quarta-feira, 3 de junho de 2015

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.
Constatação I (De um diálogo assaz frustrante, deprimente, decepcionante).
-“Você é um lírio,
Querida. Um colírio,
Que me faz ir ao delírio,
E não é um falar gírio”.
-“E você é um tolo.
Meu desconsolo.
Suma-se! Se não vai dar rolo!
Aí, você entra no rebolo”.
Constatação II
Deu na mídia, mais precisamente no site da Globo: “Marin passa 23h na cela e só come arroz e carne”. Taí uma notícia de transcendental importância para o futuro da Humanidade. Vige!
Constatação III (De diálogos conjugais).
Disse a esposa: Tô dando uma saída para dar um pulo até o supermercado comprar algumas frutas.
Disse o marido: Por favor, compre um queijo derretível para poder ser usado, inaugurando a sanduicheira nova que ganhamos de presente.
Disse a esposa: Derretível?
Disse o marido: É. Como, por exemplo, é o caso do queijo mozzarella que se coloca nas pizzas.
Disse a esposa: Ok. Eu trago. Só te peço uma coisa.
Disse o marido: O quê?
Disse a esposa: Que você me permita que eu coloque no meu blog, como sugestão aos nossos filólogos, a palavra derretível, significando passível de ser derretido.
Disse o marido: Permissão concedida.
Disse a esposa: Obrigado. Mas terei que citar a fonte.
Disse o marido: Ok. Obrigado. Só assim eu serei citado, pelo menos uma vez, no seu blog...
Disse a esposa: Sempre há uma primeira vez...
Disse o marido (pensativo): É mesmo...
Constatação IV (De dúvidas cruciais, mas não de Rumorejando...).
Quando uma “eminência parda” diz que ele não tem nada a temer, como, por exemplo, o senhor Josef Blatter, que foi reeleito para a presidência da Fifa, e que deverá ser interrogado pela Promotoria na Suíça, por corrupção e compra de votos daquela entidade, conforme afirma jornal britânico, será que ele não está, como os demais dirigentes, assustadíssimo do que poderá vir a acontecer? Ainda mais que “Autoridade dos EUA promete mais denúncias”?
Constatação V
Segundo um amigo, que sempre pede a Rumorejando para não ser identificado, “um sujeito quando fica assustadíssimo, seja lá por o que seja, naquele momento, em certa parte do seu corpo, não passa nem pensamento azeitado”. Vige!
Constatação VI (Talvez até mais).
Alguém tinha alguma dúvida que entre os corruptos da Fifa o Brasil também se faria presente, através de um representante?
Constatação VII
E já que falamos no assunto, qual será a próxima corrupção que será detectada no Brasil depois do BNDES e da Fifa? Uma parte dos apostadores garante que será nas empresas hidroelétricas; outra, a partir das prisões dos diretores da Fifa, presume que será a Copa do Mundo mormente com o custo na construção dos estádios. Vige!
Constatação VIII
Rumorejando não entende porque tanto lio, tanto alarde por causa da propagação da fraude, da corrupção. Afinal, como já dizia o guru Millôr Fernandes: “Generalizando a corrupção, restabelece-se a justiça”...
Constatação IX
O João Cruz, pai de poucos filhos e muitos netos, conhecido por Vô Cruz, era um sujeito muito pão-duro. Comparado com ele, o pai Grandet, personagem de Balzac, seria considerado um perdulário. Toda vez que a família e/ou algum estranho ou parente que porventura estivessem fazendo alguma refeição na casa de João Cruz, constatava que ele ia logo tapando algum vidro ou lata para que as pessoas não se servissem, segundo ele, demais. Daí, nasceu, na família e fora dela, o verbo, um eufemismo, de “vocruzar”, dado por um dos netos, não significando vou cruzar, mas fechar, cerrar, tapar, atarraxar que se espalhou por todos os que com ele conviveram. Coitado!
Constatação X (Entreouvido numa manada, quando a mãe elefante estava educando o filhinho de só 300 quilos, via duplo pseudo-haicai).
“Quem zomba
Da pomba
Cresce a tromba;
Quem mente pra alguém
Cresce também.
Ouviu bem?”
Constatação XI (De uma dúvida crucial).
Será que o sujeito que vende um rim tem que pagar imposto de renda sobre o valor auferido? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação XII (De uma dúvida crucial).
Será que algum dia não vai haver mais escândalos estourando com pessoas pertencentes aos três poderes da nossa República? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação XIII
Quando ela passou do limite,
Derivada de uma paixonite
E passou a uma perseguição
Nada infinitesimal
Fiz um cálculo integral
A fim de resolver tal equação,
Por geometria analítica,
Ou por geometria
Descritiva estável,
Como na estabilidade da construção,
De como me livrar
Da sua sucessiva aproximação
E concluí, determinante,
Com certo ar glacial,
Que seria mais viável,
Que a melhor política,
Seria desfrutar
Da topografia
Do seu corpo escultural.
Constatação XIV
Deu na mídia: “Wanderley Luxemburgo não é mais técnico do Flamengo”. Falar em WL, o meu time, o Paraná, tem algo em comum com o Real Madrid da Espanha. Ambos não foram bem quando o técnico Wanderley Luxemburgo treinou essas duas grandes e, indiscutivelmente, notáveis equipes...
Constatação XV (Passível de mal-entendido).
Deu certa vez na mídia: “Obama encosta em Hillary após vitória em Maine”.
Constatação XVI
Também deu certa vez na mídia:Acordo abranda CPI sobre uso de cartão corporativo. Governo consegue incluir gestão FHC e aceita CPI mista; PSDB já não fala em investigar gastos de Lula e Marisa”. Com relação a essa notícia, vale a máxima do jornalista Tutty Vasques: “CPI mista é que nem pizza: meia Lula, meia FHC”.
Constatação XVII
Por que será que o ex-deputado Roberto Jeferson, ao denunciar o esquema do mensalão e que deitou falação contra a cúpula do PT, em depoimento, a época, à Justiça e nos anteriores, aceitou deles os quatro milhões que recebeu? E que será que ele fez com os quatro milhões? Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação XVIII
Segundo a mídia, a época, o então presidente Bush dos E. U. disse que  “não é tortura 'afogamento' utilizado em prisão”. Quanto à pimenta nos olhos dos outros vir a ser refresco ou não, parece que, naquela ocasião nem em outra, nada foi dito pela maior autoridade da maior Potência do Planeta...
Constatação XIX
Dialoga,
Através de posições,
O professor
De ioga
No seu labor
Nas suas lições
Face o aumento
De transgressões
Do aluno birrento
Que merece uma soga.
Que tormento!
Que droga!
Constatação XX (Esperando que Rumorejando não fique com a reputação arranhada com esse jogo de palavras).
Na vida, como no futebol,
Se perde, ou se ganha,
Também se pode empatar.
Perdendo, se esconde num aranhol*;
Ganhando, neca em papos-de-aranha**;
Empatando, pode o andamento aranhar***.
*Aranhol = “1. Lugar onde há teias de aranha, onde as aranhas se recolhem”.
**Em papos-de-aranha = “Em estado de grande preocupação e/ou pressa; em situação difícil, embaraçosa”. (Aurelião).
***Aranhar = “1. Andar vagarosamente, como a aranha. 2. Tardar, remanchar****, na execução de um serviço”.
****Remanchar = “1. Tardar, demorar-se”.
Constatação XXI
Não se pode confundir estrita com escrita, até porque, nem sempre a palavra escrita em lei, documentos oficiais, contratos pode merecer, incondicionalmente, a confiança estrita, uma vez que haverá quem dirá: “Não é bem assim”. “Depende de melhor análise”. “Há um furo na lei”. “Não ficou bem claro”. “O texto induz a dupla interpretação”. “A redação é dúbia” e coisas desse jaez. A recíproca, para esses casos ortográficos-jurídicos convictos, firmes, seguros de ordem legal, ou não, pode ser verdadeira, desde que não haja, também embutido, algum furo, falha, mau-caratismo e por aí afora...
Constatação XXII (De transcendental importância para o futuro da Humanidade a moda de Ricos & Pobres).
Deu certa vez na mídia: “Príncipe Charles quer que Camila seja rainha”. Donde se concluiu que: Nobre, que vai algum dia vir a ser rei, quer que plebeia seja rainha; plebeu, se contenta que a mulher seja, apenas, não mais que apenas, rainha...do seu lar.
Constatação XXIII
Quando se constata tanta assim chamada autoridade sendo acusada de participar em esquemas de alguns tipos como anões, mensalões, sanguessuga, hurricane, Operação Navalha, mensalão, Petrolão, Bndesão, Fifão e as negaceadas e negativas dos acusados, as dúvidas levantadas pelos assim chamados protetores e defensores chega-se, mais uma vez, a conclusão de que, em certos países, os corruptos são sempre os outros...
Constatação XXIV (De uma dúvida crucial. Quem souber a resposta, por favor, comentários no blog. Obrigado).
Quando Sylvester Stallone, o Rambo
Ganha uma guerra praticamente sozinho
Trata-se de empulhação, de um ditirambo*
Ou, talvez, nos querem fazer de anjinho?
*Ditirambo = “exaltação exagerada (de um fato, das qualidades de alguém); bajulação, lisonja”. (Houaiss)
Constatação XXV
Não se pode confundir placebo, que o dicionário Houaiss dá como “preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição de um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico”, com mancebo, que o mesmo dicionário dá, como uma de suas definições, “que ou aquele que está na juventude; jovem, moço”, muito embora haja muito mancebo que, diante de uma gata ansiosamente carente, se comporta como um placebo... A recíproca é como é e tá acabado. Tenho democrática e peremptoriamente dito!
Constatação XXVI
As eternas e infindáveis juras de amor
São como promessas de candidato
Com ambas deve-se ser um acautelador
Para depois não ficar com ar estupefato.
Constatação XXVII (Princípio do meu grande Amigo Engº. Renato Emilio Coimbra, lamentavelmente já falecido, baseado no de Arquimedes).
Todo corpo bem enxaguado e imerso em um líquido perde pelo menos metade da sujeira”.
RICOS & POBRES.
Constatação I
Rico cumpre com o seu dever; pobre, vive no seproc a dever.
Constatação II
Rico tem amigos; pobre, comparsas.
Constatação III
Rica tem malemolência; pobre, rebola.
Constatação IV
Rico tem foro privilegiado; pobre, tem teto de zinco.
Constatação V
Rico só é condenado a prisão se for na Suiça, ou outro país do 1º. Mundo; pobre, fica amontoado em local infecto.

Nenhum comentário: