quarta-feira, 31 de julho de 2013

RUMOREJANDO

Constatação I
O meu time Paraná vinha tendo muita dificuldade para ganhar uma partida. A diretoria do meu time Paraná também. Me refiro uma partida, sem volta, para nunca mais retornar à direção do time. Tenho – respeitosa e democraticamente, não acatando a opinião alheia –, dito!
Constatação II
Não se pode confundir sumindo com assumindo, até porque, o que se viu no movimento das ruas foi político, seja governante de cargos executivo, legislativo e judiciário sumindo, achando melhor colocar as barbas de molho, como sempre não assumindo suas – deles – responsabilidades perante o povo, já cansado, extenuado, afadigado de tanta fraude e inépcia. Vige!
Constatação III
E já que falamos no assunto, não se pode confundir acomodar com incomodar, muito embora os políticos que achavam que não é preciso se incomodar com as reinvindicações do povo, já que sempre agiram na base do se acomodar, não dando a mínima atenção às necessidades em atender a Saúde, a Educação, a Segurança, enfim a Infraestrutura, porque a maior preocupação deles sempre foi de governar e legislar em causa própria. Vige!
Constatação IV
Deu, outra vez, na mídia: “Através de uma autorização da Justiça, a Divisão de Controle de Vetores da Prefeitura de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, conseguiu realizar a operação limpeza contra criadouros do mosquito da dengue em uma casa na Vila Tibério. Segundo balanço final do órgão, divulgado nesta quinta-feira, foram retirados do local 33 toneladas de lixo, mil escorpiões e seis serpentes venenosas. Segundo a EPTV, a moradora acumulou sucata e entulho durante mais de 30 anos”. Este assim chamado escriba, mesmo sendo provecto, já tinha ouvido falar em colecionadores de selos, moedas, invólucro de erva-mate e outros mais, porém de lixo essa foi a primeira e, até agora, única vez...
Constatação V
E como dizia aquele septuagenário, quase octogenário: “Uma mulher boa – me refiro a boa de bondade – e bonita é um colírio para os olhos e para uma eventual sofrida alma”.
Constatação VI
E como elucubrava aquele outro septuagenário também quase octogenário: “Assim como existe o babador e outros apetrechos, com esse frio curitibano seria preciso inventar um “narizador” para nariz que fica pingando. Vige!”
Constatação VII
E como se vangloriava, na roda dos amigos, aquele cara metido a machão. “Macho que é macho não coloca açúcar no café por mais forte que ele seja. Macho que é macho não come mel. Ele mastiga a abelha com ferrão e tudo. Aí, alguém perguntou se ele fazia tudo isso que ele estava falando. E ele, com um ar circunspecto e muito sério, respondeu:
-“Não eu não mastigo a abelha porque eu sou vegetariano”.
Constatação VIII (De um pseudo-soneto). 

                       Vige!  

 Ela liberou de vez sua contumaz grosseria,
Que, às vezes, parecia até lhe ser peculiar.
Tal fato a deixou digna de uma malfeitoria,
Acompanhada por uma careta, por um esgar.

 O rosto ficou arroxeado, mortiço, macilento,
Mas os olhos faiscavam raios fulminantes,
Distintos como no dia do nosso casamento,
Ou da era do namoro e do agarra, bem antes.

 Uma vez ela se pôs a gargalhar como uma bruxa
Quando prepara suas poções para fazer maldade.
E meu desejo que mudasse virou uma fria ducha.

 Conclui que chegara ao fim o nosso relacionamento.
Que teve um ou outro tempo de alegria e felicidade
Mas não daria mais ficar com ela nem um momento.

Constatação IX
É o jogador argentino Tevez, que já jogou pelo meu Corinthians, que tem sido visto nas TV’s? (Perdão, leitores).
Constatação X
Em certo país, os políticos legislam em causa própria. Em outros, também...
Constatação XI (Algumas razões e proporções matemáticas).
A morgota está para a fusão da laranja com a bergamota, assim como a nectarina está para a fusão do pêssego com a ameixa; o boêmio está para a madrugada assim como o salário mínimo está para nada; o meu time Paraná está para a vitória, assim como os países ricos estão para os problemas dos pobres; uma jovem está interessada num idoso*, assim como o banqueiro está interessado na baixa dos juros; os jovens estão interessados em ouvir conselhos, assim como os fabricantes de armas estão contra as guerras.
* A não ser pelo dinheiro dele, é claro.
Constatação XII
Criou muita celeuma
A notícia, dada com fleuma,
Na televisão e no jornal,
Que o governo brasileiro
A partir do mês de janeiro
Iria começar
A olhar
Pelo social.
Só se fez arcano*
De qual ano...
* Arcano = “Mistério” (Houaiss).
Constatação XIII
E como ensinava didática e pedagógica aquela bruxa fofoqueira, poetando:
“Não se desdiga,
Quando tiver bolado
Uma boa intriga,
Se não o sucesso objetivado
Não vinga. Aí, é não-sei-que-diga!*
E você será considerado
Um fracassado!
*Não-sei-que-diga = diabo.
Constatação XIV (De uma dúvida crucial).
Foi a rosa dos ventos que numa ventania forte pegou um resfriado e, ao espirrar, ficou sem as pétalas e só com os espinhos?
Constatação XV (De outra dúvida crucial).
As razões justificáveis de uma sogra são justificáveis para os demais membros da família?
Constatação XVI (De quem tá cheio de dúvidas cruciais).
Genro ou nora é considerado(a) da família?
Constatação XVII (De uma dúvida crucial função de outra dúvida crucial).
Quem tá cheio de dúvidas cruciais deveria consultar um psicólogo?
Constatação XVIII
E quando um psicólogo está cheio de dúvidas, cruciais ou não, ele deveria consultar outro psicólogo?
Constatação XIX
E assim seria criada, infinitamente, uma corrente de psicólogos?
Constatação XX (Sofra, peru!).
No jogo de truco, o “peru” chato* estava enchendo tanto, criticando, depois da jogada um eventual erro, ou se o sujeito tivesse jogado assim ou assado ele teria ganho a jogada, que o tal sujeito resolveu se livrar do chato: correu de uma trucada adversária tendo na mão o maior jogo que é chamado de o casal maior. O chato quase teve uma síncope. Bem feito!...
* “Peru” chato, segundo consta, é pleonasmo.
Constatação XXI
Deu certa vez na mídia: “O ex-ditador chileno Augusto Pinochet quer pagar US$ 5 milhões em impostos atrasados e juros devidos ao Fisco por causa dos cerca de 8 milhões de dólares que ocultou durante anos no Riggs Bank, Estados Unidos, de um total de 16 milhões, segundo informações do jornal La Tercera. O objetivo do general é tentar reduzir uma eventual condenação por evasão de divisas”. Parodiando o guru Millôr Fernandes, que escreveu que “mais vale ser rico e ter saúde do que pobre e doente”, essa linha de raciocínio enseja algo semelhante: mais vale ter uma democracia com o parlamento constituído por deputados e senadores honestos – Executivo e Judiciário, também – do que um ditador, ou não, que ponha a mão no jarro.
Constatação XXII (De uma, ou talvez mais de uma, dúvida crucial).
O soldo de um general chileno permite amealhar, mesmo usurpando o poder e passando a presidente da República, milhões de dólares? Existe a megassena no Chile com altos prêmios acumulados? Ou, como certo deputado brasileiro, que ganhou muitas vezes na loteria federal, a sorte lhe foi benfazeja. Aliás, segundo o deputado, ele não tinha culpa se Deus o havia aquinhoado. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas, pelo jeito, Deus não é muito favorável a distribuição de renda...
Constatação XXIII
Do seu pandulho
Vinha muito barulho
Porque o tal lauto jantar,
Para o qual os pais da namorada
Haviam lhe feito o convite,
Estava assaz atrasado,
Estava um século a demorar
Que quase ele arriscou um palpite
Para sua também impaciente amada:
“Vamos comer em outro lugar,
Mesmo que não seja para se fartar”.
Coitado!
Coitada!
Constatação XXIV
De um político,
Toda a promessa
É embroma,
Pois só interessa
Quem entende
Um idioma
Sanscrítico
Que a gente
Não compreende,
Tão-somente.
Constatação XXV (De mais razões e proporções matemáticas).
A leitura está para a televisão, assim como o latifundiário está para a reforma agrária; o roque da pesada está para este assim chamado escriba, assim como o carnaval está para a cidade de Curitiba; os críticos estão para os criticados, assim como as torcidas de um determinado time estão para o do seu maior rival.
Constatação XXVI (Ah, o amor! Como diria o guru Mario Benedetti, “esse informal”).
Quem dorme de barriga pra cima
E ronca qual uma serra-fita
Para a cônjuge apaixonada,
Deitada, ali, ao lado
É uma música, uma obra-prima,
Uma canção, a mais favorita,
A mais linda, a mais bonita,
Mesmo que seja desafinada.
Constatação XXVII (Meio surrealista).
Sulcava os mares bravios
A doce desnuda sereia
Em busca de atavios
De roupas ou ametistas
Que via, ao longe, na areia,
Deixados pelos banhistas,
Ou nos afundados navios.
Constatação XXVIII (De uma “poesia” óbvia, com rima apelativa no gerúndio em “ando”, que tem nos socorrido tantas vezes...).
Enquanto preparo Rumorejando,
Um chimarrão vou tomando,
O tempo, assim, vai passando
E, claro, mais velho vou ficando.
Constatação XXIX
Quando no motel
O cara se pôs a fazer
Exercícios de divisão
De um por outro polinômio
E resolver,
Do 2º grau, uma equação
A gatona incontinente
Perguntou:
“Você tá fazendo pirraça?
Isso é papel,
É demonstração
De encômio
Que se faça?
Largue mão
De ser
Donzel,*
Ou você pirou?
Ou, ainda, se mandou
Do manicômio,
Tão-somente?”
*Donzel = Que é puro, sem mácula; virginal (Houaiss).
Constatação XXX
Deu, certa vez, na mídia: “O nepotismo, agora, é oficial na cidade de Itu, região de Sorocaba. Os vereadores aprovaram projeto do prefeito Herculano Júnior, do Partido Verde, restabelecendo a prerrogativa de nomear parentes, sem concurso ou outra avaliação de competência, para ocupar cargos nos altos escalões do poder municipal. Os vereadores aproveitaram o embalo para aprovar também o preenchimento de cargos na Câmara. Eles podem empregar a própria família em seus gabinetes. E muitos já puseram mãos à obra. Pelo menos três vereadores solicitaram a contratação de parentes próximos”. Será que também os adeptos do Partido Verde e de outros partidos ficaram verde, só que de raiva, quando se depararam com uma notícia dessas? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado. Em tempo: viva “nóis”!

Site: www.rimasprimas.com.br 

Nenhum comentário: