tremente,
Crente
Que era belzebu.
Coitado!
*Murucututu = “coruja da fam. dos estrigídeos (Pulsatrix perspicillata), que ocorre do México até o Paraguai, Argentina e grande parte do Brasil, em matas altas; com até 48 cm de comprimento, dorso marrom-escuro, face com desenho branco, peito com uma faixa parda e barriga branca ou amarelada” (Houaiss).

Constatação XIV
Deu na mídia: “O problema da Justiça não é dinheiro, não é falta de juiz nem de servidor, não é reforma processual. O problema, segundo Ali Mazloum, juiz há 20 anos, está na apatia da toga. O juiz, na primeira chance que tem de adiar, de empurrar a audiência, ele faz. Não muda a rotina dos processos porque não quer. Está acostumado a postular alterações legislativas, pedir mais orçamento, mais pessoal e instalação de mais varas. Grande equívoco". Data vênia, como diriam nossos juristas, juízes ou não, mas Rumorejando acha que o juiz Ali Mazloum daria um bom candidato à presidência da República. Desembargador é quase certo que ele nunca vai conseguir chegar porque é óbvio que, depois dessa, não vão deixar...

Constatação XV (Passível de mal-entendido).
Ele andava com uma medalha de salto alto.

Constatação XVI
“Que a mão esquerda não se preocupe com o que a direita está fazendo”. A frase não foi proferida por pastores que ficam pregando para que a caridade seja ética, ainda que não seja ético usar o nome de Jesus ao alegar que Ele não quer que as importâncias a ser doadas sejam irrisórias, como este assim chamado escriba teve o desgosto de escutar. Não se tratava nada disso. Era apenas o professor de percussão dizendo aos seus alunos a condição ‘sine qua non’ para quem pretendesse aprender tocar bateria.

Constatação XVII
Este assim chamado escriba nunca entendeu porque a mídia futebolística e os comentaristas consideram o resultado de futebol de 4 x 2 uma goleada e o resultado de 2 x 0 ou 3x1 não. A diferença de dois gols não é, em todos os casos igual a 2 ? Quem souber me explicar, essa dúvida crucial, por favor, comentários no blog. Obrigado!

Constatação XVIII
Deu na mídia: “A Catalunha, na região nordeste da Espanha, deu adeus domingo, 25 de setembro, à emblemática tradição do país de realizar touradas com um último embate na arena de Barcelona”. Estou começando a simpatizar com os espanhóis. Tenho dito!

Constatação XIX
Deu na mídia: “Segundo análise, reação do corpo à ingestão de água ou cerveja é semelhante; pesquisadores, porém, esclarecem que o consumo da bebida alcoólica deve ser em quantidade moderada”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando, por experiência própria, já havia chegado a essa conclusão a muito tempo. A população brasileira também...

Constatação XX
Quando esses ministros secretários, governadores, prefeitos, deputados, senadores, vereadores interferem de modo direto ou indireto para contratar os serviços públicos em empresas que pertencem as suas esposas, eles não deveriam pelo menos ter casado com separação de bens para não dar tanto na vista?

Constatação XXI (De um pseudo-soneto).

Rusgas amorosas ‘amantíferas’*.

Ele se sentiu pesaroso, arrependido,
Contrito de ter brigado com a namorada:
“Aquele dia aziago eu não deveria ter ido
E magoar tanto a minha querida e amada”.

Ela alegou que um ínfimo amor
Ela não aceitava por ser esmola.
Ele insistiu com muito ardor.
Ela: “Vê se não me amola”.

E aduziu com um ar de mofa, risonha
Porém num tom um tanto irritado:
“A tua performance tem sido bisonha”.

“Você está com os pagamentos em dia?
Tuas dívidas você tem liquidado?
Ou você voltou às boas com a tua Maria?”

*Amantífera = neologismo ‘juquiano’
que se refere a inocentes amantes.

Constatação XXII (De quase uma meia-dúzia de dúvidas cruciais).
Se a sobremesa Romeu e Julieta se refere a queijo com goiabada, Romeu e Marieta se refere a quê? E Romeu e Risoleta? E Alceu e Julieta? E Amadeu e Julieta?

Constatação XXIII (Décima para ser recitada em festa infantil).
Ganhei
Um pirulito
E quando levei
À boca
Ele deu um apito
Tanto me assustei
Com aquilo
Que achei:
Quem fabricou
Nem pensou
Naquilo.
Que cabeça oca!

Constatação XXIV
Jogador de futebol, dando entrevista na televisão depois do término da partida em que seu time foi derrotado: “Não podemos baixar a cabeça”.
Obcecado, que havia dado uma constrangedora pifada, assistindo a entrevista: “Nem eu”.

Constatação XXV
Rico ganha no jogo e no amor; pobre perde em tudo.

Constatação XXVI (Colaboração de Amanda Marfil).
Rico tem ato falho; pobre, pisa no tomate.

Constatação XXVII
A Constatação VI, de 21 de setembro, próximo passado, de uma dúvida crucial de que “O cara que fala muitas línguas é um linguarudo?” também é da Amanda Marfil. Rumorejando, ao omitir naquela ocasião, por estar no rol dos pobres, conforme a “Constatação XXVI”, pisou no tomate...

Constatação XXVIII (Passível de mal-entendido).
Ele embarcou em um paquete.

Constatação XXIX
Rico é cauteloso; pobre, imprudente.

Constatação XXX
Rico é encantador; pobre é carrancudo.

DÚVIDAS CRUCIAIS VIA PSEUDO-HAICAIS.

Dúvida I
É muita imaginação
Pensar que um rico quer
Dividir o pão ?

Dúvida II
Você não acha, meu rapaz,
Que ainda estamos na era
Do “rouba, mas tampouco faz” ?

Dúvida III
“Vide verso”.
Mas aí não fica
O inverso ?

Dúvida IV
Se você não limpa o pé no capacho,
Leva, igual a tantos por aí,
Da mulher, um esculacho ?

Dúvida V
É ser muito irredutível
Afirmar que o meu Paraná
É um time sofrível ?

Dúvida VI
É uma questão de destino
Que no final de um tango
Sempre morra um argentino ?

Dúvida VII
É muito extenuante
Receber visita da sogra
A cada instante ?

Dúvida VIII
É muito catastrófico
Se meter a emitir
Um conceito filosófico ?

Dúvida IX
É ser muito histérico
Dar um grito, assustado,
Diante do cobrador cadavérico ?

Dúvida X
É ingênua crença
Que os deputados
Terão assídua presença ?

Dúvida XI
Foi um grande mistério
Aqueles gemidos de prazer
De dentro do cemitério ?

Dúvida XII
A classificação para qualquer mundial,
De tantas e tantas incertezas,
Passou a ser, apenas, um ideal ?

Dúvida XIII
O Sr. Jader Barbalho
Tem passado ou dado
Muito trabalho ?

Dúvida XIV
Por tudo o que fez, a Suiça
Queria que o Sr. Paulo Salim Maluf
Passa-se a comer pão com lingüiça ?

Dúvida XV
Foi o famoso cientista, o químico
Que criou um remédio para emagrecer
E vivia fraco, debilitado, anímico?

Dúvida XVI
Participar de uma quermesse
E ganhar um beijo da patronesse
Sendo ela feia, você jamais esquece?

Dúvida XVII
Os crimes de colarinho branco e duro
Não são considerados pela Justiça
Algo abominável, algo impuro?

Dúvida XVIII
A marcha inexorável da caduquice
Nem sempre é prerrogativa
Da temida velhice?

Dúvida XIX
A drenagem linfática
Deixa as idéias
Estática?

Dúvida XX
Sempre escorrega da sua mão,
Quando você lê um livro de 800 páginas
O chamado pelos leitores de tijolão ?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprima.com.br

Nenhum comentário: