quarta-feira, 10 de junho de 2015

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.
Constatação I
Quem tem um amigo tem um tesouro. Quem tem um político como inimigo, também.
Constatação II
Deu na mídia, mais precisamente no site da Globo: “A Polícia Federal (PF) indiciou, sob suspeita de quatro crimes, o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira. O ex-dirigente é acusado de participar de ações de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, falsidade ideológica e falsificação de documentos. O processo corre em paralelo ao escândalo de corrupção da Fifa - que resultou na prisão de sete pessoas, entre elas outro ex-presidente da CBF, José Maria Marin” Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que foi uma “Crônica de algumas fraudes se não anunciadas, pelo menos suspeitadas” ao longo da sua longa gestão.
Constatação III (Homenagem).
Não se pode confundir aflora com a Flora, muito embora sejam foneticamente iguais e nas conhecidas Flora’s, deste assim chamado escriba, sempre aflora por parte delas uma simpatia irradiante. A recíproca não é necessariamente verdadeira. É como aquela história de que nem tudo que reluz é ouro, pois, às vezes, aflora simpatia irradiante de outras pessoas, cujos nomes deixamos de enumerar por falta de espaço nesta coluna. Bem, a bem da verdade, às vezes, não...
Constatação IV
A mulheraça,
Uma loiraça,
Uma senhoraça
Raparigaça
Sem barrigaça,
Mas com peitaça
E um par de coxaça,
Coroando uma bundaça,
Deixava qualquer boa-praça
Numa ameaça
Com risco de desgraça
E numa baita nevoaça
Que até saía da narigaça
Sextilhão de fumaraça.
E dá-lhe tonéis de aguaça
Pra acalmar a populaça...
Constatação V
Não se pode confundir ateroma, que, segundo o dicionário Houaiss, quer dizerdepósito lipídico na superfície interna das paredes das artérias” com teorema, muito embora já se tornasse um teorema, axiomático, que não se deve exagerar na gordura, fritura e outras “uras” que, se não metabolizadas devidamente, podem acarretar alguma espécie de ateroma. Daí, a semelhança com a violência, em nosso e outros países, que também provoca mortes, sofrimentos e coisas desse jaez. A recíproca não é verdadeira, pois, por exemplo, o teorema de Pitágoras não tem nada a ver com um eventual ateroma. Como já havia sido dito alhures: Elementar minha gente!
Constatação VI (De uma dúvida crucial).
A salada de frutas é uma espécie de pot-pourri, ou o pot-pourri é uma espécie de salada musical. Quem souber a reposta, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação VII (De outra dúvida crucial).
Em Curitiba, na Boca Maldita,
Quando se quer soltar um boato
Recomenda-se a coisa dita como não dita
E que não se deve contar a ninguém o fato?
Constatação VIII
Ledo engano de quem acha que mulher é o sexo frágil. Basta ver como alguma delas fecha a porta de um carro. Em alguns casos, chega a abrir a porta do outro lado...
Constatação IX
Subsídios para a campanha da vacina para idosos: E o senhor ou a senhora que já passaram dos 60 nunca esqueçam. Na Terceira Idade, a gente pega uma gripe com a maior facilidade e cura com a maior dificuldade.
Constatação X
Não só de insubstituíveis o inferno tá cheio. De faltosos, também. De omissos, nem falar...
Constatação XI
Quando o obcecado leu na mídia que os brasileiros estão em segundo lugar no ranking dos que fazem sexo com mais frequência, de acordo com a Pesquisa Global de Bem-Estar Sexual, realizada em 26 países pela fabricante de preservativos Darex, só perdendo para os gregos, cuspiu para o lado e exclamou: “Para nós brasileiros, como diria o jornalista Boris Casoy, isso é uma vergonha!”
Constatação XII (Com sugestão aos filólogos).
Não se pode confundir rebanho bubalino, que se refere aos búfalos, com rebanho bobalino que são todos os bobões dos eleitores brasileiros, até porque o primeiro é quadrúpede e o segundo é bípede. A recíproca é como é, pois nada impede que os bípedes elejam quadrúpedes e aproveitadores, como nos é dado, desde os tempos imemoriais, a constatar.
Constatação XIII
O cabeça-dura
Levou uma surra
Porque, birrento,
Mexeu com certas crenças
Arraigadas,
Consolidadas
E entre si com desavenças
Já que quis misturar,
Aproximar,
Aperfeiçoar,
Nem que fosse por um momento,
As três religiões monoteístas
Com umbanda,
Com ateístas
Com quimbanda
Tornando tudo comum
Dizendo que não deveriam
Ser exclusivistas,
Mas que a soma de todas seriam
Não mais nem menos igual a um.
Constatação XIV (De uma dúvida crucial).
Quando num casal, durante uma discussão, um deles acusa o outro de mau-gosto ele, ou ela, estará se autorecriminando?
Constatação XV
E como se informava apavorado o obcecado, decadente, na sua roda de amigos: “Alguém de vocês aí, sabe aonde tem uprima, viagra, levitra ou cialis em promoção?”
Constatação XVI (De uma dúvida assaz crucial).
Afinal, foi a besoura que chamou o besouro de casca grossa ou foi a tartaruga que chamou o tartarugo? Quem souber, por favor, comentários no blog. Obrigado.
Constatação XVII (Quadrinha para talvez ajudar a resolver o problema do alto desemprego em nosso país).
Ando em busca de emprego
Tá difícil, já passei dos setenta
Um que não me massageia o ego
É o de olho-de-seca-pimenta*.
*Olho-de-seca-pimenta = Substantivo masculino. Brasil Popular. Pessoa de mau-olhado.
Constatação XVIII
Deu certa vez na mídia. Adivinhem aonde, quer dizer, em qual país: “Fraude em filantropia deixa rombo de R$ 4 bi”. Data vênia como dizem nossos juristas e poderiam dizer nossos filólogos, pelos valores auferidos, isso poderia ser chamado de auto-filantropia ou auto-ajuda-filantrópica...
Constatação XIX
Não se pode confundir intenção com invenção, muito embora mesmo tendo a intenção de tentar uma invenção do tipo um substitutivo para o petróleo, barato, corre-se o risco de acabar derretido em ácido e jogado no bueiro de qualquer esquina, tal os interesses que se vai contrariar como, por exemplo, o das 7 Irmãs (Shell, Exxon, Texaco, etc.). E ter a intenção de tentar vender o apartamento que ganhou, no casamento, dos pais da noiva. E coisas desse jaez. A recíproca, como já foi apregoada em Rumorejando é como é e está acabado. Tenho anti-autoritariamente dito.
Constatação XX
E como elucubrava o obcecado convencido: “A grande vantagem dessas máquinas fotográficas digitais é que a gente pode tirar mais facilmente fotografias da gente mesmo, não só para exercitar um eventual narcisismo – desnecessário no meu caso, é claro –, mas também para achar uma que poderá vir a fazer mais sucesso junto ao mulherio”.
Constatação XXI (Coisas que precisam ser inventadas).
Tinta para impressora que custe apenas 10% do que a HP filhadap...mente cobra.
Constatação XXII (Questão de hábito...).
Os caixas dos bancos de antigamente umedeciam os dedos numa esponja quando contavam dinheiro. Quando viravam a página de um eventual livro que estivessem lendo na cama se valiam da presença da mulher. Não ficou claro qual parte da cara-metade era utilizada para alcançar aquele desiderato. Se alguém souber, por favor, comentários no blog para que possamos dar conhecimento aos nossos curiosos leitores. Obrigado.
Constatação XXIII (Espécie de confissão sem ser uma justificativa...).
O arquiteto e escritor norte-americano Frank Lloyd Wright enunciou que “depois de se tornar um especialista, a pessoa para de pensar. Para quê? É especialista”. Data vênia, como diria os nossos juristas, mas este assim denominado escriba toma a liberdade de discordar. Durante 27 anos, trabalhei no Banco de Desenvolvimento do Paraná S.A. – Badep, tendo exercido várias funções, dentre as quais as de analista de projetos e acompanhamento de financiamentos. A análise de projetos do setor privado, que recorria ao Badep em busca de financiamento para implantação ou ampliação das empresas, ensejava que se estudassem os diferentes ramos da atividade industrial. Por exemplo: uma indústria que fabricasse tijolos e telhas tinha um equipamento que se chamava maromba a vácuo, que amassa e mistura o barro. Parêntesis: Certa vez um engenheiro, que já estava acompanhando se a empresa havia feito a que se havia proposto, perguntou ao gerente de produção de uma empresa financiada: “Cadê a maromba a vácuo que os senhores tinham que adquirir ainda no mês passado?” Resposta: “Taí. O senhor tá sentado em cima dela”. Fecha parêntesis. Efetivamente não é possível se entender e conhecer tudo que existe. Aí, o pessoal, na troça, era intitulado como “Técnico ou Especialista em Generalidades”. Aquele que conhece, ou tenta conhecer, superficialmente, um pouco de tudo. Seria o Especialista em Generalidades que não entra no que o arquiteto e escritor Frank Lloyd Wright se referiu. Afinal, mesmo que fosse superficialmente, havia necessidade de se inteirar daquilo que se estava tratando... Parar de pensar? Técnico em generalidades? Pois sim... É a... É o... Deixa pra lá...
Constatação XXIV
De acordo com o que tem circulado com relação ao escândalo da Fifa, tudo leva a crer quando a gente sofreu com a derrota do Brasil para a França naquela final de 3X0 na pantomima da doença de Ronaldo Fenômeno; contra a Alemanha do 7X1; vibramos com a vitória do Brasil na última Copa das Confederações na final com a Espanha e por aí afora, que tudo não passou de corrupção e fraude, com o dinheiro correndo em quantidades elevadas. No entanto, chama a atenção de que os jogadores envolvidos, à semelhança do corpo funcional da Petrobrás, calou o bico. Será que o futebol, ainda será uma paixão? Vige!

RICOS & POBRES
Constatação I
Rico saboreia; pobre, tenta matar a fome atávica.
Constatação II
Rico tem suposto envolvimento; pobre, tem incontestável indiciamento.
Constatação III
Rico é pesquisador; pobre, é xereta.
Constatação IV
Rico é phd; pobre, é p. velha.
Constatação V
Rico tem costume; pobre, vícios.
Constatação VI
Rico é imaginativo; pobre, pervertido.
Constatação VII
Rico, como no filme, canta na chuva; pobre, fica com medo de deslizamento de terra.
Constatação VIII
Rico tem filho superativo; pobre, tem filho malcriado.
Constatação IX
Rico tem iate de n pés; pobre, tem jangada.
Constatação X
Rico mora nos Jardins; pobre, nos confins.


Nenhum comentário: