quarta-feira, 16 de novembro de 2011

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I
A leitura diária do jornal
E o noticiário da televisão
Só mostram uma Terra anormal
Como desde o tempo de Eva e Adão.

Constatação II
Foi um fato notório
Que a viúva, já no velório,
Lançou um olhar interrogatório
Para o seu chefe de escritório,
O tal de “seu” Osório,
E recebeu um ‘aqui não’ peremptório.

Constatação III (Ah, esse nosso vernáculo).
O matemático, de cabeça em ordem, determinante, resoluto, quis resolver o determinante, de terceira ordem, de cabeça.

Constatação IV
Alguns rituais agradáveis:
Preparar a cuia do chimarrão;
Descascar e tirar os fiapinhos de uma mimosa;
Procurar outros canais da TV quando começam certos programas execráveis;
Retribuir aos cachorros a festa que eles nos fazem quando chegamos em casa;
Não ouvir o noticiário;
Ler um bom livro;
Assistir o nascimento do dia;
Assistir um por de sol;
Participar de uma degustação de vinhos;
Assistir a publicidade inteligente como, por exemplo, das sandálias havaianas;
Escutar a E-paraná que anteriormente se chamava Rádio Educativa e, antes ainda Rádio Estadual e, no início Rádio do Colégio Estadual do Paraná;
Selecionar para ouvir música clássica no iTunes ou no AIMP2. (Deu na mídia, mais precisamente no Estadão: “Especialistas concluíram que qualquer música estimulante tocada antes de uma série de exercícios mentais torna você mais alerta e entusiasmado, então seu desempenho melhora);
Jogar, com bons jogadores, um truco, bebericando uma cervejinha porque ninguém é de ferro, ou aço, ou platina iridiada, ou ainda as ligas usadas pela NASA para os seus foguetes nas viagens interplanetárias;
Abrir os e-mail’s mormente quando não vem spam, tentativa de roubar a tua senha e tampouco vírus, estes disfarçados que você ganhou 1 milhão de dólares e coisas desse jaez;
Acompanhar o crescimento de filhos e netos;
Curtir um sorvete de boa qualidade no curto verão curitibano;
Enunciar e/ou escutar ao longo de uma relação, numa escala, digamos, progressiva: “te amo”, “te adoro”, “te venero”.
Tirar a roupa, principalmente a calcinha de uma mulher (colaboração do obcecado, a quem Rumorejando agradece pela prestimosa participação).

Constatação V
Não se pode confundir déspota esclarecido com déspota esclerosado, muito embora o déspota esclerosado sempre age como déspota esclarecido e o déspota esclarecido sempre age como déspota esclerosado. Nesse caso particular, como os caros leitores tiveram a oportunidade de constatar, a recíproca sempre será verdadeira.

Constatação VI
Viajou
De balsa;
Mastigou
Um sonho de valsa;
Pagou
Com moeda falsa;
Sapateou
Uma salsa;
Outras, dançou
Descalça;
Constatou,
Que, alhures, esquecera a calça.

Constatação VII
De felicidade é o supra-sumo
O meu Paraná, ultimamente,
Só não levar mais tanto fumo
Tão somente.

Constatação VIII
Teve ampla ressonância
O que o raposo disse pra raposa:
“Teu cheiro é uma fragrância.
Te quero para minha esposa”

Constatação IX
Foi a dor no lumbago,
Na hora do bem-bom
Que fez um baita estrago
Na sua já instável reputação.

Constatação X
Era um político tão venal,
Tão sem hombridade
Que, destarte,
Por unanimidade,
Depois da eleição,
Passou a fazer parte
Da reserva imoral
Da nação.

Constatação XI
A linda serenata,
De há muito prometida,
Foi transferida
Para uma data
Indefinida,
“Sine die”,
E com um adendo
Que soou horrendo
E de um efeito
Tremendo:
“Por favor,
Meu amor,
Não chie
Não tem outro jeito.
Estou afônico,
Rouquenho,
Roufenho,
Que me deixa
Agônico.
Portanto,
Minha gueixa,
Minha luz,
Mentruz
Da minha cachaça
Nada de espanto.
Não é chalaça”.

Constatação XII
E como o obcecado elucubrava com as razões e proporções da matemática: “O Falcão está para o Futebol de Salão, assim com eu estou para o bem-bom.

Constatação XIII (Via pseudo-haicai).
Eu já não duvido
Que dizer “Eu te amo”
Não deve ser dito só ao pé do ouvido.

Constatação XIV
Ganhar do Gabão na grama do Estádio em Libreville é o tipo do adversário e estado do campo que o meu Paraná, com o toque de bola quase igual ao do Barcelona, iria se dar bem...

Constatação XV
Se todo mundo disser que a probabilidade desses satélites artificiais que vem caindo é quase minimamente mínima impossível que possa cair na sua própria cabeça também não é impossível que alguém se engane, mesmo com toda a extensão dos oceanos com relação a terra.

Constatação XVI
Sem a “data vênia,
Que costuma usar
Em todo lugar,
Um ou outro jurista,
Mas se os políticos,
Sem exceção,
Jamais autocríticos
Fizessem a pista
Ninguém lamentaria
Ninguém por isso faria
Uma nênia*.
*Nênia =  substantivo feminino
Lamentação fúnebre; elegia (Houaiss).

Constatação XVII
O governante
Abusa do discursório
De modo arrogante,
Depois se revela contraditório
Seu discurso passa a ser um laxante
O seu feito é irrisório
Normalmente inoperante
Além de destampatório*
E ele passa a ser atuante
E não precisa ser premonitório
Que ele vai virar um meliante.
*Destampatório =  substantivo masculino
Uso: informal.
1 falta de comedimento; despropósito, destempero, disparate
2 muito barulho; alarido, gritaria
3 Regionalismo: Brasil.
admoestação ou discussão violenta; descompostura (Houaiss).

Constatação XVIII
Quando o meu Paraná estava perigando cair para a terceirona comemorou, como se fosse uma vitória, o empate com o ABC de Natal, já que ficou a quatro pontos longe da zona do rebaixamento. Não se trata de nostalgia, mas que saudades do Ferroviário que, juntamente com o Coritiba e Atlético formavam as três maiores forças do futebol cá da terra. Ernani Buchmann, cadê você, mano velho?

Constatação XIX
O ator de Rambo,
Aquele do cinema,
Que sozinho, com o tema
De ganhar uma guerra
Contra mais de um batalhão,
Seja na América, na Inglaterra
Na China ou no Japão
Ficou com o ego tão atacado
Tão pelo personagem influenciado
Que fez a si mesmo um ditirambo*.
Aí, foi motivo de gozação.
Coitado!
*Ditirambo = Derivação: por extensão de sentido. Uso: pejorativo.
exaltação exagerada (de um fato, das qualidades de alguém); bajulação, lisonja (Houaiss).

Constatação XX
Tendo em vista o que nos é dado a ver, o prezado leitor e a prezada leitora não acham, como este assim chamado escriba, que o Brasil teria condições de formar, para participar da próxima Copa do Mundo, com, pelo mínimo, umas dez seleções? O problema parece estar em formar uma única que possa a convencer nós todos. Vige*! Socorro!
*Vige =  interjeição
Regionalismo: Nordeste do Brasil. Uso: informal.
exprime espanto, surpresa, ironia, aborrecimento, repulsão ou menosprezo. (Houaiss).

Constatação XXI
Quando é exagerada no palavrório
A crítica a um futebolista
No adjetivo laudatório,
Numa badalação hiperbolista*,
Sobe-lhe à cabeça a glória
E no badalado
Assim chamado desportista
Há uma queda na sua trajetória.
Coitado!
*Hiperbolista = adjetivo e substantivo de dois gêneros
relativo a hiperbolização ou usuário de hiperbolismos**
**Hiperbolismo = uso abusivo da exageração (Houaiss).

Constatação XXII
Deu na mídia: Ellen Roche: “Nunca vou perder bumbum e peito”. Ah, bom! Mas, data vênia, como diriam nossos juristas, ainda que Rumorejando tenha dado um suspiro de alívio, pois andava assaz preocupado com essa possibilidade, acha a notícia de transcendental importância para o seu próprio futuro e também de toda a sofrida Humanidade.

Constatação XXIII (Pimenta no dos outros nunca ardeu).
Deu na mídia: “A operação de surpresa que desmontou a pequena cidade de barracas no Zuccotti Park, próximo de Wall Street, pouco menos de dois meses depois do início do protesto que se espalhou por cidades em dezenas de países priva o movimento ‘Ocupem Wall Street’ de um símbolo poderoso”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando fica contente de ter alcançado essa manifestação no país que sempre usurpou o dinheiro de países e pessoas pobres que sempre pagaram a conta aos colonizadores países ricos. Há quanto tempo tais países vem matando gente de fome, de intervenção, de declarar guerra para explorar as riquezas naturais dos países do Terceiro, Quarto, Quinto Mundo? Tomara que o movimento siga adiante e o sistema econômico-social encontre caminhos para que os 99% usufruem de uma vida mais digna. A verdade é que o sistema comunista e capitalista fracassaram. Pena!

DÚVIDAS CRUCIAIS, VIA PSEUDO-HAICAIS.

Dúvida I
Tuas propostas, porventura,
São sérias, ou são lérias*
Ou é mais uma aventura ?
*Lérias  substantivo feminino
Uso: informal.
1 lábia, fala astuciosa que visa iludir, enganar outrem (tb. se us. no pl.)
2 m.q. leréia
 substantivo de dois gêneros
3 pessoa que fala muito, mas não faz nada que preste (Houaiss).

Dúvida II
Só um deputado não diria
Que aquela CPI não fez parte
Duma famosa pizzaria ?

Dúvida III
A distorção salarial
Não deveria fazer parte
Do Código Penal ?

Dúvida IV
Ele subiu a serra
Quando ela, fazendo greve,
Declarou que era uma guerra ?

Dúvida V
É muita dormência
Não se dar conta,
Da vizinha, a persistência ?

Dúvida VI
É muito louvável
Só responder na base de:
“É muito provável” ?

Dúvida VII
Persistem os rumores
Que é nos banheiros que se
Revelam os grandes cantores ?

Dúvida VIII
Se a decisão é demorada
Você trata de arranjar
Outra namorada ?

Dúvida IX
Será que lente de contato
Melhora, inclusive,
O gosto e o olfato ?

Dúvida X
O centro da atenção
Era o ponto
Do ponto de interrogação ?

Dúvida XI
Restam poucas vagas
Para o curso
De rogação de pragas ?

Dúvida XII
Quem esclareceu foi o notário:
“Nem sim, nem não.
Muito antes pelo contrário” ?

Dúvida XIII
Devagar com o andor
Só porque estamos
No Sul do Equador ?

Dúvida XIV
Das leis, a leitura,
Se revela inócua,
Por causa da estrutura ?

Dúvida XV
Não há mais possibilidade
De se controlar melhor
O crescimento vertical da cidade ?

Dúvida XVI
E não há mais possibilidade
De se conseguir, no trânsito
Um pouco mais de civilidade ?

Dúvida XVII
“Nada de galicismos”, ela contestou
Quando ele propôs um ménage à trois.
Aí, ele intuiu que se precipitou?

Dúvida XVIII
Foi o obcecado de tenra idade
Que se queixou de uma pubalgia
Por excesso de atividade?

Dúvida XIX
Ou foi o idoso com pubalgia
Que recordou suas longínquas
Conquistas com amarga nostalgia?

Dúvida XX
Havia tanto pó no chimarrão
Que o contumaz tomador
Ficou com uma baita constipação?
E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br

Nenhum comentário: