quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.

Constatação I (Aparentemente paradoxal).
E como dizia aquele sujeito não muito afeito a higiene: “No inverno brabo de Curitiba, ou mesmo no verão, eu acho uma sujeira mandar a gente tomar banho, mesmo que seja sábado.

Constatação II (De coisas que precisam ser inventadas)
Cabide para que o passageiro de vôos internacionais fique todo o tempo pendurado no dito. Assim, não haverá necessidade de diminuir ainda mais a distancia entre as poltronas da frente e de trás. Vige!

Constatação III (De uma dúvida crucial)
Standard & Poor's: Será que temos mais um novo deus? E será que eles, como nossos deputados e senadores, também estão acima do bem e do mal? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Constatação IV
O renomado cientista inglês Stephen William Hawking declarou que o maior mistério e enigma do Universo são as mulheres. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando supõe que o consagrado físico teórico e cosmólogo britânico jamais conheceu a poesia do, também consagrado, escritor de prosa e poesia uruguaio Mário Benedetti, também meu guru, Uma mulher desnuda e no escuro que lá pelas tantas diz o seguinte:
“Uma mulher desnuda e no escuro
É uma vocação para as mãos
Para os lábios é quase um destino
E para o coração um desperdício
Uma mulher desnuda é um enigma
E é sempre uma festa decifrá-lo”.

Constatação V
Não se pode confundir conversar com conservar, muito embora haja pessoas que – maldosamente, é claro – chame as classes conservadoras de conversadoras. Efetivamente, gente maldosa, essa!

Constatação VI (Teoria subjetiva da Relatividade para principiantes ou veteranos)
Os anormais acham que os normais são anormais.

Constatação VII (Da expressão da interjeição pelas razões e proporções matemáticas)
O palavrão está para a interjeição, assim como a interjeição está para o espanto. Logo, a interjeição é igual a mais ou menos a raiz quadrada do produto do palavrão multiplicado pelo espanto. Elementar minha gente!

Constatação VIII
Foi a garça que disse para o seu – dela – namorado: “Vamos dar uma espiada no Kama Sutra e mudar de posição porque eu fiquei com as minhas penas esgarçadas o que suscitou muita graça das minhas amigas que me acharam engraçada”?.

Constatação IX (De conselhos úteis).
Se você vai emitir um conceito perante um auditório, seja lá de quantas pessoas forem, só o faça depois de haver elaborado na tua cabeça, sopesando* os prós e contras, fazendo o auto-advogado do diabo. De nada!
*Sopesar = transitivo direto
4 . procurar entender (algo) para levá-lo em conta; considerar, interpretar, avaliar
Ex.: (Houaiss).

Constatação X
Deu na mídia, mais precisamente no Estadão: “Brasil é segundo país mais desigual do G-20, aponta estudo”. “País está à frente apenas da África do Sul e, embora no caminho certo, ainda precisa fazer progressos, segundo pesquisadores”. Rumorejando, data vênia, como dizem nossos juristas, acha que está na hora de parar com eventuais ufanismos em nosso país. Obrigado pela atenção.

Constatação XI
Também deu no Estadão: “Polícia Federal investiga suspeita de lavagem de dinheiro no TRT do Rio. Delegado comanda inquérito para apurar se servidor que movimentou R$ 282,9 milhões, detectados pelo Coaf a pedido do CNJ, integrava organização criminosa instalada no tribunal”. Vige! Será que tais fatos vão parar algum dia? Quem souber, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Constatação XII
Pelo tempo que o produto conhecido mundialmente por viagra leva para fazer efeito, após a sua ingestão – aproximadamente 2 horas – e pelo tempo que leva para passar o efeito – mais ou menos 4 horas –, a “pílula azul”, como é chamada, pode ser expressa por: 2 > tempo de efeito do viagra < 4, que se lê como maior que duas e menor do que quatro, no caso, horas. Menos que 2 e mais do que quatro horas não há efeito, logo, matematicamente, o campo real da função se encontra no intervalo mencionado. Rumorejando augura aos seus leitores para que não necessitem recorrer a expedientes matemáticos, sofisticados ou não.

Constatação XIII
Saiu de padiola,
O craque;
O cartola,
De fraque...

Constatação XIV
E já que falamos em assuntos médicos, digamos, matematicamente científicos, cientistas holandeses publicaram, em revista especializada, trabalho de pesquisa no qual mostram que o álcool ingerido com moderação inibe em mais de 40% a probabilidade do indivíduo ficar com o Mal de Álzheimer, doença que deixa o sujeito com falta total de memória. Taí um bom pretexto pra gente, com a moderação recomendada, ingerir umas e outras...

Constatação XV
A dentista,
Participou
Dum concurso
De beleza,
Na expectativa,
Na tentativa
De se tornar
Uma artista.
Ela levou
Certo azar:
Uma jurada,
Com toda certeza,
Despeitada,
No decurso
Da votação
Se enrolou
Com a numeração
Das candidatas,
Fazendo, estupidamente,
Uma troca
Das lindas gatas.
A nossa odontologista,
Ao perder
O primeiro lugar,
Veio, posteriormente,
A se eleger
Miss broca.
Coitada!

Constatação XVI
Declaro a quem possa e deveria interessar que a reversão à esquerda é egocentricamente desrespeitosa para quem vem atrás. Tenho dito!

Constatação XVII
Ficou no devaneio,
Como se estivesse sozinho,
Na “menage a trois”,
Quem estava no meio
Como o risquinho
Da letra agá.

Constatação XVIII (De uma dúvida crucial).
Será que cada vez que um governante brasileiro ganha o título de doutor honoris causa, duma universidade estrangeira, as pessoas desempregadas e/ou subempregadas melhoram suas condições de vida ? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.

Constatação XIX
Quando chicletes ela masca,
Fazendo aquele barulhão,
Eu armo uma borrasca,
Pois tenho a sensação
Que ela vai tirar uma lasca
Do meu pobre coração.

Constatação XX
E quando o sujeito passou a mão na “poupança” da colega de trabalho ela, furiosa, reagiu: - “O que significa isso, seu cafajeste ? Acaso eu te dei essa liberdade ? Vou te denunciar na Delegacia da Mulher por abuso sexual”. –“Por favor, não faça isso. Eu estava apenas, como o slogan da Rádio Educativa, valorizando o produto nacional”.

Constatação XXI
Não se deve confundir apelativo com blablativo, muito embora os nossos “pais da pátria” sejam reconhecidamente apelativos ao utilizar uma retórica sofismaticamente blablativa. (Perdoem o pleonasmo). A recíproca, indubitavelmente é verdadeira. Aliás, os políticos que utilizam citações em latim deveriam juntamente com as declinações do nominativo, genitivo, dativo, acusativo, vocativo e ablativo acrescentar o apelativo e o blablativo, conforme Rumorejando já sugeriu em alguma coluna anterior. E tanto que isso é verdade que veja, prezado leitor, o que, por exemplo, diz o Aurelião sobre o genitivo: “S. m. 1. Gram. Caso de declinação de certas línguas, que representa, por via de regra, complemento possessivo, limitativo e algumas vezes circunstancial”. (O grifo só em itálico é de Rumorejando).

Constatação XXII
Deu na mídia: “Para o especialista em questões de segurança, Ib Teixeira, os bandidos estrangeiros estão agindo no Brasil “porque nosso país é tolerante”. Ele criticou decisão da polícia no caso do então seqüestro do empresário Abílio Diniz. O dono do Pão de Açúcar foi pego por canadenses, que acabaram sendo extraditados”. Data venia, como diriam nossos juristas, não se trata só de tolerância, mas sim de facilidade do mercado no que se refere também à impunidade...

Constatação XXIII
De vez em quando e não raro o inverno vem passar o verão em Curitiba. E haja preparo físico do pobre verão para não pegar gripe e resfriado...

Constatação XXIV
Deu na mídia, mais precisamente no Estadão: “A presidente Dilma Rousseff completou o primeiro ano de mandato com popularidade recorde, a maior desde a volta das eleições diretas ao país, na década de 1980, informou, dia 22 próximo passado, pesquisa do instituto Datafolha. Um levantamento realizado na última semana indicou que 59 por cento dos brasileiros avaliam sua gestão ótima ou boa, dez pontos percentuais a mais em relação à pesquisa de seis meses atrás, enquanto outros 33 por cento a consideram regular e 6 por cento a definem como péssima. Outros 2 por cento não responderam à pesquisa”. Dara vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que se a faxina tivesse sido maior a popularidade da presidente (a) seria também bem maior.

Constatação XXV (De uma dúvida crucial).
Era a funcionária do correio que só se beijava com o namorado na base do selinho?

Constatação XXVI (Poeminha para ser recitada em festa infantil de mineiro. Não o que trabalha em minas, mas o de Minas Gerais).
Lá em Minas, na Gruta de Maquiné,
Para que o querido Papai Noel possa
Trazer, com o seu tradicional carinho,
Com as sua renas cheias de bossa,
Presentes inclusive para o peixinho
Há que se instalar uma larga chaminé.

Constatação XXVII
Rosi, de Umuarama,
Rosi, poetisa
Que sempre apregoa,
Que sempre preconiza
Que há que se versejar
– Como ela tanto ama –
E que para se estar numa boa,
Para melhor se inspirar
A gente precisa
Também amar.

Constatação XXVIII
Rico cumprimenta afetuosamente; pobre, entre dentes.

DÚVIDAS CRUCIAIS, VIA PSEUDO-HAICAIS.

Dúvida I
Usando meia soquete,
A velhinha estava
Jogando basquete ?

Dúvida II
E mesmo com ácido úrico,
O velhinho estava
Jogando bolinha de búrico ?

Dúvida III
De cabeça, resolver um sistema
De 8 equações e 8 incógnitas
Para você não é um problema ?

Dúvida IV
Se vai crase ou não vai
A gente tem que recorrer
Dos burros o pai ?

Dúvida V
Teve uma excelente idéia
Casar na Holanda, fora do
Seu país, a argentina plebéia ?

Dúvida VI
O Fórum Econômico Mundial
Era mais importante que o Fórum
De Porto Alegre, o Social ?

Dúvida VII
Países ricos consultam o léxico
E o atlas para entenderem o que são
Certos países como Brasil e México ?

Dúvida VIII
A jovem foi muito profética
Ao dizer que o Fórum Econômico não
É nada até por questão de aritmética ?

Dúvida IX
Foi a pimenta malagueta
Que fez os convivas
Darem até pirueta ?

Dúvida X
O político, durante o comício,
Disse que, com ele eleito, não
Teremos mais que fazer sacrifício ?

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br

Nenhum comentário: