quarta-feira, 22 de agosto de 2012

RUMOREJANDO


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.


Constatação I
Rico flerta; pobre, lança olhos de jacaré.
Constatação II
Deu na mídia: “MADRI - O rei da Espanha, Juan Carlos I, levou um tombo na manhã desta quinta-feira, 2, próximo passado, em visita ao Ministério da Defesa do país. O rei, de 74 anos, não foi avisado que havia um degrau e tropeçou. O incidente não impediu que o monarca continuasse normalmente a visita às instalações. Ele se levantou sozinho e participou de uma videoconferência com militares”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que foi castigo para o imbecil de S. Majestade que foi matar elefante na África. Tomara que se fod, digo, tenha se estrepado...
Constatação III
Nunca ficou provado se o problema dela era uma espécie de genética de sogra. Explica-se: Quando o filho casou, ela passou a tratar a nora como a sogra sempre a havia tratado e que ela tanto abominava. Vige!
Constatação IV (De razões e proporções matemáticas em um mundo que todos deveriam ser iguais e ter os mesmos direitos).
O veto de certos países está para o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas assim como o veto da concordância em fazer o teste do bafômetro está para o motorista ou, ainda, para certas pessoas – políticos, por exemplo – estão para o Fórum Especial. Eta mundinho de privilégios, desonesto e hipócrita! Vige!
Constatação V
Deu na mídia: “Deputados de SP ganharam auxílio-moradia. Até houve pagamento retroativo e ex-parlamentares podem ir à Justiça pelo benefício”. Em Minas Gerais, aumento de seus próprios salários. No Piauí, um deputado custa ao governo local R$ 45 mil reais por mês. Também sucedeu algo semelhante na Câmara Federal, Senado, etc. que, no caso, quer dizer que o efeito cascata irá até os vereadores. Dúvida crucial: Até quando se vai legislar em causa própria ? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação VI
Ela não cabia
De contente,
No dia
Da sua posse.
Mas, infelizmente,
No decurso
Do seu discurso,
Assaz enfadonho,
Eivado de bobagem,
Como tantos
E repleto de alguns
Não poucos desencantos.
Portanto, durante
A sua mensagem –
Com voz dissonante,
Em tom monocórdio,
Lento,
Sonolento,
Sem muito argumento
Que a todo momento
Parecia um nó górdio,
Ininteligível –
Encardida,
De lugares comuns,
Desenxabida –
Diga-se de passagem –
Incrível !
Teve um medonho
Acesso de tosse
Rouquenho, tristonho
Que parecia
Estar entupida,
Encalacrada,
Empedernida,
Resfriada.
Coitada!
Constatação VII
Deu na mídia: “A agência de classificação de risco Standard & Poor´s anunciou que retirou todos as classificações de crédito da "Província de Buenos Aires (República Federativa do Brasil)", a pedido da Província”. E a gente que estava, ingenuamente, supondo que os gringos, de uma vez por todas, já tinham aprendido qual é a capital do Brasil. Vige!
Constatação VIII
Rico é erotômano; pobre é tarado.
Constatação IX
E como lucubrava, enrolando a língua, aquele sujeito já totalmente n’água, depois de ter tomado, muitas, umas e outras: “É engraçado. Tomei três garrafas de cerveja gelada e o meu xixi sai quente. Sinal que eu não sou totalmente um pé frio”.
Constatação X
Deu na mídia: “Mulheres na Suécia acusam Prêmio Nobel de sexista, lembrando que apenas 3% de mulheres ganharam o prêmio”. Data venia, como diriam nossos juristas, e com todo o respeito, Rumorejando acha que para ganhar o Nobel, como, por exemplo, em Literatura, Selma Lagerlöf, Pearl S. Buck, Gabriela Mistral, Nadime Gordimer, Wislawa Szymborska tem que fazer jus. Tenho dito!
Constatação XI
Deu na mídia: “Brasil tem grandes áreas naturais preservadas, mas atividades predatórias ainda são intensas”. Como os meus prezados leitores podem constatar a mídia anda sofrendo de falta de memória porque tem se esquecido de acrescentar viva “nóis”.
Constatação XII
Quando o Brasil foi campeão do Mundo, com o Felipão, pouco antes o jornal uruguaio “El País” publicou que uma vidente argentina previu que o Uruguai venceria a Copa do Mundo que foi disputada na Coréia e no Japão. Entre outras previsões, a vidente se orgulha de ter antecipado a ascensão e queda de Fernando de la Rúa na presidência argentina e da prisão do ex-presidente Carlos Menem. Com todo o respeito, Rumorejando acha que a vidente argentina devia se dedicar apenas à política. Afinal, futebol, como já diziam os entendidos, sempre foi, é e será uma “caixinha de surpresas”.
Constatação XIII (Futebolística vernacular).
Assim como passou a fazer parte do dicionário a palavra “imexível”, proponho aos nossos filólogos a adoção da palavra “imarcável”, que teria significado de que ou quem não se pode marcar, como, por exemplo, acontecia com Garrincha e tantos outros e que agora parece estar acontecendo, em algumas partidas, com o jogador Neymar. Noutro extremo, acontecia com Djalma e Newton Santos o revés. Eram “impassáveis”, no sentido de intransponíveis. Dificilmente algum atacante passava pela marcação deles. Fica, portanto, consignada a sugestão, ou, se quiserem aproveitar o embalo, as doutas sugestões.
Constatação XIV
Deu na mídia: “A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda divulgou recentemente um parecer recomendando ao Conselho de Acompanhamento de Defesa Econômica (Cade) punição a cinco empresas farmacêuticas por prática de cartel internacional no mercado de vitaminas”. Rumorejando acha que o Cade deveria dar uma espiadela em outros ramos também. O que está acontecendo por aí é de arrepiar até os cabelos de careca...
Constatação XV
Rico é errabundo*; pobre é vagabundo.
*Errabundo = Errante (Houaiss).
Constatação XVI
Deu na mídia: “Para o IBGE, todo o ano é o ‘o ano dos bancos’. As crises enfrentadas pelos países como Grécia, Espanha e outros nos tempos atuais e a conseqüente alta dos juros melhoraram o resultado das instituições financeiras e inibem o consumo das famílias”. Rumorejando não tem dúvida – crucial ou não – sobre o assunto. Basta ver os lucros dos bancos, apresentados em seus balanços semestrais. Outra dúvida: Por que os banqueiros não colocam mais caixas, enquanto nós, os simples mortais, envelhecemos na fila? E por que as tarifas bancárias tiveram aumentos de até 100% este ano, segundo o balanço anual divulgado pela Fundação Procon? Alguém se lembra de algum ano que não foi dos bancos ? Quem souber as respostas, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação XVII
Rico acaricia; pobre, bolina.
Constatação XVIII
A minha cidade de Curitiba está com um clima bastante frio. Cada vez mais frio. Já no outono o frio se assemelha com o frio de inverno. No entanto, em alguma época, havia o que se convencionou chamar de veranico de verão – o que vem acontecendo agora – quando a temperatura voltava a se apresentar como no escasso verão curitibano. Esse veranico acontecia em março. Depois passou a Abril. Em seguida em maio e mesmo em junho e julho. Ultimamente, ele desapareceu de vez e, quando aparece não dura mais do que dois dias. Comentário de um conterrâneo cá da terra, tiritando de frio: “Vá alguém querer compreender as idiossincrasias climáticas de um santo. To falando de São Pedro”.
Constatação XIX (De um pseudo-soneto, dedicado aos que, sinceramente, se oferecem a determinados prazerosos afazeres).

Da arte de engambelar como os políticos.

O galinho novo muito astuto e matreiro
Tentou desbancar o velho no galinheiro:
Com ele, elas botariam ovos de ouro
E assim ficariam com um baita tesouro.

As galinhas não foram naquela conversa
E disseram pra ele: “Não enrola, não tergiversa.
Nós estamos acostumadas com aquele acolá
E ele, para nós, é o nosso sultão, nosso paxá”.

Vendo que suas palavras não surtiram efeito
O galinho novo pensou: Vou dar outro jeito”
E propôs ao papagaio que tinha bom papo:

“Você convence as galinhas com tua famosa retórica
Que eu sou assaz bom na aula prática e na teórica
E que meu pobre e sofrido coração não é um trapo”..

Constatação XX (Meio confusamente repetitiva).
Quando o pai do dragão instou o filho a arrumar uma namorada ele se vestiu com uma roupa a prova de fogo que lhe saía pelas ventas. A tal roupa tinha uma dragona* que nada tinha com a vizinha, a jovem dragona, que ele sempre a tinha olhado assaz interessado.
* Dragona =  substantivo feminino
1. Rubrica: vestuário.
pala, ornada ou não com franjas, ou peça de metal amarelo que os militares usam em cada ombro como adorno de uniforme de gala e indicativo de sua patente (Houaiss).

DÚVIDAS CRUCIAIS VIA PSEUDO HAICAIS.

Dúvida I
Foi debaixo da cascata,
Que o namorado* fez pra sua
Amada uma serenata ?
*Não ficou esclarecido se peixe ou um humano.
Dúvida II
No fim de ano,
Durante as festas, quem ta
Fazendo regime muda de plano ?
Dúvida III
Torcer para o Atlético Mineiro, Paraná,
Internacional, Corinthians e Botafogo,
Como este assim escriba, é um deus-dará ?
Dúvida IV
Um ano, após dar o calote,
A Grécia sobreviveu sem
Levar do FMI um piparote ?
Dúvida V
Precisam de legenda,
Os filmes nacionais,
Para que se entenda ?
Dúvida VI
Ele durante a aula particular
De anatomia e biologia pediu
Pra professora se desnudar ?
Dúvida VII
Vejam só que coisa chinfrim:
Messi o melhor do mundo.
E eu? Esqueceram de mim ?
Dúvida VIII
É ser muito rabugento
Dizer que o gol do adversário
Não foi um portento ?
Dúvida IX
Há que se agüentar a mão
Ou o pé, para evitar em cair
Pra Segunda Divisão ?
Dúvida X
Existiu um mal-estar,
Geral ou parcial, no recente
Debate, dos candidatos, canicular* ?
*Canicular =  adjetivo de dois gêneros
1 relativo a ou próprio da canícula
2 Derivação: sentido figurado.
cheio de paixão ou exaltação; ardente
Dúvida XI
Quatro estações
Do ano, num só dia,
Não maltrata os pulmões ?
Dúvida XII
Nos seus olhos, o brilho, a luz
Mostrava que havia ingerido
Cachaça com mentruz ?
Dúvida XIII
O reajuste dos parlamentares
Também te deixou
Sem ares ?
Dúvida XIV
A solidariedade
Passou a ser
Sinônimo de iniquidade?
Dúvida XV
É muita ou pouca perplexidade
Ver a namorada comer sozinha
Um frango em Santa Felicidade ?
Dúvida XVI
Ele(a) tergiversou
Quando ela(e) perguntou
Por onde ele(a) andou ?
Dúvida XVII
Afinal, o que se faz, no Brasil,
Para erradicar, de vez, do país
O trabalho escravo e infantil ?
E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
www.rimasprimas.com.br

Um comentário:

Anônimo disse...

Grande Juca!

Leitura do blog em primeirissima mão!

Sempre prestigiando as coisas boas!

Parabens e continue forte na luta meu amigo!

Grande abraço Joao Paulo