quarta-feira, 8 de julho de 2015

RUMOREJANDO

PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES.
Constatação I
O PT, através dos governantes promoveu a inclusão social. Nem todos, é claro. No entanto, cobraram, por isso, em proveito próprio, assacando a Petrobrás. Cabe, agora, devolverem o dinheiro roubado até o último centavo, ao invés de fazer o povo pagar pelo prejuízo provocado.
Constatação II (Ah, esse nosso vernáculo).
O meu pobre Paraná, quando ganha uma partida é no máximo por um placar mínimo...
Constatação III
A chamada mão-boba não é tão boba como se supõe por saber transitar, percorrer, deslizar, perambular por curvas absolutamente não tortuosas, porém, eventualmente, que podem se tornar perigosas...
Constatação IV
E já que falamos no assunto, vale notar que a mão-boba pode provocar calafrios mesmo no verão de altas temperaturas. Vige!
Constatação V
Ele (a) engolia um comprimido a base de rivaroxabana e outro a base de levotiroxina sem se engasgar, mas se engasgou quando pronunciou essas duas palavras ao contar para seu novo médico.
Constatação VI (De algumas dúvidas cruciais meio confusas).
Quando um prazo caduca ele vai para o hospício? A cuidadora de idosos considerava seu trabalho inócuo? Compilar é concretar um pilar, ou é trabalhar com pilão? E vigarice é a ferragem que vai numa viga? A cascata sofre de complexo de inferioridade por causa da catarata? E o banco sem encosto sofre de complexo por causa da cadeira?
Constatação VII (De uma quadrinha de dúvida crucial que incomoda os pais).
Começar por onde
Para educar bem os filhos?
Talvez mostrando um bonde
Que nunca sai dos trilhos...
Constatação VIII (De uma dúvida crucial via pseudo-haicai).
O mal de um improviso
É que, quando ele vem,
Ele vem sem prévio aviso?
Constatação IX (Democracia não é voto obrigatório tampouco o Executivo, o Parlamento e o Judiciário ter a oportunidade de fazer o que eles estão fazendo).
Estadismo e estadistas este assim chamado escriba, nos seus quase 80 anos de idade, não conhece ou conheceu em nosso país. Talvez muitos não concordem. Estão no seu direito. Porém será que governantes são capazes de imaginar o mal que fizeram para pessoas, os dramas familiares, as doenças psicológicas e psicossomáticas e, mesmo, os suicídios, os que apelaram, no desespero, para o alcoolismo, drogas etc. Quantas pessoas o presidente Collor de Melo prejudicou com a surrupiada do dinheiro e que não levou a conter a inflação? Quanto dinheiro foi parar da corrupção com os eternos mensalões e petrobasões da vida que deveriam ir para Educação e Saúde que, ao longo do tempo vem matando gente nas filas do SUS e nos prazos protelatórios de marcar uma consulta, operação, etc.? E os prefeitos que desviam até a merenda escolar. A lista é interminável. No Brasil, a vida das pessoas, da fauna e da flora não é respeitada.
Constatação X (Pouquíssimos exemplos de vantagens e desvantagens de ser septuagenário, quase octogenário, consequente e obviamente ex-sexagenário, ex-quinquagenário, etc.).
Vantagens: não é mais obrigado a votar; fila no banco junto às gestantes para atendimento prioritário.
Desvantagens: As gatas te chamam de “tio”, definindo a tua incontestável condição de vetusto; Os joelhos ficam travados por causa da artrite e, onde é necessário, não trava mais.
Vantagem e desvantagem: As jovens te oferecem lugar no ônibus o que te enseja viajar sentado. O fato apresenta desvantagem, pois você é considerado necessitado de atenções e não é bem àquela almejada.
Constatação XI (Quadrinha para ser recitada em ambiente que comporte uma espécie de patriotada).
Seja na minha cara Balsa Nova
Em Curitiba, ou em Mongaguá
Mesmo que o time leve uma sova
Eu sempre torcerei pelo Paraná.
Constatação XII (Passível de mal-entendido).
O sucesso daquela bailarina dependia do ângulo de abertura de suas pernas.
Constatação XIII (Quadrinha assaz laudatória).
Ela pareceu muito sensata
Ao não ficar histérica
Quando cruzou com uma barata
De dimensão homérica.
Constatação XIV (Dúvida crucial via pseudo-haicai).
Ninguém providencia
Que os jovens aprendam
Um pouco + de geografia?
Constatação XV (De outra dúvida).
E ninguém providencia
Que os alunos dominem,
Do plano, a geometria?
Constatação XVI (De uma dúvida ingênua).
E, ainda, ninguém providencia,
Que, em lugar da violência,
Um pouco mais de cortesia?
Constatação XVII
Não é por nada, não, mas o que é que a bola andou fazendo para os três times, considerados grandes da capital do nosso estado, para ser tratada como vem sendo? Será que a coitadinha tem culpa? Quem souber a resposta, por favor, cartas ao cuidado do e-mail deste assim chamado escriba josezokner@rimasprimas.com.br
Constatação XVIII (Perdão, antecipadamente, caros leitores).
Quando a gente leva o material, colhido de manhã cedo, para o seu respectivo exame, no laboratório de análises clínicas, será que nele estão também contidos as nossas virtudes?
Constatação XIX
A Alessandra Ambrósio
Com a permissão
De seus pais
Deveria abrilhantar
Certo simpósio,
De assuntos transcendentais,
Com participação
De representações
Federais,
Estaduais
E municipais
Que se acaba de agendar
Para que a chatice
Dessas tais reuniões
Onde se ouve só tolice
Atenuar.
Constatação XX
Tinha um nariz abismal
Olhar sobrenatural
Vestia-se como no carnaval
Pressão arterial
Elevada, descomunal.
Tratava a todos mal.
Afinal,
Quem era o boçal?
O gerente da sessão de pessoal.
Constatação XXI
Deu certa vez na mídia “LONDRES - Cerca de 2% dos adultos mais ricos do planeta possuem mais da metade da riqueza mundial, segundo um relatório da ONU divulgado em Londres, que reflete a grande disparidade entre ricos e pobres”.
A América do Norte detém 34% da riqueza mundial; a Europa, 30%; a área Ásia-Pacífico rica, 24%; a América Latina e o Caribe, 4%; o resto da Ásia-Pacífico, 3%; a China também 3%; e a África e a Índia, 1% cada um”.
Quanto ao Brasil, relatório do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) mostrava que o nosso país ocupava apenas o 69° lugar no índice de desenvolvimento humano. A Noruega ocupava e ainda ocupa o 1º lugar. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando já chegou a conclusão que a Lei do nefasto Mercado, a globalização nela atrelada e outros que tais cria essa Lei da Selva, a execrável lei do mais forte, e que esses relatórios todos se omitem de acrescentar viva “nóis”.
Constatação XXII
Deu certa vez na mídia: “BRASÍLIA - O senador Jefferson Péres – falecido em 2008 – (PDT-AM) disse que o ministro Marco Aurélio Mello teve razão quando apontou a vantagem dos parlamentares em relação aos vencimentos que ele recebe no Supremo Tribunal Federal (STF)”, se referindo a verba indenizatória de mais R$15 mil que os parlamentares recebem”. Com relação a diferença entre ambos os salários e o salário mínimo não se ouviu nenhuma referência. Atualmente, não se fala no assunto. Pelo menos até agora...
Constatação XXIII
E como se lamentava, queixoso, aquele cidadão: “Esse vagabundo do meu cunhado, além de não trabalhar, vive mordendo a irmã para descolar um trocado. Morando, por instâncias insistentes da minha mulher em casa, ele come como um rei e dorme profundamente a sesta. Aliás, como a irmã quando tá fazendo amor comigo. Que família!
Constatação XXIV
Não se pode confundir dantes, que quer dizer antes, antigamente, com dentes, muito embora dantes a gente tivesse medo de ir ao dentista para tratar os dentes e agora a gente tem receio. Isso quando não tem pavor, trauma, “paúra” e outros epítetos, nomenclaturas, cognomes, etc. A recíproca ainda está sendo averiguada a sua existência ou não. Tão logo tenhamos a informação, por sinal de transcendental importância para o futuro da Humanidade, daremos a conhecer aos nossos prezados leitores. Aguardem, pois. Obrigado!
Constatação XXV (Passível de mal-entendido, via pseudo-haicai).
O Papa, qual ditador, jamais
Dispôs-se a cingir-se
Aos pontos cardeais.
Constatação XXVI (De conselhos úteis).
Cuide para que a tua neurose não coincida com a neurose da tua companheira, pois, como é por demais sabido em matemática e eletricidade, polos do mesmo sinal se repelem, além do perigo de curto-circuito. Cultive, pois, o uso de outras neuroses de preferência distintas. De nada!
Constatação XXVII
Vibrar com a vitória do Chile, na final da Copa América, contra os argentinos é o mesmo de ter determinado prazer com certa parte do corpo que não a sua própria...
Vige!
Constatação XXVIII
Quando o obcecado leu: “Mídia francesa pede a Sarkozy para se comportar com a rainha” disse lá com os seus próprios botões e fechos ecler: “Esse presidente francês é um obcecado mesmo”.
Constatação XXIX
Aviso: Restam poucos dias para outros tantos...
Constatação XXX (Quadrinha para ser recitada para o teu chefe de quem está a fim de pedir aumento do salário).
Juntei uns poucos trocados
Para minhas férias desfrutar
Elas se limitaram a dois bem-casados
Que foi tudo que deu pra pagar.
Constatação XXXI (Quadrinha para ser recitada para os noivos que vêm te convidar para padrinho de seu – deles – casamento).
Quem tá pra casar
Sem ser afetuoso
É o mesmo que andar
Num caminho sinuoso.
Constatação XXXII (Quadrinha intitulada “Efeito colateral”, para ser lida pra quem defende intransigentemente a alopatia).
Ela gesticula
Sem nada dizer.
A “ameaça” na bula
Havia acabado de ler.
Constatação XXXIII
Reconheci minha firma
Quando escrevi que a amava
Ela respondeu:
“Isso nada confirma.
Não sou tua marionete.
Você já escreveu
Pra outras sete.
E eu sou a oitava”.

RICOS & POBRES
Constatação I
Rico é pragmático; pobre, é oportunista.
Constatação II
Rico elucubra; pobre, é desligado.
Constatação III
Rico solta o verbo; pobre, enche o saco.
Constatação IV
Rico vive em mansão; pobre, vegeta em tapera.
Constatação V
Rico é realista; pobre, ainda acredita em Papai Noel.
Constatação VI
Rico faz amor; pobre, malcriadez.
Constatação VII
Rico é impulsivo; pobre, engrossa.
Constatação VIII
Rico vai pro tudo ou nada, mas não tem nada a perder; pobre vai pro tudo, mas não pega nada.
Constatação IX
Rico frequenta a própria piscina ou a do clube; pobre, alguma cava alhures.
Constatação X
Rico renuncia; pobre, é despedido.

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br