quarta-feira, 19 de setembro de 2012

RUMOREJANDO


PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES


Constatação I
O obcecado
Sem os descontos
Tinha dez pontos
Erógenos
Que a mulher,
Coitada
Toda dolorida,
Extenuada
Ardida
Esfalfada
Achou mister
Pedir ao esculápio
Indicar um alimento
Que existisse num cardápio
Que ela prepararia
Todo o dia
Com o maior zelo
A base de estrógenos
Para mantê-lo
Com arrefecimento,
Até com determinada
Apatia
E mais comportado,
Mais contido,
Mais controlado,
Mais comedido
Mais moderado.
Coitado!
Constatação II
Não se pode confundir Vara da Família com vara de marmelo, até porque se alguém surrar os filhos com vara de marmelo, como acontecia antigamente, ou quaisquer outros instrumentos punitivos terá, fatalmente, de responder pelos seus atos ao juiz da Vara da Família. A recíproca é como é e ta acabado. Tenho esclarecidamente dito!
Constatação III
E não se pode confundir versão com aversão até porque quando um ex-delegado, que foi preso em Juquitiba, no estado de São Paulo, à semelhança daquele deputado que alegou não ter culpa se D’us quis que ele ganhasse muitas vezes na loteria federal para justificar o seu enriquecimento rápido, apresenta uma mesma versão, a gente imagina, com aversão, que ele está, também, chamando a gente de burro. Pelo menos, como disse um religioso, o ex-delegado, ao contrário do deputado, não mencionou o nome de D’us. Vige!
Constatação IV (De uma dúvida crucial)
Depois do auxilio moradia, paletó, engraxada dos sapatos, viagens e outros mais, o que será que será criado pelos pais da pátria como novas formas de aumento dos seus próprios salafrários, digo salários? Quem souber, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação V
Em alguns países ser presidente de algumas federações, clubes, CBF’s da vida e assim por diante é um excelente investimento...

Constatação VI (De um pseudo-soneto).

         Elegia a uma senhora mulher

Ela transpirava em todo o seu ser feminilidade
Naturalmente, sem ser necessário algo fazer
Tinha certo ar de abandono, de orfandade,
Despertando invariavelmente um bem-querer.

Ela já há havia passado dos cinqüenta e cinco anos
No entanto, o corpo se mantivera como de quarenta
Seios pequeninos, cintura fina, tudo sem enganos.
O que deixava seu parceiro fora da “marcha lenta”...

Como tantas mulheres de idade vetusta
Amava como se fosse sua derradeira vez
O que, às vezes, a gente se alarma, se assusta.

Seus orgasmos, em profusão, a deixavam afogueada
O que fazia supor que era só prazer, ou amor talvez,
Mas após ela voltava a ter um ar de menina abandonada.

Constatação VII (De outro pseudo-soneto).

      De dramas conjugais

Ela ficou possessa, exasperada
Quando da liberdade, o paladino
Chegou a seu lar, a sua morada
Com desculpas, se achando o ladino.

Eram todas incríveis, esfarrapadas,
Acrescidas de grosseiras balelas
E as que a ouvem ficam ruborizadas
Como se elas é que fizessem esparrelas.

Ela não hesitou em momento algum
Achando sua história lugar-comum
E tacou-lhe no lombo o rolo de macarrão.

Ele jurou que tal fato não se repetiria
Com já tinha feito em outro dia.
Mas dessa vez não houve perdão...

Constatação VIII (De uma específica divisão da Humanidade).
Há pessoas que não se casam por serem inteligente;
Outras se casam por acharem ter encontrado uma pessoa inteligente;
Há pessoas que se divorciam por serem muito inteligente.
E há aquelas que ficam juntos, mas sem coabitar. São as inteligentíssimas...
Constatação IX
Não se pode confundir induzidas com produzidas, muito embora, pelo fato que as amigas e conhecidas fizeram, há àquelas que são induzidas a ficarem produzidas através de uma, várias ou todas as ‘recauchutagem gerais’, como por exemplo: botox, lipoaspiração, silicone nos seios e na “poupança”, cílios artificiais, lente de cor nos olhos, dentes como os dos atores globais, diminuição de determinada largura do sublime instrumento do corpo e “otras cositas más”. A recíproca é como é e ta acabado. Tenho esclarecidamente dito!
Constatação X (Vige!).
Entreouvido num encontro de jovens:
“Ela é uma prixa”.
-“Prixa?”
-“É. Por trás parece uma princesa; por frente, uma bruxa.
-“Ah bom. Quer dizer, ah ruim. Quer dizer...”
Constatação XI
Entreouvido num outro encontro de jovens:
-“Ela é uma pirva”.
-“Pirva?”
-“É. Uma piranha e uma vaca”.
Constatação XII (Quadrinha intitulada: Perdas recíprocas).
Ele ficou sumamente chateado
Quando ela chegou atrasada.
“Ela não sabe o que já perdeu, a coitada
Já me passou o efeito do viagra, coitado”.

Constatação XIII (De um terceiro pseudo-soneto).

          Bel-desprazer

Ela não considerou uma invectiva,
Tampouco autoritária, imperativa
Ao contrário, achou a proposta positiva
Simpática, factível, assaz convidativa.

Em nenhum momento ficou pensativa,
Hesitante ou insegura. Ela era decisiva
Aí aceitou incontinente a proposta diretiva
De acompanhá-lo, sem se achar caritativa.

Adentrou ao motel de maneira altiva
Como se lá já tivesse cadeira cativa
E foi tirando a roupa muito prestativa.

Mas eis que de repente surge coisa restritiva
Ele vai e lhe dá um beijo que a deixa semiviva
O ósculo imprescindível teve gosto de alho sativa.

Constatação XIV
O engenheiro tentou desenvolver um projeto
De amor, de paixão e de afeto
O que ajudaria fazer desaparecer o homem e a mulher-objeto
E o relacionamento entre eles ficaria mais correto
E o mundo ficaria mais seleto,
Mais completo
E inegavelmente com menos dissensões, mais quieto.
Não deu certo. Talvez dê para o seu tetraneto...
Constatação XV (Ah, esse nosso vernáculo).
Diante da estaca ela estaca.
Constatação XVI
O cheiro da glicínia
Me conduz,
Me remete
Para minha infância.
Ao estudo semítico.
Também desse idioma a lição.
E a ignomínia
Me induz
Que se faça uma toalete
Por causa da intolerância
Ao político
E a sua tradicional corrupção.
Constatação XVII
Em certos países, há torcedores de futebol tão fanáticos que se envolvem em brigas com outros torcedores tão fanáticos quanto aqueles que chegam a matá-los. Já nesses países as entidades que tratam da aposentadoria das pessoas administram de modo mais sutis. Elas apenas torcem que o cidadão, normalmente os idosos, morram para reduzir o déficit da assim chamada previdência social.Vige!
Constatação XVIII
Não se pode confundir exótica com erótica, até por que se você fizer para a gatona uma proposta com finalidade erótica arrisca, se não for a hora e local oportuno, ela achar a proposta exótica. A recíproca, como tantas outras vezes, é como é e tenho sumaria e definitivamente dito...
Constatação XIX
Rico sofre de acrofobia; pobre, trabalha nos andaimes frágeis e não tem medo de locais elevados que podem dar sensação de vertigem.
Constatação XX
Senti no seu semblante uma nódoa,
Quando eu disse: “Sente no meu colo nua
Que eu sem remorsos acomodo-a”.
E ela me contestou: “Jamais! Nunca serei tua”.
Constatação XXI (Vige!)
Há certas mulheres que, independentemente, do seu ciclo menstrual estão todo o tempo com TPM, isto é, 30 ou 31 dias do mês. Trata-se de um TPM crônico ou agudo. E, por mais paradoxal que pareça, determinados homens, mormente os que ocupam uma chefia, também...
Constatação XXII
Com relação ao e-mail anterior, uma autoridade de Brasilia, cujo nome me escapa, em um texto, fazendo troça, escreveu: “Um metro e cinqüenta de pessoa, dois metros e vinte de autoridade e empáfia”.
Constatação XXIII (De conselhos úteis para os meus netos e para os estudantes em geral. De nada!).
Não se pode ficar muito tempo na contramão da História. Tampouco da Geografia, do Português e da Matemática.
Constatação XXIV
Rico é sinérgico*; pobre é preguiçoso.

*Sinérgico = adjetivo
relativo a ou produzido por sinergia**; sinergético.
**Sinergia =
 substantivo feminino
1 Rubrica: fisiologia.
ação associada de dois ou mais órgãos, sistemas ou elementos anatômicos ou biológicos, cujo resultado seja a execução de um movimento ou a realização de uma função orgânica
2 ação ou esforço simultâneos; cooperação, coesão; trabalho ou operação associados
3 Rubrica: comércio, economia.
ação conjunta de empresas, visando obter um desempenho melhor do que aquele demonstrado isoladamente
4 Rubrica: farmacologia, química.
ampliação do efeito ou potencialização da ação de uma ou mais substâncias químicas ou farmacológicas pela associação de diferentes princípios ativos
5 Rubrica: sociologia.
coesão dos membros de um grupo ou coletividade em prol de um objetivo comum

DÚVIDAS CRUCIAIS, VIA PSEUDO-HAICAIS.

Dúvida I
O seu índice de massa corporal
Reflete que o que você come
Não é nem um pouco o trivial ?
Dúvida II
Veio sem prévio aviso
Aquela terrível dor
No dente do siso ?
Dúvida III
Disse o malévolo parente
Que o seu auto-retrato
Tava muito benevolente ?
Dúvida IV
Quando ele tonteia
É porque tomou umas e outras
E não mais se norteia?
Dúvida V
Foi o zagueiro gabola
Que dentro da área esqueceu
De não chutar pra trás a bola?
Dúvida VI
O cara enrolado, na casa da anfitriã,
Quis desenrolar o rocambole
Que estava comendo com champã?
Dúvida VII
O destro
Usava a canhota meio canhestro
Para resolver o seu estro*?
*Estro = Desejo sexual (Aurélio).
Dúvida VIII
Foi ao tabaréu*
Que o vigarista
Prometeu o céu?
*Tabaréu = substantivo masculino
Uso: pejorativo.
1 soldado inexperiente, ingênuo
2 Derivação: por extensão de sentido.
qualquer pessoa acanhada
3 Estatística: pouco usado.
oficial ordinário, preguiçoso
4 Derivação: sentido figurado.
indivíduo inapto para realizar suas próprias tarefas
5 (1899) Regionalismo: Brasil.
m.q. caipira (‘indivíduo’) (Houaiss).
Dúvida IX
Como suplício,
No seminário, fizeram
O pobre usar cilício*?
*Cilício = substantivo masculino
1 antiga veste ou faixa de crina ou de pano grosseiro e áspero us. sobre a pele por penitência
2 cinto ou cordão eriçado de cerdas ou correntes de ferro, cheio de pontas, com que os penitentes cingem o corpo diretamente sobre a pele
3 Derivação: sentido figurado.
sacrifício ou mortificação a que alguém se sujeita voluntariamente (Houaiss).
Dúvida X
Será que foi um ar de mofa
Que ela fez quando eu sugeri para
Irmos ao motel, chamando-a de fofa?
Dúvida XI
A interpretação dos atores brasileiros,
Sem patriotismo, ganha de longe
Dos seus colegas estrangeiros?
Dúvida XII
Conservar a calma
Diante de um 38 faz bem
Para o corpo e para a alma?
E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
Site: www.rimasprimas.com.br

Nenhum comentário: